Fecha
COMÉRCIO

CDL São Luís mantém atividades em “home office” e plantão para atender lojistas

Close-up woman hands typing on laptop in office.
Além de “home office”, funcionários da CDL São Luís fazem plantão na sede da entidade na Rua da Estrela, no Centro Histórico (foto divulgação)

 

Mesmo com a suspensão das atividades do comércio de São Luís, determinada por decreto do governo estadual, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL SLZ) está mantendo a rotina de assessoramento e suporte às empresas.

Os funcionários da entidade estão trabalhando em home office, mas na sede da CDL São Luís, à Rua da Estrela, no Centro Histórico, está funcionando um plantão das 9h às 14h, para a realização de alguns serviços essenciais para o lojista, como certificação digital. Além disso, a entidade está prestando orientações aos associados.

A CDL São Luís intensificou também as interações virtuais diante do grande número de empresas que têm procurado a entidade para obter informações relacionadas às dúvidas dos varejistas em relação aos entraves causados à atividade comercial decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

“Com o suporte da Assessoria Jurídica da entidade estamos utilizando diariamente as nossas mídias digitais para manter uma rotina de esclarecimentos dos empresários sobre as legislações, notícias e alternativas de soluções para esse momento atípico que tem afetado muito a vida das empresas”, afirma Luiza Lina, Assessora de Comunicação da CDL São Luís.

Outro trabalho significativo que vem sendo realizado pela entidade lojista é o planejamento de novos serviços que possam ser disponibilizados aos associados, após a retomada das atividades do comércio. O presidente da CDL São Luís, Fábio Ribeiro, explica que será necessário ter soluções viáveis para superar um cenário de perdas:

“A atividade comercial é uma das mais afetadas com a atual crise; por isso, a nossa entidade está empenhada em projetar ações e serviços que fortaleçam a competitividade das empresas do comércio no ambiente de negócios desfavorável que estamos vivendo agora, e no futuro quando as lojas voltarem a funcionar”, afirmou ele.

Tags : CDL São Luís