Fecha
DESENVOLVIMENTO

Linhas de crédito devem impulsionar uso de energia solar na agricultura, garante Simplício Araújo

????????????????????????????????????
Os produtores rurais possuem, na energia renovável, segundo Simplício Araújo, um excelente mecanismo para reduzir custos e, com isso, aumentar a produtividade.

 

O presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Desenvolvimento Econômico (Consedic) e secretário de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão (Seinc), Simplício Araújo, nos dar uma boa notícia.

Afirmou ainda há pouco que as linhas de créditos existentes atualmente no país podem alavancar as oportunidades para o uso de energia solar na agricultura. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a energia elétrica é um dos itens que mais pesa na planilha de custos dos produtores.

Na opinião de Simplício Araújo, diante desta realidade, a tendência é que a energia solar seja uma das principais fontes de energia. Os painéis solares possuem uma eficiência excelente e o valor de investimento diminui com o passar do tempo.

“Apenas citando um exemplo, o Banco do Brasil lançou o BB Agro Energia, linha de financiamento voltado para o uso de energias renováveis no meio rural que abrange tanto pessoas físicas quanto jurídicas. Há uma previsão que sejam liberados, em 2017, mais de R$ 2 bilhões para que os interessados possam instalar placas fotovoltaticas, aerogreradores ou biogeradores”, destacou Simplício Araújo.

De acordo com o secretário, áreas como suinocultura e avicultura, que possuem consumo de energia bastante elevado, podem se beneficiar das linhas de financiamento.

Tags : Simplício Araújo