Fecha
Educação

Projeto “Dom Bosco 2020” é anunciado com palestra do educador Miguel Thompson

As diretoras do Colégio Dom Bosco: Raíssa Murad, Isabella Caracas, Elizabeth Rodrigues, Ceres e Rebeca Murad. (foto divulgação)

 

Em um evento exclusivo para pais de alunos no Hotel Luzeiros, a Diretoria do Colégio Dom Bosco anunciou em primeira mão relevantes inovações no projeto pedagógico da escola para 2020; com muitas novidades em cultura e conexões internacionais, a exemplo do projeto Maker MIT Dom Bosco, uma parceria com o renomado Massachusetts Institute of Techonology (EUA), um dos maiores institutos de inovação do mundo; além da parceria para aulas de inglês na escola com a marca Red Ballon.

E para abrilhantar a noite de reflexões sobre o papel dos pais e da escola no mundo atual, o Dom Bosco brindou seus convidados com Miguel Thompson, educador e consultor dos mais antenados com as profundas transformações da sociedade atual.

Na sequência: o educador Miguel Thompson (SP) com o gerente do Dom Bosco, Nélson Fontinhas/ Guilherme Lauande e Klarissa Freitas/ Leonardo e Amanda França/ Os pais de alunos Vanny e Bráulio Martins/ Lucilene Reis e Nathália Ramos.

 

Ele falou e encantou os pais com a palestra  “A Educação 4.0 e as Transformações na Formação das Novas Gerações”.

Thompson levou a uma ampla reflexão de como deve ser a educação atual e os novos papéis dos pais, dos alunos e da escola. Segundo ele, a escola precisa ser totalmente reinventada, focada na inovação, no protagonismo ativo dos alunos e com conteúdos que estimulem a criatividade e empreendedorismo, o saber conviver e resolver conflitos e problemas, tendo o professor não mais com um mero especialista de uma disciplina, mas um grande curador de ideias e mentor parceiro em um processo disruptivo de educação com metodologias ativas.

Karina Moritz, Rodrigo e Luciana Botega e Elisa Regina

 

André Wanderley com Marina Estrela, Rodrigo Correa, Juliana Labra e Kassandra Lima.
Equipe docente do Colégio Dom Bosco, que participou da pós-graduação customizada de “Aprendizagem Exponencial”.

O educador Miguel Thompson fez questão também, de elogiar o amplo projeto do Dom Bosco de Escola Exponencial, que já utiliza na práticas todas as inovações citadas na palestra. Porém, ainda mais importante que adotar tecnologias e metodologias ativas, Miguel Thompson enfatizou que o Dom Bosco acertou em antes, ter investido na base docente, ao promover um projeto exclusivo de capacitação com a pós-graduação “Aprendizagem Exponencial”, customizada pela UNDB para a equipe pedagógica da escola.

Tags : DOM BOSCO