Fecha
Artes Plásticas

Fábio Vidotti Filho inaugura exposição no Palacete Gentil Braga na quinta-feira

Aos 65 anos, Fábio Vidotti Filho celebrará em 2020 os seus 50 anos de artes visuais. (fotos arquivo)

 

A Universidade Federal do Maranhão (Ufma), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (Dac) da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo (Proexce), convida para a inauguração da exposição “Multiplas Linguagens: a Arte de Fábio Vidotti Filho”, que será aberta nessa quinta-feira, 4, às 19h, na Galeria Antonio Almeida e Sala Maia Ramos do Palacete Gentil Braga, Rua Grande.

Contemplada pelo Edital de Ocupação da Galeria Antônio Almeida do Palacete Gentil Braga, a exposição é uma realização da Ufma via Dac/Proexce  (www.cultura.ufma.br), com apoio cultural da Fundação Sousândrade, Universidade FM, TV Ufma, Ascom/Ufma e imprensa. A mostra ficará aberta ao público até 2 de agosto/19, com visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, exceto feriados. Vale a pena conferir!

“Grito” em defesa das vítimas de Brumadinho!
Uma das peças da exposição “Múltiplas Linguagens”

Uma das novidades da exposição são as novas placas em assemblers com temas de telhados e embarcações, em tons marrons, que integram a série “O Grito”. As referidas placas fazem alusão ao grito de socorro, indignação e justiça dos moradores, familiares e trabalhadores, vítimas das tragédias ambientais de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais. “Sou mineiro. Minha mãe mora em Igarapé, cidade cortada pelo rio Paraopebas. Tive a percepção de fazer essa série e agora apresentaremos ao público”, disse Vidotti.

A diretora do DAC, Fernanda Santos Pinheiro, afirmou que o artista vai expor ainda pinturas com giz de cêra, produzidas com transgressão aos formatos tradicionais, cores e linguagens, e esculturas dos famosos ‘guerreiros em aço e ferro’ reciclados. “Todas as pinturas são emolduradas com vidros e estarão á venda. Em suas pinturas recentes, Vidotti apresentará cenas urbanas, abstrações e novas assemblers, que são colagens que reúnem diversos materiais reciclados a partir de eletro eletrônicos”, explicou Fernanda Pinheiro

Tags : UFMA