Fecha
CulturaFotografia

Fotógrafa revela suas habilidades sobre jardins

Sem ter um foco específico, Thereza Soares  fotografa de tudo um pouco: em analógico e digital; de ensaios de gestantes aos publicitários, de natureza à arquitetura. O que realmente atrai o seu olhar é a arte de um modo geral.

 

Aos amantes da fotografia, uma boa dica. A fotógrafa Thereza Soares, vai estar nesta quarta-feira, 27, na Escola Upoan Açu, para falar de sua experiência profissional e também sobre o sucesso da exposição fotográfica “Parques e Jardins Urbanos” que esteve em cartaz na Vale e na Assembleia Legislativa do Estado.

A mostra apresenta ao público fotografias de diversos jardins e parques em 11 cidades, retratados entre 2007 e 2011, começando por Barcelona e terminando em São Luís.

A palestra é mais uma atividade do Foto clube Poesia no Olhar, que reúne alguns amantes desta arte, inclusive Thereza que começou no mundo da fotografia ainda no ensino médio.

Em 2001, ingressou no curso de Comunicação Social na UFMA, e em seguida começou a fazer um curso de fotografia, pois já tinha interesse em fotografar e queria se aperfeiçoar. “Fiz curso de fotografia teórica, prática e laboratório em preto e branco. Fotografei still (fotografias de cena de cinema) entre 2002 e 2003, aqui em São Luís. Em 2003, ingressei no curso de Cinema na UFF e me dediquei à direção de fotografia de cinema por 5 anos”, conta.

Seu primeiro trabalho autoral foi a exposição “Parques e Jardins Urbanos”, que surgiu quando visitou pela primeira vez o Parque Botânico Vale, em janeiro de 2011.

Sempre com o costume de visitar áreas verdes das cidades por onde viaja, já tinha algumas imagens de diferentes áreas. A exposição é formada por 84 imagens de 29 áreas verdes em 11 cidades no Brasil e no mundo (São Luís, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Santiago, Buenos Aires, Clermont-Ferrand, Versalhes, Barcelona, Nova Iorque e Londres).

Trata da possibilidade de uma relação benéfica entre homem e natureza em meio ao caos urbano e a rotina das grandes cidades.

A mostra passeia por imagens que nos mostram áreas relevantes ressaltadas por sua beleza cênica, histórica e/ou ecológica, como por exemplo, nosso primeiro jardim botânico, criado em 1908 por Dom João VI, no Rio de Janeiro ou pelos jardins declarados monumentos vivos e históricos da casa de Rui Barbosa.

A propósito: o projeto Parques e Jardins Urbanos terá a segunda fase, que será itinerante. Será levado, à convite da Vale, para três áreas protegidas da companhia: Reserva Natural em Linhares, Parque Botânico em Vitória (ambas no ES) e Parque Zoobotânico, em Carajás (PA) para realização de imagens dessas áreas, e posteriormente, será montada uma exposição em cada um desses locais, durante o período de um mês.

Também pretende levar a exposição para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro em 2013.

A foto Green Park, em Londres, integrante da exposição “Parques e Jardins Urbanos” que já foi apresentada pela fotografa Thereza Soares no Parque Botânico Vale em São Luís entre 11 de outubro até 31 de dezembro, do ano passado. Depois seguiu para a Assembleia Legislativa, onde permaneceu de 9 de fevereiro a 11 de março deste ano e será montada novamente no próximo mês de agosto, na Associação Comercial do Maranhão.

Tags : Thereza Soares