Fecha
Meio ambiente

Projeto GrafitArte da BRK dá destaque ao Maranhão em premiação nacional

O trabalho dos alunos em murais no projeto “GrafitArte com a Comunidade” da BRK Ambiental no Maranhão, deu a empresa o primeiro lugar na categoria Institucional no prêmio nacional BRK Transforma (fotos divulgação)

 

Criado pela área social da BRK Ambiental no Maranhão, o projeto GrafitArte com a Comunidade é direcionado para as áreas dos ativos da concessionária e regiões de atuação com alto índice de criminalidade, onde é comum a prática de pichações e vandalismo aos espaços públicos e privados, realizados por integrantes de gangues e/ou facções criminosas para marcar território ou simplesmente para tornar os pichadores (re)conhecidos em seu meio.

A iniciativa criada pela BRK Ambiental reúne adolescentes e jovens de Paço do Lumiar e São José de Ribamar e ensina a arte do grafite, sua origem, e técnicas especializadas, somando à conceitos de Educação Ambiental, com o debate sobre a importância da preservação do patrimônio nas comunidades em geral.

E acaba de conquistar o primeiro lugar na categoria Institucional do prêmio nacional “BRK Transforma”. O projeto maranhense concorreu com grandes projetos de âmbito nacional e venceu o 1º lugar por sua replicabilidade, não só para outras unidades da BRK Ambiental no Brasil, mas também para outras empresas.

“A criação desse trabalho, sobretudo, promove a inclusão social e a cidadania, e mostra ser possível criar oportunidades de geração de renda, e combater à ociosidade e a marginalidade juvenil”, destaca Amanda Cardoso, responsável técnica social da concessionária.

O projeto reforça as raízes artísticas maranhenses trazendo Edi Bruzaca, famoso grafiteiro, como responsável por ministrar as aulas. “Com o GrafitArte, os alunos aprendem noções sobre desenho livre, cores, sombra, luz e formas, o uso da tinta spray e tipos de texturas. Abordamos também a técnica de stencil aplicadas em camisas que pode servir como alternativa para geração de renda, por meio da comercialização dessas peças de roupas”, destaca Edi.

Para José Mário Ribeiro, diretor de concessão da BRK Ambiental no Maranhão, no início, o projeto foi criado como forma de prevenir os constantes serviços de pintura nas instalações da concessionária, por conta da pichação. “No entanto, a iniciativa tomou uma proporção muito maior à medida que conseguimos também impactar jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade social, uma vez que, já participaram do curso, adolescentes em liberdade provisória por ato infracional”, explica ele.

Ao final de cada projeto é criado um painel nas instalações/muros da BRK Ambiental a partir dos diversos registros fotográficos feitos, onde os alunos deixam mensagens grafitadas sobre a preservação dos recursos naturais e temas sociais importantes, como o feminicídio. O objetivo é suscitar a reflexão de todos por meio da arte e despertar a atenção dos que passam pelo local.