Fecha
TURISMO E CULTURA

Na contagem regressiva para o Réveillon 2018, turismo de São Luís está otimista

A orla marítima de São Luís se prepara para o aumento no volume de visitantes durante as festividades do Réveillon 2018. (foto divulgação)

 

Faltam exatos trinta dias para a chegada do Ano Novo e em São Luís o clima é de muito otimismo na expectativa da sua melhor movimentação dos últimos cinco anos na alta temporada.

A previsão dos setores ligados à cadeia produtiva do turismo é que haja aumento de até 20% na movimentação em São Luís, na comparação com o ano passado. Lembrando que além da vasta programação do Réveillon 2018 em São Luís, organizada pela Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), o Governo do Maranhão investiu em um modelo de promoção turística bem sucedido, associado aos investimentos em infraestrutura e segurança pública, setores importantes para a atração de visitantes.

O governador Flávio Dino ressalta a importância de investimentos no turismo: “O país enfrenta uma das maiores crises econômicas de sua história. Neste momento, torna-se um grande desafio construir alternativas econômicas em nosso Estado, que gerem ganho de renda para as pessoas. O turismo é universalmente lembrado como uma alavanca de desenvolvimento local em momentos de crise nacional como esta”.

Setores do turismo estão otimistas

“Com toda divulgação que fizemos este ano, com participação nas 10 principais feiras nacionais, além de presença em duas feiras internacionais, promoção de press trips [viagens] com jornalistas do setor e o lançamento da nova marca turística, acreditamos que essa movimentação  para o Réveillon deve subir entre 15% e 20% em relação ao ano passado, que já registrou aumento em relação aos anos anteriores” Hugo Veiga, secretário Adjunto de Turismo e Cultura (SECTUR).

“A melhoria da Segurança Pública e da balneabilidade das praias foram fundamentais para a recuperação da movimentação turística em São Luís, consolidada este ano com as ações do governo para o setor”João Antônio Barros Filho, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

“Hoje em dia, a maioria absoluta dos hóspedes que recebemos chega à cidade de carro. Infelizmente, as companhias aéreas ainda praticam preços muito altos para São Luís, então muitos turistas aproveitam para vir pela estrada”Dagoberto Silva, diretor da rede de hotéis Luzeiros que atua em São Luís, Fortaleza e Recife.

“Muito válido esse esforço do governo para reunir o setor porque precisamos dialogar e estar unidos sobretudo para encontrar soluções nesse momento de crise econômica no país. O turismo gera emprego, gera renda, gera recolhimento de impostos para o Estado” –  Mary Silva, superintendente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão (Sehama).

Tags : Governo do Estado