Fecha
Ecologia

São Luís pode ganhar jardim zoológico

 

Um parque aquático é uma das metas do tão necessário projeto

Pois é. O Estado do Maranhão é o único no Brasil que não possui zoológicos, bioparques, etc., o que não deixa de ser lamentável para os apreciadores locais da mãe natureza.

Mas essa espera pode estar com os dias contados. Já está a caminho do gabinete da governadora Roseana Sarney um projeto sugerindo a instalação de um Sistema Bioparque na capital, voltado para as áreas sociais e ambientais, o que, proporcionará várias oportunidades para a população de um modo geral.

O agrônomo José Nilson Maciel é um apaixonado por animais

Um dos grandes entusiastas nessa luta é o engenheiro agrônomo José Nilson Maciel, presidente da Associação Maranhense dos Criadores de Animais Silvestres – AMAS, que conta que o projeto oferece duas sugestões de instalação: o Parque Estadual do Bacanga (Sítio do Físico) e o Parque Estadual do Rangedor.

Para ele, a função dos zoológicos deixou de ser apenas uma mera exposição de animais e tornou-se muito mais complexa com a preocupação pelo bem estar e preservação das espécies, incentivando a reprodução e educação ambiental.

O Sistema Bioparque, proposto, sugere que os animais vivam em semi-liberdade (não existem jaulas), que além de nos oferecer uma visão agradável (sem a presença e anteparos que agridem a interação homem – animal – natureza); permite ainda o consórcio de várias espécies.

Segundo José Nilson Maciel, várias empresas, entidades e outros; estão interessados em parcerias para custear sua implantação com recurso a fundo perdido por se tratar de atividade de interesse público.
Manter uma população de animais vivos da fauna e a maior diversidade possível da flora nativa, para educação e recreação do público, bem como para pesquisas biológicas e antropológicas; são algumas das metas do Bioparque, como também instalar em sua área de abrangência uma Estação Biológica, para investigações da região e pesquisas correlatas.

Eis aqui mais algumas metas do Bioparque:

Jardim zoológico – semi-liberdade
Jardim botânico
Laboratório de pesquisa animal
Laboratório de pesquisa vegetal
Pesquisa antropológica
Centro de Pesquisa com mangue – UEMA
Centro de Pesquisa com caranguejo nativo – UEMA
Preservação de animais (reprodução e repovoamento)
Preservação de plantas (jardim clonal – banco de clones)
Centro de triagem de animais apreendidos
Produção de mudas medicinais – Farmácia Viva – UFMA
Produção de mudas ornamentais
Produção de mudas para reflorestamento
Herbário de mudas tropicais
Produção de mudas nativas – reposição de mata ciliar de rios
Treinamento de mão-de-obra para as atividades do Bioparque
Museu da Indústria do Maranhão
Revitalização de toda a área do Parque Estadual do Bacanga
Turismo antropológico
Turismo ecológico
Turismo náutico
Revitalização Floresta Amazônica do Bioparque do Bacanga
Visitação ao Sítio do Físico
Visitação ao cemitério indígena “Sambaquis”
Parque infantil e Parque de Diversões
Aquário Marinho
Parque Aquático (piscinas, toboáguas, etc.)
Arborismo
Trilhas para passeios
Orquidário com laboratório para criação de novas espécies
Escola de treinamento para técnicos ambientais
Pet shop
Confecção e comercialização de artesanato
Centro de Estudos Avançados do Peixe Nativo
Batalhão Florestal
Camping
Pousada ecológica
Praça de alimentação
Concha acústica para shows

 

O Sítio do Físico, no Bacanga, é um dos locais para a instalação do parque
Tags : Sistema Bioparque