Fecha
Meio ambiente

Começam os trabalhos para reflorestamento do Sítio do Rangedor

Técnicos da SEMA estiveram neste fim de semana no Parque Estadual do Sítio Rangedor para iniciar as ações de reposições florestais no local (foto divulgação)

 

 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) iniciou os trabalhos para recuperação de áreas degradadas do Parque Estadual do Sítio do Rangedor.

O objetivo é recuperá-las, por meio de reflorestamento advindo, principalmente, das reposições florestais com espécies nativas, nos termos do art. 33, §§ 1º e 4º, Código Florestal.

“Vamos promover a recuperação dessas áreas, que sofreram um intenso processo de queimadas e intervenções antrópicas antes do cercamento”, explicou o secretário Marcelo Coelho.

O trabalho está sendo feito de acordo com o plano de manejo da unidade de conservação. “Esse é um projeto, que faz parte de uma série de ações, que visam o restabelecimento dos objetivos do parque, juntamente com a construção do Complexo Ambiental no espaço”, destacou a secretária adjunta de Recursos Ambientais, Talissa Moraes.

Inicialmente o órgão ambiental está fazendo o levantamento com drones, visitas in loco e georreferenciamento das áreas que merecem mais atenção. De acordo com Coelho, “juntamente com a obra é uma forma de restabelecer o que foi degradado, mantendo a principal função da unidade de conservação, que é de recarga de aquíferos”.

Tags : capa

Deixe um comentário