Fecha
AGENDA NM

Com o alerta e a cor do “Outubro Rosa”, o Casarão Colonial volta a animar o domingo com alegria e responsabilidade

Em mais uma feliz iniciativa de ocupação responsável do centro histórico, promovendo o turismo e a autoestima dos maranhenses, o Casarão  Colonial volta a agitar sua programação neste domingo com muitas atrações e um visual diferente.

A casa, localizada na Rua Afonso Pena, próximo ao Jornal Pequeno, e comandada pelo empresário Ricardo Fernandes, o Pororoca, aderiu ao “Outubro Rosa 2019”, iluminando sua fachada com a cor da campanha de prevenção ao câncer de mama.

A ideia é passar para a ala jovem, que frequenta a casa, um alerta para os cuidados com a enfermidade, que é o segundo tipo de câncer que mais acomete brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres.

Domingo agitado

Aliás, o brilho do rosa promete se misturar à alegria da programação deste domingo, 20, montada com muito carinho pela produção para os seus frequentadores.

O início, às 15h, será com o DJ Adriano Sound; às 17h, Grupo Pagrode (com Pepê Junior), às 20h, Projeto CDC e às 22h, Os Parças.

As atrações do Espaço Anexo, também estão imperdíveis: Dj Ksyfux (15h), Forró com Xote (16h), Barba Branca (19h), e Dj Dona Roots (21).

Turistas e jovens da cidade lotam as dependências do Casarão Colonial para apreciar uma programação diversificada aos domingos.
Regaste da autoestima

Aproveitando a deixa da Feirinha São Luís, da Prefeitura, que acontece aos domingos das 9h às 15h30, o Casarão Colonial veio para resgatar a autoestima ao maranhense, pela beleza do local, expressão das atividades culturais, e principalmente pela questão econômica e social. Afinal, segundo argumenta o idealizador do projeto, em 2017, Ivaldo Rodrigues, a região central deixa de ser um lugar ermo e depósito de mendigos e usuários de drogas, para se tornar um local de geração de renda, além de desenvolver uma função social fundamental para uma cidade que possui bolsões de pobreza. Sem falar que movimenta o turismo como uma opção de entretenimento de excelente qualidade em matéria de programação e segurança.

Tags : Casarão Colonial

Deixe um comentário