Fecha
SAÚDE

OAB Maranhão realiza testagem para Covid-19 neste fim de semana em São Luís

COVID19 test for diagnosis new corona virus
No sistema Drive-Thru, profissionais da área de saúde vão até o paciente realizar a testagem, respeitando todas as normas de segurança. (foto arquivo)

 

Como forma de proporcionar à advocacia maranhense um retorno às suas atividades jurídicas de forma segura já no próximo dia 1º de julho, a OAB Maranhão dará início neste sábado, 27, a partir das 8h, ao seu programa de testagem para Covid-19 das advogadas e advogados do estado. O programa segue ao longo de todo o domingo, 28/06 com dois pontos de testagem, um na sede da OAB Maranhão e outro no Espaço Reserva da Ilha, no Shopping da Ilha.

O Programa de Testagem Covid-19 da OAB/MA tem por objetivo atingir ao menos 30% da classe.  Para isso, a Seccional da Ordem adquiriu três mil testes rápidos da Covid-19 que serão disponibilizados pelo valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) para a advocacia maranhense, sendo gratuito para aqueles advogados e advogadas que não tiverem condições.

Para fazer a testagem gratuitamente basta que o profissional demonstre até às 12h desta sexta-feira, 26, que não pode pagar pelo teste. Para isso, a OAB Maranhão disponibilizou um cadastro prévio em seu site na sessão Covid-19.

“As instituições jurídicas estão se programando para voltar ao atendimento presencial da Advocacia, então, considerando que Organização Mundial de Saúde, demais entidade sanitárias e todos os países do mundo que bem enfrentaram o coronavírus já afirmaram que a melhor forma de combate à mortalidade causada por esse vírus é a ampla testagem da população, entendemos importante que, antes de avalizarmos que os advogados voltem às atividades presenciais, que façam suas testagem”, explicou o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz.

Diaz enfatiza ainda que essa foi mais uma forma que a OAB Maranhão encontrou para ajudar a advocacia a superar esse momento ímpar que todos estamos enfrentando. “Esse é o empenho total que a diretoria da OAB, seu Conselho Seccional, Conselheiros Federais, Presidentes de Subseções e de todas as nossas Comissões estão fazendo para ofertar mais essa arma de combate a esta grave pandemia, que a todos angustia”, afirmou.

O presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz

Do total de testes adquiridos, metade será disponibilizada para as advogadas e advogados de São Luís e a outra metade para a advocacia do interior, já com início dos trabalhos de testagem na capital, nos dias 27 e 28 de junho.

A OAB Maranhão disponibilizará também testes para 2 dependentes de cada profissional. Nesse caso, será cobrado o valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) por cada teste. Esse é o preço de custo do teste adquiro pela OAB. O valor arrecadado será revertido para a aquisição de novos testes para a advocacia.

O sistema adotado para o Programa de Testagem da Advocacia será por meio de Drive-Thru, modelo bastante utilizado para evitar aglomeração. As tendas serão montadas nos estacionamentos da sede da OAB e do Espaço Reserva, no Shopping da Ilha. As advogadas e advogados não precisarão descer dos veículos para fazer o teste da Covid-19. (Fonte OAB-MA)

O que são testes rápidos (IgM/IgG)?

Esse termo vem sendo usado popularmente para os testes imunocromatográficos. No caso dos testes rápidos para o novo coronavírus, são dispositivos de uso profissional, manuais, de fácil execução, que não necessitam de outros equipamentos de apoio, como os que são usados em laboratórios, e que conseguem dar resultados entre 10 e 30 minutos. Testes rápidos (IgM/IgG) podem auxiliar o mapeamento da população “imunizada” (que já teve o vírus ou foi exposta a ele), mas NÃO têm função de diagnóstico. Os testes rápidos registrados para a Covid-19 são de uso profissional e os seus resultados devem ser interpretados por um profissional de saúde legalmente habilitado e devidamente capacitado, conforme definido pelos conselhos profissionais da área da saúde e por políticas do Ministério da Saúde. Esses testes NÃO devem ser feitos por leigos (Fonte: Anvisa)

Tags : capa