Fecha
Turismo

Lagoa do Cassó vai receber mais uma super edição da maratona aquática em julho

Já comparada por seus visitantes com a “Jericoacoara” do Maranhão, a Lagoa do Cassó, no município de Primeira Cruz, a apenas 217 km de São Luís, é também o novo paraíso dos esportes aquáticos. (fotos divulgação)

 

Apesar da crise financeira que aflige o país, inclusive as atividades esportivas, por falta de patrocínio oficial, a quinta edição do Desafio da Lagoa de Cassó de Maratonas Aquáticas, no município de Primeira Cruz, está confirmada para o dia 20 de julho próximo.

Quem garante é o treinador de natação e organizador do evento, Alexandre Nina, que reconhece as dificuldades, motivo pelo qual teve que cancelar alguns eventos de sua programação habitual neste primeiro semestre.

“Mas temos o prazer de anunciar a retomada das maratonas a partir do Desafio do Cassó. E o andamento regular durante todo o segundo semestre, finalizando em dezembro na data programada”, relata.

Ano passado, o evento, que contou com o patrocínio da Cemar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e apoio da Prefeitura de Primeira Cruz, reuniu cerca de 100 atletas.

Dentre os nadadores confirmados na competição deste ano, destaque para a multicampeã Júlia Nina, que, bem antes, ao lado de Carol HertelThayara Cardoso e Heitor Raiol, estará XXXIV Copa Pacífico de Natação,  que será realizada em Lima, no Peru, mais precisamente no período de 10 a 16 de junho próximo.

Para isso, Alexandre diz que já regularizou todas as pendências com fornecedores e já se mobiliza para, a partir do Cassó, fazer o maior circuito de maratonas aquáticas do Brasil. Para isso, está pedindo a todos os interessados, em participar do Desafio, que já se organizem, pois as condições de hospedagem por lá são excelentes, porém escassas. “Esse ano teremos atletas de vários lugares do Brasil e até do exterior”, comemora.

Tags : Natação