Fecha
DESENVOLVIMENTO

Vice-governador Carlos Brandão participa da inauguração de complexo mínero-industrial em Godofredo Viana

O vice-governador Carlos Brandão entre o prefeito de Godofredo Viana, Sissi Viana (à esquerda), e o CEO da Equinox Gold Corporation, Christian Milau, à direita, (divulgação)

 

O Governo do Maranhão participou, na manhã desta segunda-feira (30), em Godofredo Viana, da solenidade de inauguração do Complexo Mínero-Industrial da Mina do Piaba de Aurizona. Com o tema “Desenvolvimento para a Microrregião do Gurupi”, o evento celebrou a reinauguração das operações do empreendimento, que passou por reestruturação de sua planta industrial entre os anos de 2017 e 2019.

Na ocasião, o vice-governador Carlos Brandão representou o governador Flávio Dino e destacou a grande relevância do empreendimento para o desenvolvimento social e econômico da região em harmonia com a preservação do meio ambiente. “O Governo do Estado garantiu segurança jurídica e política para expansão desse empreendimento, que hoje emprega mais de mil trabalhadores, a maioria aqui de Godofredo Viana e municípios vizinhos. Isso representa mais desenvolvimento e qualidade de vida para as pessoas”.

O projeto de desenvolvimento e expansão do Complexo Industrial Minerário (mina e planta metalúrgica) teve início em junho de 2016, com a assinatura do Termo de Compromisso entre o Governo do Estado e a mineração Aurizona, controlada à época pela Luna Gold Corporation, atualmente incorporada à empresa de mineração canadense Equinox Gold Corporation.

A mina Piaba integra o projeto Aurizona, implantado no município de Godofredo Viana, que fica a 300 km de São Luís. A exploração de ouro na mineração Aurizona teve início em 1988, com as primeiras pesquisas, sendo efetivada a produção comercial somente a partir de 2010. Devido a dificuldades com os custos operacionais, em 2015, a Luna Gold Corporation suspendeu temporariamente as atividades na Aurizona.

A partir da parceria entre a empresa e o Governo do Maranhão, foram realizados estudos de engenharia, melhoria e expansão de estruturas e captação de investimentos, e o Complexo Mínero-Industrial da Mina do Piaba teve sua planta industrial reestruturada, com a retomada das operações no início deste ano.

O diretor executivo da Equinox Gold Corporation, Christian Milau, reforçou o compromisso da empresa de promover o desenvolvimento social da região com respeito ao meio ambiente. “Estamos muito felizes com o relacionamento que estabelecemos com as comunidades locais. O nosso compromisso é colaborar com o crescimento do lugar onde estamos, apoiando iniciativas que tragam benefícios às pessoas, sendo uma mineradora responsável com o meio ambiente”, enfatizou.

A solenidade de inauguração teve a presença do secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto; secretário-adjunto de Indústria, Comércio e Energia, Expedito Júnior; do prefeito e da vice-prefeita de Godofredo Viana, Sissi Viana e Lindalva Severo, respectivamente; do prefeito de Luís Domingues, Gilberto Braga; além de colaboradores da mineração Aurizona.

Carlos Brandão ao lado do prefeito e da vice-prefeita de Godofredo Viana, e secretários de Estado (divulgação)
Geração de empregos

A expansão do Complexo Industrial Minerário contribui para o desenvolvimento de Godofredo Viana e região, gerando emprego e renda.

Durante o pico de obras, em 2018, foram gerados cerca de 1.400 empregos diretos no município, sendo  aproximadamente 80% de mão-de-obra maranhense; 74% dos trabalhadores são da microrregião do Gurupi, e 63% de Godofredo Viana e Vila de Aurizona. Já a operação garante mais de mil empregos entre funcionários diretos e terceirizados, a grande maioria moradores da região.

Qualificação Profissional

Mais de 600 pessoas foram certificadas profissionalmente para o mercado de trabalho por meio de cursos oferecidos em parceria com o Senai em diversas áreas, entre 2015 e 2017. Aproximadamente 63 pequenos e microempreendedores individuais foram beneficiados pelos cursos, oficinas e palestras de capacitação realizados em parceria com o Sebrae, em 2017.

Programas Sociais

O Termo de Compromisso firmado entre o Governo do Estado e o grupo empresarial prevê, também, a construção de escolas e custeio de infraestrutura urbana de interesse comunitário. Já foram investidos mais de R$ 2,3 milhões na manutenção de estradas, recuperação de pontes, distribuição de água, segurança pública, entre outros. (Fonte: Secap Texto:Paiva Silva)

Tags : Carlos Brandão