Fecha

Turismo

Turismo

Setur-MA assina acordo de cooperação com Ministério do Turismo de Cabo Verde

Segundo Catulé Junior (titular da Setur-MA) a expertise maranhense será usada para a criação de Observatório do Turismo no país (fotos divulgação)

 

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), assinou nesta segunda-feira, 3, o Acordo de Cooperação Mútua celebrado com governo de Cabo Verde para cooperação técnica visando subsidiar a criação de Observatório do Turismo no país.

O acordo tem vigência até 3 de agosto de 2021 e ratifica o reconhecimento mundial das atividades desenvolvidas pelo Observatório de Turismo do Estado do Maranhão. A parceria foi firmada com o Instituto do Turismo de Cabo Verde, órgão vinculado ao Ministério do Turismo e Transporte. A ação fortalece o trabalho que vem sendo colocado em prática na Setur, visando expandir seus modelos operacionais, além de estreitar laços com povos que tenham cultura e potencial turístico semelhantes.

Para o secretário de Estado de Turismo do Maranhão, Catulé Júnior, o Observatório do Turismo e as pesquisas de demanda turística são essenciais. “Os estudos fornecem análises estatísticas que são fundamentais para que o poder público consiga traçar estratégias de gestão e para que conheça melhor as necessidades dos turistas. Ficamos muito felizes em receber a carta de intenção encaminhada por Cabo Verde, a assinatura dessa parceria reforça o reconhecimento externo do investimento do Governo do Estado nas ações relacionadas ao Turismo”, diz o secretário.

Interesse na parceria

Em sua fala, o administrador do Instituto do Turismo de Cabo Verde, Américo Lopes, agradeceu e afirmou o interesse de Cabo Verde em aprofundar as relações. “Tivemos uma pronta e positiva resposta da SETUR, que desde a primeira hora disponibilizaram em nos apoiar na criação do Observatório do Turismo, e que se materializa agora, através deste acordo de cooperação que acabamos de assinar. Aproveitamos uma vez mais, para agradecer a disponibilidade e a expertise nesta matéria e dizer que tudo faremos para honrar este compromisso, agora assumido, no sentido de materializar este nosso projeto”, disse.

A supervisora de pesquisa do Observatório do turismo do Maranhão, Hanna Coelho destacou a importância do trabalho conjunto. “Recebemos o contato de Cabo Verde em reconhecimento ao trabalho que o projeto vem realizando nos últimos meses para a criação de um Observatório do Turismo no local. O alcance dos resultados é reflexo de uma gestão estratégica otimizada e assertiva”, explicou.

Cooperação Técnica

Pelo Termo de Cooperação, cabe à Setur disponibilizar todas as informações referentes ao “Observatório do Turismo do Maranhão”, necessárias à criação do “Observatório de Turismo de Cabo Verde”, como: modelos de estatuto; modelos de projetos; planos estratégicos; modelos de questionários; softwares e ferramentas utilizadas; procedimentos metodológicos de recolhimento de informações da demanda; informações sobre o SISTUR (Sistema de cadastro das empresas e prestadores de serviços em turismo) e permitir que seus servidores se mobilizem para participar de reuniões e oficinas de trabalhos destinadas à consecução do objeto, de forma remota;

“Acerca do processo de elaboração do projeto, um plano colaborativo foi pensado para que as atividades sejam realizadas de forma simultânea através de ferramentas online. O Instituto receberá orientações sobre o planejamento estratégico do Observatório a ser criado, quais metodologias podem utilizar, como formalizar parcerias e desenvolver estudos e pesquisas”, explicou a supervisora de pesquisa do Observatório do Turismo do Maranhão, Hanna Coelho.

Os últimos oito meses o Observatório do Turismo do Maranhão desenvolveu um intenso trabalho para ampliar os resultados das pesquisas do turismo no Estado, onde as parcerias já existentes foram fortalecidas e novas estão no sendo desenvolvidas. A coordenação executiva criou em parceria com a SEATI o novo portal que possibilita aos visitantes o acesso direto a todos os boletins produzidos. As pesquisas acerca da demanda turística foram aperfeiçoadas e estudos de oferta consolidados.

Observatório do Turismo

O Observatório do Turismo do Maranhão é uma rede de dados e informações acerca do Turismo coordenado pela Secretaria de Estado do Turismo em parceria com diversas entidades como instituições de ensino, institutos de pesquisa, secretarias municipais e estaduais. (Fonte Setur-MA)

Leia mais
Turismo

Turistas em Dubai podem contar com segurança e tranquilidade em viagens e passeios

A partir de 1º de agosto, todos os viajantes que chegam e transitam por Dubai devem carregar um certificado de teste PCR para COVID-19, garantindo a saúde e a segurança de todos os viajantes e da comunidade de Dubai (foto divulgação)

 

Enquanto os viajantes planejam suas férias, a Emirates e a cidade de Dubai reafirmam que os turistas são bem-vindos para aproveitar as muitas atrações da cidade, com várias medidas adotadas para garantir a segurança e tranquilidade em viagens e passeios.

Os turistas podem facilmente solicitar vistos com antecedência ou obter o carimbo do visto na chegada ao país se tiverem o passaporte de um dos 70 países e territórios aceitos, conforme regulamentos de entrada e imigração em vigor antes da pandemia.

Dubai também atualizou seus requisitos de entrada para viajantes que chegam à cidade. A partir de 1° de agosto de 2020, serão necessários testes de PCR para COVID-19 para todos os viajantes que chegam a Dubai ou que passam por Dubai. Os viajantes que viajam para o Reino Unido e a Europa também devem possuir um certificado de teste de PCR negativo.

Destino altamente atraente

Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates, disse: “Dubai continua um destino altamente atraente para visitantes internacionais. Nessas últimas três semanas desde a reabertura de Dubai para turistas, vimos mais de 1,6 milhão de pesquisas usando o destino Dubai em emirates.com, e um aumento nas reservas de viajantes de mais de 30 países, incluindo França, Alemanha, Malásia, Reino Unido e Estados Unidos. A Emirates trabalha com o Dubai Tourism e outros parceiros para oferecer ofertas e pacotes de viagens ainda mais atraentes; não vemos a hora de anunciar essas ofertas em breve.”

Al Redha acrescentou: “Sabemos que as pessoas querem viajar, e a Emirates está expandindo sua rede para oferecer mais opções aos seus clientes. Também adotamos várias medidas para garantir aos nossos clientes uma experiência de viagem tranquila e segura. Incentivamos os viajantes a considerar Dubai como destino para aproveitar as férias e as excelentes ofertas e programas durante o festival Dubai Summer Surprises que ocorre nesses dias. Seja em Dubai ou outro destino da Emirates, nossos clientes podem voar sem a preocupação de adquirir um plano de saúde para a COVID-19 exigido por muitos países, pois a Emirates é a primeira companhia aérea a oferecer assistência global gratuita para despesas relacionadas à COVID-19 caso o cliente apresente teste positivo enquanto estiver em viagem e longe de casa.”

Selo “SafeTravels”

Dubai é uma das primeiras cidades do mundo a obter o selo “SafeTravels” do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC – World Travel and Tourism Council), que endossa as medidas abrangentes e eficazes de Dubai para garantir a saúde e a segurança dos visitantes. Desde a reabertura, até agora o número de novos casos de COVID-19 nos Emirados Árabes Unidos permanece estável, com tendência de queda.

De praias ensolaradas a visitas a patrimônios históricos, hotéis e lazer de primeira classe, Dubai é um dos destinos mais populares do mundo. Em 2019, Dubai recebeu 16,7 milhões de visitantes, além de abrigar centenas de exposições e conferências, e eventos esportivos e de entretenimento.

A Emirates atende a mais de 65 destinos, com conexões seguras e convenientes passando por seu hub em Dubai para clientes que viajam entre as Américas, Europa, África, Oriente Médio e Ásia-Pacífico. Os clientes da rede da Emirates podem visitar Dubai ou fazer conexões na cidade, pois foi reaberta para visitantes internacionais de negócios e turismo.

Cobertura global e gratuita de custos relacionados à COVID-19: Os clientes podem viajar com confiança, pois a Emirates se compromete a cobrir todas as despesas médicas relacionadas à COVID-19 caso seus clientes sejam diagnosticados com COVID-19 durante a viagem enquanto estiverem longe de casa.

Essa cobertura é válida para clientes que voam pela Emirates até 31 de outubro de 2020 (o primeiro voo deve ser realizado antes ou em 31 de outubro de 2020); além disso, é válida por 31 dias a partir do momento em que o cliente pegar o primeiro voo da sua viagem. Com isso, o cliente da Emirates pode se beneficiar da garantia adicional dessa cobertura, mesmo que viajar para outra cidade depois de chegar ao destino da Emirates. Veja mais detalhes em www.emirates.com/COVID19assistance.

Saúde e segurança

A Emirates implementou um conjunto abrangente de medidas em cada etapa da viagem do cliente para garantir a segurança de seus clientes e funcionários no solo e no ar, incluindo a distribuição de kits de higiene gratuitos com máscaras, luvas e higienizadores para as mãos e lenços antibacterianos para todos os clientes. Para obter mais informações sobre essas medidas e os serviços disponíveis em cada voo, visite: www.emirates.com/yoursafety. Requisitos de entrada para turistas: Para obter mais informações sobre os requisitos de entrada para visitantes internacionais em Dubai, consulte: www.emirates.com/flytoDubai.

SOBRE A EMIRATES

A Emirates começou a operar em 1985, com apenas duas aeronaves. Hoje, a companhia aérea possui as maiores frotas do mundo de Airbus A380 e Boeing 777, oferecendo a seus clientes o conforto das aeronaves de fuselagem larga mais modernas e eficientes. Inspiramos viajantes do mundo todo com nossa crescente rede de destinos globais, sistema de entretenimento a bordo líder do setor, refeições de inspiração regional e serviço de classe mundial.

Leia mais
Turismo

Setur-MA leva novas capacitações para profissionais do turismo em Barreirinhas

Para dar continuidade às ações de qualificação e capacitação profissional de colaboradores de segmentos ligado ao trade turístico, a Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur-MA), por meio da Superintendência de Turismo Lençóis e Delta, encerrou nesta sexta-feira, 24, no município de Barreirinhas, quatro cursos livres do Programa Mais Qualificação e Turismo.  Novos cinco cursos estão acontecendo até dia 30 deste mês na região.

Seguindo todos os protocolos de higiene, distanciamento e medidas preventivas contra o coronavírus, os cursos de Qualidade no Atendimento; Técnicas de Recepção em Meios de Hospedagem; Boas Práticas de Manipulação de Alimentos e Técnicas de Arrumação para Camareira, foram ministrados presencialmente na Pousada do Porto para colaboradores desse empreendimento turístico.

Ao final dos cursos, que estão sendo ofertados gratuitamente pela Setur, foram certificados 19 profissionais.

Secretário de Estado de Turismo, Catulé Junior

O secretário estadual de turismo, Catulé Júnior, destacou a importância dos cursos como ferramenta para dar continuidade às ações e ao empenho do Governo do Estado na qualificação e capacitação profissional. “Nós estruturamos a oferta desses cursos nesse momento de crise como forma também de adequar esses profissionais a essa nova realidade sanitária que se configura. A ideia é oferecer constantemente novas turmas”, destacou o secretário.

A gerente proprietária da Pousada do Porto, Laides Canavieira, uma das contempladas pelos cursos livres, destacou a importância do aprendizado e a oportunidade de qualificação e capacitação oferecidas. “Esse aprendizado irá contribuir muito para nosso dia-a-dia e, com certeza, contribuirá muito para nosso trabalho. As informações e o aprendizado foram muito bem repassados pelos profissionais que desenvolveram esses cursos”, destacou a empresária.

MAIS CURSOS

Durante a última semana de julho, de 27 ao dia 30, a Setur seguirá ofertando gratuitamente, desta vez, cinco cursos livres também em Barreirinhas. Os cursos de Qualidade no Atendimento para Bares e Restaurantes; Técnicas de Arrumação para Camareira; Produção Cultural e Entretenimento para Serviços Turísticos; Qualidade no Atendimento e de Boas Práticas para Manipulação de Alimentos serão ministrados também presencialmente para colaboradores da Pousada do Rio.

Leia mais
Turismo

Setur-MA abre inscrições para o segundo ciclo de turmas dos cursos a distância

A Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur-MA), por meio da Superintendência de Qualificação Profissional, abriu nesta sexta-feira, 24, as inscrições para a segunda turma dos cursos livres na modalidade a distância (EAD). O novo ciclo será anunciada em live pelo secretário estadual de turismo, Catulé Júnior, que será transmitida nessa sexta às 17h no instagram @seturmaranhao.

As inscrições são para os cursos de Boas Práticas para Manipulação de Alimentos, Estratégias de Atendimento no Turismo, Vendas Inteligentes para Artesãos, todos estes com carga horária de 20 horas, e Vendas Inteligentes para Bares e Restaurantes, carga horária de 16 horas, podem ser realizadas até o dia 29 de julho, exclusivamente pelo site www.maisqualificaturismoead.com.br.

Para concorrer a uma vaga o candidato terá que realizar sua pré-inscrição, bastando acessar o link “Inscrição”, em seguida clicar na opção e preencher todos os campos obrigatórios apresentados no formulário de inscrição. A divulgação do resultado será no dia 1° de agosto e a convocação dos candidatos selecionados acontecerá de 2 a 4 de agosto.

O início das aulas está marcado para o dia 5 de agosto e o término no dia 20 do mesmo mês. A novidade neste ciclo fica por conta do número de vagas que subirão para 100 vagas em cada curso divididas em 4 turmas.

Qualificar o produto turístico

O aumento da oferta de vagas é uma forma de contemplar um maior número de candidatos interessados em relação ao primeiro ciclo, quando foram ofertados 40 vagas, sendo posteriormente aumentada para 60 devido ao grande número de inscritos e de candidatos em lista de espera. Para o secretário estadual de turismo, Catulé Júnior, o segundo ciclo de turmas dos cursos EAD faz parte da continuação das ações sistemáticas que a Setur tem desenvolvido com o objetivo de qualificar os serviços e potencializar o produto turístico maranhense.

“Estamos em constante planejamento e dando continuidade à qualificação dos serviços e potencializando nossos produtos. E nesse momento de crise, queremos adequar esses profissionais a essa nova realidade sanitária que se configura”, destacou o secretário. Destinados exclusivamente para profissionais ligados ao segmento turístico como artesãos, estudantes universitários, professores e profissionais do setor de alimentação público e privado, os critérios de seleção aplicados deverão atender a ordem de Inscrição; adequação ao perfil de público alvo de cada curso e candidatos oriundos dos polos turísticos do Maranhão.

Para o superintendente de Qualificação Profissional da Setur-MA, Fernando Campelo, a nova plataforma EAD trouxe um envolvimento satisfatório para os alunos com Informações técnicas e orientadoras para o atual momento de retomada após a crise sanitária. “Neste segundo ciclo de curso estamos aprimorando ainda mais os elementos da plataforma, tornando-a cada vez mais acessível e contemplando um número maior de vagas por curso. Nosso objetivo é levar a qualificação profissional a todos os municípios turísticos do Maranhão com um ensino de qualidade, diferenciado e específico para a atividade”, explicou o superintendente.

FORMATO DAS AULAS

Os conteúdos serão disponibilizados por meio da plataforma de aprendizagem Moodle, onde os alunos poderão acessar as videoaulas, slides em formato PDF e materiais de apoio como sites, blogs e indicações de vídeos. O aluno só poderá acessar a plataforma e os conteúdos do curso, após o processo de seleção, por meio de um cadastro de usuário e senha fornecidos pela equipe técnica da secretária.

OS CURSOS BOAS PRÁTICAS PARA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS: Com foco em estudantes universitários, professores e profissionais do setor de alimentação, o curso irá alertar sobre os principais riscos de biossegurança alimentar, as boas práticas e como vender com credibilidade e segurança. Dessa forma, espera-se que esses estabelecimentos de alimentos e bebidas estejam preparados para vender com confiança em tempos de crise.

 ESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO NO TURISMO: Com o público alvo focado em profissionais do trade turístico, este curso irá possibilitar ao aluno conhecer os diversos canais oportunos para atendimento ao turista gerando manutenção no relacionamento e prestação de serviço, fazendo com que os estabelecimentos e profissionais do turismo aprendam novas formas de atendimento.

VENDAS INTELIGENTE PARA ARTESÃOS: Voltado exclusivamente para trabalhadores que produzem e comercializam artesanato, o curso irá possibilitar ao artesão direcionamentos inteligentes, criativos e inovadores para vender sua produção por canais diferenciados durante a pré-venda, venda e pós-venda. Estima-se que com essas ações, os artesãos possam obter uma visão mais estratégica e criativa para vender em tempos de crise.

VENDAS INTELIGENTE PARA BARES E RESTAURANTES: Destinado para profissionais do setor de restauração (Bares, Restaurantes e Similares), o curso possibilitará aos donos destes estabelecimentos formas de vendas diferenciadas usando cardápios atrativos e entregas delivery com custo-benefício. Como resultado esperado, a possibilidade de uma maior geração de receitas a partir de novos formatos de vendas.

Leia mais
Turismo

Abav Nacional dá detalhes sobre o primeiro grande evento virtual de turismo no país

Segundo a presidente ABAV Nacional, Magda Nassar, o ABAV Collab chega ao mercado para marcar a retomada dos negócios do setor turístico (Foto Reprodução)

 

A ABAV Nacional  lançou nesta terça-feira, 21, o site www.abavcollab.com.br, com detalhes sobre o conceito de criação e dinâmica das atividades propostas no ABAV Collab, evento virtual que a entidade realiza de 27 de setembro a 2 de outubro.

A escolha de uma plataforma robusta, que comportasse o projeto deste que será o primeiro grande evento virtual de turismo, foi determinante na viabilização do conceito colaborativo idealizado pela entidade para o ABAV Collab. Uma pesquisa intensa com ferramentas nacionais e internacionais terminou com a escolha de uma plataforma norte-americana, que permitirá alcance global ao evento, com mecanismos de tradução simultânea em mais de 20 idiomas, a maior capilaridade entre eventos já promovidos no Brasil.

Essa característica, aliada ao formato virtual, confere ao evento dois grandes diferenciais – a capacidade ilimitada de participantes e largo alcance de visibilidade para expositores e patrocinadores, bem como ao conteúdo da programação que ficará disponível on demand até janeiro de 2021.

Desde a abertura, no Dia Mundial do Turismo, até o encerramento quando receberá também o público final, o evento vai desenvolver sua programação de forma a garantir dinâmicas e conteúdos focados no fortalecimento e na sustentabilidade do setor por meio de capacitações, interações e múltiplas oportunidades de alavancar negócios.

Dinâmica

Em cada atividade, diferentes possibilidades de engajamento dos participantes, em meio a palestras, apresentações em formato ted talks, tutoriais, shows, stand ups e uma dinâmica de gameficação que se desenvolverá em diferentes etapas, sempre associadas aos conteúdos oferecidos ao longo da programação ou às marcas expositoras.

A área de exposições abrigará estandes virtuais, que já estão disponíveis para comercialização nas opções Basic, Comfort e Premium, com especificações capazes de atender às diferentes necessidades do mercado fornecedor. Por meio de um catálogo, o público poderá selecionar filtros e formar match com as empresas que melhor atendam os seus interesses. Além da interação entre visitantes e expositores em cada estande virtual, outra área dedicada exclusivamente ao networking, permitirá contatos irrestritos entre todos os participantes, por meio de chat.

As capacitações acontecerão em cinco auditórios com atividades simultâneas que poderão ser acompanhadas em tempo real ou on demand. Todo o conteúdo será construído com foco no empreendedorismo e em ações de reposicionamento e retomada de negócios.

Em estímulo à ativação de negócios para as agências de viagens associadas à ABAV, o ABAV Collab contará com uma versão da Black Friday de Viagens, quando os profissionais terão a oportunidade de vender produtos e serviços turísticos para o público final.

A ação marcará o encerramento do evento, após seis dias de atividade intensa e o envolvimento colaborativo de organizações e pessoas em torno do objetivo comum de formar uma corrente forte e capaz de atender as demandas do mercado e abrir novos caminhos para o turismo brasileiro.

Para saber mais acesse www.abavcollab.com.br – a área de exposições já está em fase ativa de comercialização, e para os visitantes as inscrições deverão ser abertas na segunda quinzena de agosto.

Sobre a ABAV Nacional

Reconhecida como uma das principais entidades de turismo no Brasil, com crescente força política, a ABAV Nacional está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Sua base é composta por 2,4 mil empresas associadas, entre agências de viagens, operadoras e consolidadoras, que juntas respondem por cerca de 80% de toda a movimentação de vendas do setor no país.

A entidade tem sua imagem fortalecida por meio de iniciativas do seu Instituto de Capacitação e Certificação (ICCABAV), na promoção de cursos, palestras, estudos e convênios de cooperação, e na gestão e curadoria do Congresso ABAV de Turismo – âncora da Vila do Saber, o espaço dedicado ao conhecimento e à capacitação profissional integrado à programação da ABAV Expo. Globalmente a ABAV Nacional está integrada à World Travel Agents Association Alliance (WTAAA) e ao Fórum Latino-Americano de Turismo (Folatur).

Leia mais
Turismo

Abertas as inscrições para o 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo para Startups

Com o objetivo de buscar soluções para a retomada do turismo brasileiro através de projetos de base tecnológica, foi lançado, nesta quarta-feira, 15, o 1° Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo para Startups, organizado pelo Ministério do Turismo (Mtur).

Os interessados já podem se inscrever no site: www.startups.turismo.gov.br, além de acessar também as regras da competição. O prazo de inscrição termina no dia 2 de setembro.

O Desafio será realizado em colaboração com a Organização Mundial do Turismo (OMT) e a agência das Organizações das Nações Unidas (ONU) dedicada ao setor, que tem como meta estimular startups a desenvolver tecnologias que possam ser utilizadas por viajantes e por empresas que ofereçam serviços como hospedagem, deslocamento e mobilidade, geolocalização de destinos, lazer, passeios e visitações.

As dez startups que apresentarem as melhores tecnologias irão participar da 3ª edição da global UNWTO Tourism Startup Competition, Feira Internacional de Tecnologia em Turismo que deverá acontecer em janeiro de 2021, em Madri, na Espanha, com a participação de 160 países.

As tecnologias serão avaliadas com base nos seguintes critérios: facilidade de captura de valor por meio da colaboração com a startup; potencial impacto nos negócios; maturidade do produto / tecnologia; maturidade da equipe e da organização; prontidão de parceria; e sustentabilidade. O propósito é gerar inovação, criar novos modelos de negócio e fomentar o crescimento sustentado do setor no Brasil.

Leia mais
Turismo

Maranhão presente no 4º Encontro da Rede Brasileira dos Observatórios de Turismo

Com o objetivo de realizar a inter-relação dos Observatórios de Turismo a nível nacional para a elaboração de trabalhos em prol do fortalecimento da rede, teve início, nesta quarta-feira, 8, de forma online, o 4º Encontro da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo.

O primeiro dia de evento contou com a participação de todos os representantes dos estados brasileiros para discutir a respeito das ações que serão desenvolvidas em conjunto. O evento encerra nesta quinta-feira, 9.

No primeiro dia de debates, o Observatório do Turismo realizou apresentações de projetos e discorreu sobre seu histórico, a dinamização do portal, o acesso às pesquisas realizadas, o aperfeiçoamento dos conteúdos e a importância dos materiais para o direcionamento das políticas públicas do turismo no estado.

A supervisora de Pesquisa do Observatório do Turismo do Maranhão, Hanna Coelho, esteve representando o estado no evento. Ela destacou a importância do encontro para a disseminação e valorização dos trabalhos realizados pelo projeto.

“O intercâmbio de informações, metodologias, ferramentas e protocolos amplia os horizontes dos trabalhos que podem ser realizados por redes como estas. A cada encontro é possível agregar ainda mais conhecimento o que gera o fortalecimento da rede”, destacou a supervisora.

O secretário de Estado do Turismo, Catulé Júnior, destacou a participação do Observatório do Turismo do Maranhão e disse que a realização de eventos de grande magnitude fortalece e ajuda a desenvolver a cadeia do turismo no Brasil.

“Eventos desse porte só fortalece a importância de desenvolver debates e pesquisas com a Rede no sentido de otimizar essas pesquisas de demanda turística com o objetivo de traçar estratégias de gestão e para conhecer melhor as necessidades dos turistas”, frisou o secretário.

Por conta da pandemia do novo coronavírus o evento está sendo realizado em ambiente virtual, por meio da plataforma Google Meet, com as palestras abertas ao público em geral, enquanto que, assuntos relacionados aos grupos de trabalhos estão restritos apenas para os participantes da rede.

Entre os temas que deverão ser debatidos no encontro estão: criação conjunta de um dispositivo legal e Regimento Interno; Novas Propostas de Pesquisas em Rede 2020/2021; Criação do Planejamento Estratégico; Relações; parceria com o Ministério do Turismo (Mtur) e Captação de Recursos.

OBSERVATÓRIO DO TURISMO

O Observatório do Turismo do Maranhão é uma rede de dados e informações acerca do Turismo coordenado pela Secretaria de Estado do Turismo em parceria com diversas entidades como instituições de ensino, institutos de pesquisa, secretarias municipais e estaduais.

Desde 2016 é um instrumento de planejamento e gestão disponibilizando informações e dados sistematizados, que possam contribuir com o desenvolvimento turístico do estado. O objetivo das pesquisas de demandas realizadas é levantar o perfil do turista que vêm conhecer o Estado.
Confira o Site: https://observatorio.turismo.ma.gov.br/

Leia mais
Turismo

Live discute nesta quinta-feira a retomada do turismo no Nordeste

O titular da Setur (MA), Catulé Júnior, falará das ações para o setor no Maranhão (foto divulgação)

 

Quais as perspectivas de reabertura do turismo na região Nordeste? De onde virão os turistas? E a malha aérea, como está se recuperando? Os protocolos mudarão as experiências dos viajantes? Que trabalho está sendo feito com o trade local e com os principais emissores?

Estas são algumas das perguntas que serão respondidas na live sobre o Nordeste nesta quinta-feira, 9, a partir das 11h30, no Portal e Facebook PANROTAS.
A retomada do turismo no Maranhão e outros três estados será debatida com os secretários de turismo do Maranhão Catulé Junior, da Bahia, Fausto Franco, de Sergipe; José Sales e Rafael Brito, secretário do Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Alagoas. Acompanhe a Live Check Point pelo instagram @portalpanrotas.

Leia mais
Turismo

Centros de Atendimentos aos Turistas voltam a funcionar em São Luís, Raposa e Alcântara

Posto de atendimento no aeroporto de São Luís: todos os protocolos para combate à Covid-19 obedecidos (foto divulgação)

 

Uma das ações de retomada do setor turístico é a reabertura dos Centros de Atendimentos aos Turistas (CAT’s) da capital maranhense que voltaram a funcionar com todas as medidas sanitárias exigidas. Foram adotados novos protocolos que visam garantir a saúde e segurança como a demarcação e organização das filas, aferição de temperatura, distanciamento entre as pessoas. Em todas as unidades, os atendimentos são realizados apenas com utilização de máscaras, higienização das mãos com álcool em gel e há ainda a limpeza constante das dependências.

Segundo o secretário de Turismo, Catulé Junior, entre os viajantes que procuram os centros de informações muitos estão de passagem rápida pela cidade e a maioria tem buscado informações do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses que reabriram. “Entre uma conexão e outra, ou em visita a parentes, aproveitam para saber um pouco mais dos atrativos turísticos que já estão reabertos e buscam no balcão dicas e sugestões de roteiro”, afirma Catulé Júnior.

Chegando à capital maranhense via aérea, os visitantes podem solicitar informações no CAT do Aeroporto Internacional Marechal Cunha, que iniciou o atendimento com horários reduzidos, das 8h às 20h, devido às medidas de prevenção. Entre os meses de janeiro e março, foram realizados 3.666 atendimentos, com informações em português, inglês, francês e espanhol.

“É extremamente importante que as pessoas sigam as medidas de prevenção, como o uso de máscara, distanciamento de 1,5 do balcão de atendimento e o uso de álcool em gel, diminuindo assim o risco de proliferação da Covid-19. Estamos todos usando máscara e temos disponível o álcool em todos os nossos centros”, afirma o guia de turista e atendente do CAT Aero, Paulo Juracy. 

Atualmente, apenas o balcão de informações para turistas do Aeroporto de São Luís está com horário reduzido, mas assim que regularizar o fluxo aéreo voltará a ser 24 horas. Somente em 2019, foram 27 mil pessoas atendidas nos Centros de Atendimento ao Turista no Maranhão.

Rodoviária, Espigão, Raposa e Alcântara

Para aquele que chega pelo Terminal Rodoviário de São Luís e deseja obter informações para aproveitar mais a capital, os horários de funcionando do CAT da Rodoviária são: de segunda a segunda, das 7h às 19h. Com o retorno dos atendimentos e a volta de 60% do transporte rodoviário, passam por dia no CAT Rodoviária cerca de 700 passageiros. 

Os turistas que visitam a capital podem recorrer também ao CAT Espigão, localizado na Península, que possui horários de funcionamento variados: às terças-feiras e quartas-feiras, das 14h30 às 19h, as quintas-feiras, das 10h às 19h, as sextas-feiras e sábados, das 10h às 20h, e nos domingos e feriados, das 15h às 20h. 

O CAT do Espigão possui o ambiente climatizado e decorado com painéis de fundo que retratam os principais destinos, ideal para fotos e interação dos visitantes, e tem ainda loja de artesanato e monitores para exibição de atrações dos polos turísticos do Maranhão.

A unidade do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), que fica localizado no Viva Raposa, também voltou a funcionar diariamente, segunda a segunda, das 7h30 às 17h30. A Secretaria de Turismo (Setur), juntamente com a prefeitura de Raposa, através da Secretaria de Saúde e a Coordenação de Vigilância Sanitária, tem orientado os proprietários de embarcações que realizam passeios náuticos, quanto às medidas restritivas e preventivas quanto à Covid-19, para o retorno seguro das atividades no Município.

O atendimento está sendo realizado de forma gradual na unidade de Alcântara, em respeito às normas de segurança sanitária estabelecidas pelo Governo do Estado.

O Estado do Maranhão também já tem experiência em montar centros de atendimentos temporários durante grandes eventos como o São João, Carnaval e Natal. Segundo o secretário Catulé Júnior, há projetos de instalação do CAT ainda no aeroporto de Imperatriz e na cidade de São José de Ribamar, em parceria com a prefeitura municipal.

Leia mais
Turismo

Conheça as maravilhas das Chapadas das Mesas em tour virtual nesta segunda-feira

Para motivar o viajante a conhecer as belezas do país e do Maranhão, o site Turismo Virtual vai mostrar as maravilhas das Chapadas das Mesas. (Foto/Divulgação/Um Viajante)

 

Um passeio pelo paraíso das águas do Maranhão, a cidade de Carolina, no Parque Nacional Chapada das Mesas, a 11 horas da capital São Luís, é uma das boas atrações para você limpar a vista no site do www.turismovirtualnobrasil.com.br.

O tour virtual pelas belezas deste paraíso vai acontecer nesta próxima segunda-feira, 6, das 20h às 21h30, no site do Turismo Virtual no Brasil, projeto que tem apoio da Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur-MA) e de guias maranhenses, convidados para integrar uma equipe nacional de profissionais que estão oferecendo passeios guiados na internet.

E vale conferir o passeio no Parque Chapadas das Mesas, rica em lindas paisagens e belas cachoeiras, lugar imperdível do nosso estado e que faz parte de um conjunto natural de montanhas e de fauna e flora espetacular.

Com 89 cachoeiras, mais de 400 nascentes de águas cristalinas e uma área de 160 mil hectares, a região Chapada das Mesas, tem se destacado no turismo de aventura. E Carolina é a principal cidade do local.

Guias de Turismo e o Tour Virtual

A tarefa de mostrar as belezas do Maranhão de encantos está a cargo dos guias de turismo José Raimundo e André Gutemberg que também fazem parte do programa City Tour de Encantos da Setur-MA.

Os passeios virtuais devem seguir a proposta da plataforma, com o guiamento sendo realizado ao vivo por meio de uma videoconferência, onde o guia vai explicando ao público, de acordo com as imagens que surgem na tela como: vídeos, fotos e áudios, gravados pelos próprios guias.

O projeto tem o objetivo de estimular esta importante cadeia do setor turístico no país, um dos mais afetados pelo novo coronavirus, dar visibilidade nacional aos destinos visitados por meio do tour virtual, além de ser uma oportunidade de obtenção de renda para os guias e atrair visitantes aos estados logo após a pandemia de Covid-19.

O projeto encabeçado por guias de turismo carioca, Carlos Eduardo Bueno, o “Kadu”, e Marcos Antônio Duarte, o “Marcão” tem ganhando adesão de guias de diferentes estados. No primeiro momento,  apenas as capitais com atrativos turísticos participaram do projeto e, agora, logo após sua consolidação, o programa foi estendido para as demais cidades turísticas no país.

Detalhe importante: para apreciar os passeios virtuais é necessário se cadastrar no site.

Leia mais
Turismo

48ª edição da ABAV Expo é reagendada para 2021 em decorrência da pandemia da Covid

Presidente da Abav Nacional, Magda Nassar: ABAV Collab será realizada em setembro, com a dinâmica de gameficação em uma jornada virtual  (foto divulgação)

 

A presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional), Magda Nassar, anunciou nesta quarta-feira, 1º, o reagendamento da 48ª edição da ABAV Expo para 2021 em decorrência da pandemia da Covid-19. Em contrapartida, foi anunciado o ABAV Collab, um evento virtual que chega ao mercado para marcar a retomada dos negócios do setor turístico ainda em 2020.

O evento tem por objetivo fortalecer toda a cadeia turística e acontecerá entre os dias 27 de setembro e 2 de outubro. “Adiamos a ABAV Expo presencial, conhecida por todos, para 2021. No entanto, sabemos da importância que a maior feira de turismo da América Latina tem para a realização dos negócios do setor. Por isso buscamos uma alternativa que não só fortaleça esse momento de retomada, mas também impulsione as vendas neste ano. Foi assim que nasceu o ABAV Collab, que contará com a contribuição da Braztoa, Abracorp, Clia e tantas outras entidades. Juntos colocaremos o turismo no lugar de destaque merecido”, explica a presidente da ABAV.

A programação terá início no Dia Mundial do Turismo e trará dinâmicas virtuais com ênfase tecnológico e colaborativo, promovendo novos olhares sobre as formas de fazer o turismo por meio de capacitações, geração de negócios e relacionamento entre os players da cadeia turística. Assim, diversos recursos permitirão o diálogo entre os profissionais do turismo de todo o mundo, possibilitando a projeção das marcas em ampla escala.

O evento terá ainda uma versão virtual da Black Friday de Viagens, com vendas diretas ao público final através de agências de viagens associadas à ABAV.

“O ABAV Collab contará com capacitações, networking e muitos negócios por meio das dinâmicas inovadoras que um evento online viabiliza. Vamos, ainda, ampliar virtualmente o sucesso que foi a Black Friday de Viagens. Temos certeza de que o ABAV Collab marcará a virada do turismo esse ano”, concluiu Magda.

Leia mais
Turismo

Hotéis, pousadas, restaurantes e bares são alguns setores beneficiados com cursos gratuitos do Senac 

Os cursos beneficiarão o segmento de hotéis: um ganho muito grande para a hotelaria maranhense (foto arquivo)

 

A partir desta quarta-feira, 24, mais de 300 empresas maranhenses, além de sindicatos da área do comércio de bens, serviços e turismo e associações comerciais, receberão qualificação profissional gratuita em cursos do Senac. A instituição está ofertando 1.485 vagas em cursos gratuitos, no intuito de preparar as equipes de trabalho para o atual momento de reabertura gradual das atividades econômicas, capacitando os funcionários das empresas, com orientações técnicas e protocolos que possibilitem aos mesmos, a realização de tarefas com segurança e riscos mínimos, tanto para eles, quanto para os clientes.

Entre as empresas, serão beneficiadas com o atendimento do Senac, hotéis, pousadas, bares, restaurantes, lojas de calçados, home center’s, óticas, lojas de venda de veículos, supermercados, postos de combustíveis, lojas de móveis, dentre outras. Para o gerente geral do Rio Poty Hotel, Armando Ferreira, será um ganho muito grande para a hotelaria maranhense. “Nesse momento, em que o turismo foi o primeiro a ser atingido com a pandemia, e a retomada ainda é lenta, para nós é muito gratificante quando uma instituição como o Senac, com toda sua expertise em oferecer cursos de qualificação em seus mais de 70 anos de história, tem uma iniciativa como esta”, elogiou.

O gerente geral do Rio Poty Hotel, Armando Ferreira

“Esses cursos online vão trabalhar um dos pontos essenciais para a volta dos serviços de hotelaria, bares e restaurantes em qualquer lugar do mundo, esses protocolos e todo esse trabalho que o Senac vai fazer só vai ajudar a contribuir com a retomada do turismo, é um projeto que os associados da ABIH e SEHAMA com certeza vão aplaudir e receber de braços abertos”, completou.

Aulas remotas no Google Classroom

Os cursos variam entre 15h e 42h, e serão realizados por meio de aulas remotas utilizando a ferramenta Google Classroom para empresas de São Luís, Imperatriz, Caxias, Bacabal, Santa Inês, Balsas e Timon. Os funcionários das empresas já selecionadas poderão se qualificar nos cursos de “A arte de se comunicar e de vender mais”, “E-commerce: vendendo no comércio eletrônico”, “Estratégias de negociação para vendedor”, “Inteligência emocional e vendas”, “Ferramentas de marketing digital”, “Prospecção de clientes: identifique seus clientes potenciais”, “Boas Práticas para Serviços de Alimentação”, “Técnicas Básicas para Garçom”, e “Técnicas e Protocolos de Sanitização de Ambientes e Instalações em Meios de Hospedagem – protocolos pós-COVID19”.

Para a definição das empresas que serão atendidas, foram definidos como critérios a participação no Programa de Aprendizagem do Senac, filiação à Fecomércio/MA, participação no lançamento do Programa Senac Comércio, e associação à Câmara dos Dirigentes Lojistas e SINDILOJAS.

Leia mais
Turismo

Saiba tudo sobre o Sítio Maracanã e faça agendamento para visitas e eventos

Que tal depois de uma quarentena medonha como essa do novo coronavírus, um reencontro com uma lugar paradisíaco para reunir a família, ou amigos, com muita natureza, animais e, claro, muita paz? É essa a proposta do Sítio Maracanã que já está agendando reservas do seu privilegiado espaço para locação e eventos. Pois é, quem já está programando eventos para os próximos meses (Confraternizações, aniversários, eventos corporativos, casamentos, retiros, lazer e família, festas infantis, etc), já pode ligar para (98) 981120099, e fazer o agendamento.

O Sítio Maracanã é um espaço feito, com muito capricho, para locações privativas e exclusivas e quando locado não fica aberto ao público. Lá é permitida a entrada de bebidas e alimentos e a administração disponibiliza uma cozinha completa: geladeira, freezer, fogão, churrasqueiras, forno de barro, fogão a lenha, micro ondas e água potável.

Tem uma pista de caminhada de cross com mil metros e um campo society de grama natural. A casa principal possui duas suítes completas, cama casal, ar condicionado, chuveiro elétrico, sala, deck redário de madeira, móveis rústicos e uma bela e grande varanda com muita natureza em volta.

O espaço também é ideal para passeio escolar pedagógico, oferecendo uma experiência bem diferente do meio urbano. Lembrem-se que criança adora natureza e passear no campo é uma excelente ferramenta pedagógica de aprendizado. Aliás, as crianças ficam encantada com a diversidade que o espaço oferece de vegetação e animais, já que o universo da maioria delas hoje em dia é bem diferente. Tem galinhas, patos, gansos, marrecas, catraios e muito mais. Uma atração à parte, é a Casa da Árvore, uma verdadeira festa para a garotada.

O Passeio do Sítio é uma experiência marcante e inesquecível, conta o administrador Marcus Vinícius. “Nossos visitantes podem fazer piqueniques, levar os alimentos que quiserem, pegar frutas maduras no nosso pomar diretamente das árvores, com direito a mudas para plantar em casa, além de ter muita coisa legal para se divertir o dia todo nesse nosso lugar lindo, feito com muito amor e carinho”, observa, orgulhoso, o dono do espaço. Abaixo segue a tabela de preços:

(Fotos divulgação)

Leia mais
Turismo

MTur inclui o Observatório do Turismo do Maranhão na plataforma nacional

O secretário de Estado do Turismo, Catulé Júnior, comemorou a inclusão do Observatório do Turismo do Maranhão nas redes de informações do MTur (foto arquivo)

 

O Observatório do Turismo do Maranhão entrou para a lista formal de Observatórios da plataforma do Ministério do Turismo (MTur). A inclusão na plataforma nacional foi concretizada após a apresentação do novo portal do Observatório do Maranhão juntamente com a operacionalização das atividades e o conjunto de resultados obtidos pelo projeto.

A aprovação do projeto maranhense foi concretizada após um mês e meio de análise minuciosa da apresentação realizada pela equipe técnica coordenada pela Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur).

O secretário de Estado do Turismo, Catulé Júnior, destacou a importância da inclusão do Observatório do Turismo do Maranhão nas redes de informações do MTur para concretizar a seriedade e a publicidade das informações sobre as pesquisas realizadas pela equipe técnica e parceiros. “E com muita alegria e satisfação que acolhemos essa novidade e a decisão do Ministério do Turismo em dar a devida importância as pesquisas de demanda e oferta turística do nosso estado como fator essencial para traçar estratégias de gestão e para conhecer melhor as necessidades dos turistas do nosso país” frisou o secretário.

Novo portal do Observatório

Para consolidar as pesquisas sobre movimentações turísticas e informações sobre as avaliações de ofertas de serviços no segmento, a Setur-MA, lançou em abril deste ano, o portal do Observatório do Turismo do Maranhão que que pode ser acessado em https://observatorio.turismo.ma.gov.br. O site disponibiliza acesso à gráficos, perfis de visitantes e de segmentos ligados ao trade turísticos, arquivos disponíveis para downloads. Além de acesso a outras plataformas digitais, pesquisas de satisfação do turista, fluxo de passageiros, acompanhamento da oferta de atratividade dos polos turísticos, dos modais de transporte, da ocupação hoteleira, do artesanato, entre outros setores.

A supervisora de pesquisa do Observatório do Turismo, Hanna Coelho, enalteceu o trabalho dos parceiros como a Secretaria Municipal de Turismo de São Luís e diversas instituições de ensino para desenvolver as pesquisas e disponibilizar os boletins produzidos.

“Os últimos oito meses foram de intenso trabalho para ampliar os resultados obtidos pelo Observatório. A coordenação executiva criou em parceria com a SEATI o novo portal que possibilita aos visitantes o acesso direto a todos os boletins produzidos. As pesquisas acerca da demanda turística foram aperfeiçoadas e estudos de oferta consolidados. As parcerias já existentes foram fortalecidas e novas estão a caminho para que juntos, possamos ir ainda mais longe”, destacou Hanna Coelho.

Observatório do Turismo

O Observatório do Turismo do Maranhão é uma rede de dados e informações acerca do Turismo coordenado pela Secretaria de Estado do Turismo em parceria com diversas entidades como instituições de ensino, institutos de pesquisa, secretarias municipais e estaduais. Desde 2016 é um instrumento de planejamento e gestão disponibilizando informações e dados sistematizados, que possam contribuir com o desenvolvimento turístico do estado. O objetivo das pesquisas de demandas realizadas é levantar o perfil do turista que vêm conhecer o Estado. (Fonte ASCOM/SETUR-MA)

Leia mais
Turismo

No Dia do Turista, Catulé Junior (SETUR-MA) convida aos encantos do Maranhão

O Centro Histórico de São Luís, a cidade monumento de Alcântara e os Lençóis Maranhenses são umas dessas maravilhas (Fotos divulgação)

Dia 13 de junho é comemorado o dia do turista e para todos que amam viajar o Maranhão é o destino certo. O secretário de estado do turismo, Catulé Júnior, comenta sobre as belezas locais: “Belezas naturais e arquitetônicas, culinária típica diversificada e uma vasta riqueza cultura e histórica. Se você pretende conhecer um lugar com todas essas características e enorme potencial turístico, esse local é o Maranhão. Estávamos acumulando recordes de fluxo de turistas e no São João esperávamos uma movimentação financeira próxima a 80 milhões de reais. O período nos pede cautela mas em breve voltaremos com tudo!”

Considerado o segundo maior estado em extensão territorial da região Nordeste, o Maranhão também possui a segunda maior extensão litorânea do país, o que lhe configura uma grande diversidade de ecossistemas ricos, onde podem ser encontradas diversas paisagens naturais como manguezais, dunas com águas cristalinas, praias deslumbrantes e o maior delta em mar aberto do mundo.

As belezas naturais singulares ao Maranhão, porém, estão fechados para visitações por conta da pandemia do novo coronavirus, mas, assim que a crise sanitária passar, merecem ser admirados de perto.

Com uma vasta diversidade de atrativos e presentes nos quatro polos turísticos indutores do estado: São Luís, Lençóis Maranhenses, Delta das Américas e Chapada das Mesas, é comum surgirem algumas dúvidas sobre quais lugares conhecer.

PONTO DE PARTIDA

A capital São Luís é considerada o ponto de partida para quem pretende desvendar tanto as belezas naturais maranhenses como arquitetônicas, histórica e cultural. A ilha do amor, como é carinhosamente chamada, possui um acervo com mais de mil casarões coloniais, localizados na região do Centro Histórico, bastante visitado por turistas. Os imponentes casarões do século 18 com suas fachadas revestidas por azulejos portugueses trazidos da europa, possui o título de Patrimônio Mundial da Humanidade concedido pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e a Cultura (UNESCO), em 1997.  

Alguns desses casarões abrigam parte de um enorme e riquíssimo acervo cultural do estado, entre eles a Casa do Maranhão, Casa do Tambor de Crioula, Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, entre outros museus que abrigam exposições e um vasto conjunto histórico e cultural sobre lendas, azulejos, vestimentas de bumba-meu-boi, tambor de crioula, festas religiosas e outras danças típicas e utensílios representativos das principais manifestações culturais do Maranhão.

Além dessas casas de cultura, o turista pode incluir em seu roteiro a visitação ao Museu do Reggae Maranhão, primeiro museu temático de reggae fora da Jamaica e o segundo do mundo, onde pode ser encontrado um enorme acervo de relíquias como instrumentos, discos de vinil, roupas e várias fotos e registros históricos que lembram o ritmo jamaicano, distribuídos em cinco ambientes.

CENTRO HISTÓRICO

Outro local que merece uma visita é o Mercado das Tulhas, famoso mercado localizado no coração do Centro Histórico de São Luís, bastante tradicional pela comercialização de produtos genuinamente maranhenses ligados à gastronomia, incluindo comidas típicas, temperos, bebidas artesanais, tiquira, cachaças, licores, castanhas e doces. No entorno do mercado também são vendidos peças de artesanato e vestuário. Para quem deseja ter uma intensa experiência cultural, religiosa e contemplar também as belezas e ruínas arquitetônicas dos casarões coloniais, a cidade de Alcântara, distante 30 quilômetros da capital São Luís, é o destino ideal. Assim como São Luís, Alcântara possui um Centro Histórico com grandioso acervo arquitetônico de casarões coloniais. A cidade também é muito conhecida pelos Doces de Espécies e a tradicional Festa do Divino Espirito Santo, que acontece todos os anos no mês de abril e que dura 15 dias. O acesso à cidade de Alcântara também pode ser feito por meio do ferry-boat, saindo de São Luís até o porto de Cujupe, e percorrendo mais alguns quilômetros até chegar à cidade. Outra opção para chegar a Alcântara é por meio de barcos menores e catamarãs saindo do Cais da Praia Grande, no Centro de São Luís.

LENÇÓIS MARANHENSES

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é um verdadeiro paraíso dentro do Maranhão e um dos principais destinos turísticos do país. São 156,5 mil hectares de imensas dunas e lagoas de águas cristalinas com tonalidades verde e azul, formadas pelo acumulo de águas das chuvas. O parque integra a Rota das Emoções e tem como portal de entrada a cidade de Barreirinhas, distante 260 quilômetros de São Luís, onde o visitante pode desfrutar de um passeio de lancha com direito ao pôr do sol no Rio Preguiças. Quem for a Barreirinhas não pode deixar de incluir em seu roteiro de viagem uma visita a praia de Caburé e se divertir com os macacos-prego de Vassouras nos Pequenos Lençóis Maranhenses, além de subir os 160 degraus do Farol de Mandacaru e contemplar a belíssima vista da foz do Rio Preguiça. Próximo dali está o povoado de Atins, vilarejo de pescadores bastante aconchegante e rustico rodeada por praias, dunas e lagoas de águas cristalinas que se formam durante o período chuvoso. O charmoso vilarejo ganhou o apelido de Jericoacoara maranhense.   Santo Amaro, município localizado a sudoeste do parque nacional, conhecida como o “paraíso escondido dos Lençóis”, é um dos roteiros para quem quer visitar lagoas e desbravar a mata virgem da localidade.

PEDRA CAÍDA & RIO COCAIS

Caso o objetivo seja turismo de aventura e desbravar paisagens incríveis com atividades radicais como trakking e rapel, você deve incluir em seu roteiro de visitação ao Parque Nacional da Chapada das Mesas, localizada na região sul do Maranhão. Este santuário ecológico de 160 mil hectares traz incontáveis espetáculos naturais, onde as cachoeiras e suas piscinas naturais de água cristalina com temperaturas amenas, em meio aos imensos paredões rochosos, são as grandes responsáveis pelo encanto que envolve o Parque. A 35 Km de Carolina, fica o santuário ecológico de Pedra Caída, um complexo que possui uma variedade de quedas d’água, sendo que a principal delas despenca de uma altura de 46 metros. No sudoeste do Maranhão, a cidade de Riachão é sinônimo de aventura. Cheia de cachoeiras, rios, trilhas e canions, a região oferece oportunidade para todo mundo se exercitar e entrar num harmonioso e emocionante contato com a natureza. A reserva natural Cachoeira do Rio Cocal é uma propriedade privada cortada pelo Rio Cocais, onde se formam quatro cachoeiras: o Poço Azul, a de Santa Bárbara, a dos Namorados e a de Santa Paula. O Poço Azul é uma piscina natural de água cristalina e azulada que surpreende pela beleza. A poucos minutos de caminhada, fica outra preciosidade: a cachoeira de Santa Bárbara, que apresenta uma queda de cerca de 75 metros de altura. Na reserva, além das cachoeiras, há trilhas que acompanham o leito do Rio Cocais, em meio ao Cerrado Maranhense. Se você busca um desses lugares para visitar assim que essa pandemia passar, vale a pena dar uma chance para as belezas culturais do Maranhão e suas paisagens naturais incríveis. Vem conhecer um pouco mais sobre o que o estado tem de melhor para oferecer. O que não falta são opções incríveis e apaixonantes do nosso Maranhão de encantos. (Matéria publicada na edição deste fim de semana do Caderno Elite NM de O Imparcial)

Leia mais
Turismo

Setor de turismo pede urgência na prorrogação da suspensão do contrato de trabalho

A presidente da Abav nacional, Magda Nassar, na torcida para a aprovação da Medida Provisória 936 hoje no Senado (foto divulgação)

 

Vinte  entidades do setor de turismo enviaram ofício aos senadores, em especial, Senador Vanderlan Cardoso, relator da Medida Provisória 936 para que seja aprovada a medida ainda nessa quarta-feira. O turismo é o mais afetado pela crise e a prorrogação da MP 936 será fundamental para a manutenção dos empregos e sobrevivência do setor.
O Senado Federal deverá votar a medida nessa quarta-feira, 10/06.

Caso seja votada como está, o texto irá para sanção presidencial. Com isso, o Ministério da Economia poderá emitir decreto concedendo aumento de prazo ao setor do turismo por pelo menos 180 dias, uma vez que a retomada da atividade será lenta e depende de vários fatores como o retorno de malha aérea, o controle da pandemia e a confiança do consumidor para voltar a viajar.
Assinam conjuntamente o ofício as seguintes entidades: ABAV Nacional, Abeoc, ABIH, Abracorp, Adibra, Adit Brasil, Air Tkt, Abrape, Aviesp, Avirrp, Braztoa, BLTA, Clia, FBHA, Fohb, Resorts Brasil, Sindepat, Sindiprom, Ubrafe e Unedestinos.

Leia mais
Turismo

Campanha #viajepelobrasil estimula os brasileiros a conhecerem os destinos nacionais.

Movimento tem o objetivo de estimular e valorizar os destinos nacionais, bem como toda a cadeia produtiva do segmento na retomada do setor (Foto/Divulgação/Beach Park)

 

O turismo doméstico é tema de mais uma campanha para estimular a retomada do setor no país após o fim da pandemia do novo coronavírus. Coordenada pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), a hashtag “Viaje Pelo Brasil” tem o objetivo de estimular o turismo local e valorizar os destinos nacionais, bem como toda a cadeia produtiva do segmento.

A iniciativa conta com a parceria de todas as entidades do setor: Abav, Abear, Abeoc, Abeta, ABIH, Abla, Abracorp, Abrape, Abrasel, Adibra, AIRTKT, Aviesp, AVIRRP, BLTA, Braztoa, FBHA, Fenactur, FOHB, Foreventos, Resorts Brasil, Sindepat, Ubrafe, Unedestinos e do Movimento Supera Turismo Brasil.
Com um vídeo de cerca de um minuto, a campanha tenta despertar a vontade dos brasileiros em desbravar os atrativos locais, a pluralidade cultural do país, o sol e as praias, a gastronomia e todas as atrações que fazem do nosso país um dos celeiros turísticos.

No fim de maio, o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili, destacou as potencialidades turísticas do Brasil e como essa vocação será importante na recuperação do país após a pandemia do novo coronavírus.
Para o presidente do SINDEPAT, Murilo Paschoal, a ideia do vídeo é mostrar as diversas opções turísticas do país e que, mais do que nunca, estão de braços abertos para os brasileiros. “Nosso objetivo com a campanha é fazer com que, quando as pessoas se sintam seguras para viajar de novo, elas optem por viagens pelo seu país, pela sua região e que assim ajudem a impulsionar o turismo brasileiro e a economia nacional como um todo”, destacou.

Preparando para a normalidade

Iniciativas organizadas pelo Ministério do Turismo também miram a volta à normalidade. Neste sentido, o órgão desenvolve a campanha “Não cancele, remarque!”, que busca proporcionar a manutenção de pacotes e serviços contratados e garantir a preservação de empregos. A Pasta também lançou o selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”, primeira etapa de um programa que criará protocolos de segurança sanitária e de boas práticas para cada um dos segmentos do setor.
O selo integra o Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo MTur, que busca minimizar efeitos da Covid-19 e preparar o setor para um retorno gradual. O órgão já trabalha uma série de ações para o pós-pandemia, articuladas em conjunto com os setores público e privado. Além de preparar uma campanha de estímulo a viagens domésticas, o órgão pretende estruturar o turismo rodoviário, a partir da integração com outros modais de transporte, facilitando a realização de roteiros integrados por viajantes. (Fonte Ministério do Turismo)

Leia mais
Turismo

Setur-MA vai oferecer 4 cursos on-line e gratuitos para profissionais do turismo

Catulé Jr, secretário de Estado do Turismo no Maranhão: “Oferta de cursos faz parte das ações de continuidade ao Programa Mais Qualificação e Turismo” (foto divulgação)

 

Visando dar continuidade às ações de qualificação e capacitação profissional durante o período de isolamento social, a Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (SETUR-MA), ofertar gratuitamente quatro cursos livres na modalidade a distância (EAD).

As inscrições para os cursos de Boas Práticas para Manipulação de Alimentos, Estratégias de Atendimento no Turismo, Vendas Inteligentes para Artesãos, todos estes com carga horária de 20 horas, e Vendas Inteligentes para Bares e Restaurantes, carga horária de 16 horas, podem ser realizadas de 2 a 15 de junho, por meio do site www.maisqualificaturismoead.com.br no qual será direcionado para a página de inscrição, bastando escolher o curso de sua preferência e preencher a ficha de inscrição.

As aulas estão previstas para iniciarem no dia 20 deste mês, sendo ministradas com interação online entre alunos e instrutor através de fóruns, desafios e chat via plataforma, sem nenhum encontro presencial.

Para o secretário estadual de turismo, Catulé Júnior, a oferta de cursos faz parte das ações de continuidade ao Programa Mais Qualificação e Turismo, da Superintendência de Qualificação Profissional.

“Estamos planejando ações e dando continuidade à qualificação dos serviços e potencializando nossos produtos. Nós estruturamos a oferta desses cursos nesse momento de crise como forma também de adequar esses profissionais a essa nova realidade sanitária que se configura”, destacou o secretário.

Os cursos são voltados especificamente para artesãos, estudantes universitários, professores e profissionais do setor de alimentação público e privado, além do segmento turístico no estado e, serão divididos em quatro turmas de no máximo 50 alunos e aulas de um mês de duração com datas específicas que serão definidas logo no início das aulas.

Os conteúdos serão disponibilizados por meio da plataforma de aprendizagem Moodle, onde os alunos poderão acessar as videoaulas, slides em formato PDF e materiais de apoio como sites, blogs e indicações de vídeos.

A seleção dos candidatos deverá atender a critérios de acordo com o público alvo de cada curso. No final do curso, os alunos serão submetidos a uma avaliação e, logo após, poderão acessar por meio de um link o certificado digital de conclusão do curso.

Os cursos on-line, preparados pela equipe técnica da Setur para uma edição especial do “Mais Qualificação e Turismo EAD”, possuem uma proposta de metodologia flexível, que permite ao aluno a comodidade de estudar de onde estiver, a qualquer hora e por meio das mais variadas tecnologias. O aluno só poderá acessar a plataforma e os conteúdos do curso, após o processo de seleção, por meio de um cadastro de usuário e senha fornecidos pela equipe técnica da secretária.

O superintendente de Qualificação Profissional da Setur-MA, Fernando Campelo, explicou que a ação faz parte de uma alternativa encontrada pelo governo do estado como forma de suprir a necessidade de atualização e capacitação profissional no segmento turístico durante o período de isolamento social.

“A oferta desses quatros cursos faz parte de um esforço e preocupação do Governo do Maranhão em dar continuidade as ações de qualificação e capacitação desses profissionais de forma a se adequar a uma nova realidade que deveremos seguir pós pandemia”, explicou o superintendente.

Programa “Mais Qualificação e Turismo”

Os cursos oferecidos pelo programa “Mais Qualificação e Turismo” promovem a capacitação da cadeia produtiva do turismo, considerando a diversidade de cenários e demandas relacionadas aos Polos Turísticos do Maranhão.

Diante da conjuntura econômico-social atual do Brasil e do mundo, o programa tem como objetivo utilizar o ensino à distância como ferramenta para oportunizar e auxiliar estudantes, professores e profissionais do setor de alimentação, assim como do trade turístico local a minimizar os impactos gerados pela Covid-19 no estado.

VENDAS INTELIGENTE PARA ARTESÃOS:

Voltado exclusivamente para trabalhadores que produzem e comercializam artesanato, o curso irá possibilitar ao artesão direcionamentos inteligentes, criativos e inovadores para vender sua produção por canais diferenciados durante a pré-venda, venda e pós-venda. Estima-se que com essas ações, os artesãos possam obter uma visão mais estratégica e criativa para vender em tempos de crise.

VENDAS INTELIGENTE PARA BARES E RESTAURANTES:

Destinado para profissionais do setor de restauração (Bares, Restaurantes e Similares), o curso possibilitará aos donos destes estabelecimentos formas de vendas diferenciadas usando cardápios atrativos e entregas delivery com custo-benefício. Como resultado esperado, a possibilidade de uma maior geração de receitas a partir de novos formatos de vendas.

BOAS PRÁTICAS PARA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS:

Com foco em estudantes universitários, professores e profissionais do setor de alimentação, o curso irá alertar sobre os principais riscos de biossegurança alimentar, as boas práticas e como vender com credibilidade e segurança. Dessa forma, espera-se que esses estabelecimentos de alimentos e bebidas estejam preparados para vender com confiança em tempos de crise.

ESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO NO TURISMO:

Com o público alvo focado em profissionais do trade turístico, este curso irá possibilitar ao aluno conhecer os diversos canais oportunos para atendimento ao turista gerando manutenção no relacionamento e prestação de serviço, fazendo com que os estabelecimentos e profissionais do turismo aprendam novas formas de atendimento. (fonte Setur-MA)

Leia mais
Turismo

Em nota técnica, SENACON esclarece real responsabilidade solidária do agenciamento e seu direito à remuneração

Magda Nassar: “uma vitória para todo o setor de agenciamento que entra para a história da ABAV”. (Foto arquivo)

 

A Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional) comemora nesta quarta-feira mais uma grande vitória ao ter reconhecida pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública a proporcionalidade da responsabilidade solidária das agências de turismo, consoante ao valor da sua remuneração.

“Estamos trabalhando há semanas na elaboração deste documento  emitido pela SENACON, que esclarece todos os pontos cruciais para nossa subsistência, em complemento  às regulamentações da MP 948. Esta é uma vitória para todo o setor de agenciamento que entra para a história da ABAV, ao ter finalmente estabelecido e reconhecido o direito legal à remuneração pelo serviço que prestamos a consumidores e fornecedores, e à proporcionalidade quando da análise nossa responsabilidade. Um passo importante para o necessário ajuste de leis e paradigmas sobre o real papel do agenciamento pelo qual lutamos há anos”, comemora a presidente da ABAV Nacional, Magda Nassar,  que participou juntamente com dirigentes das demais entidades do setor de reuniões envolvendo os ministérios da Economia, do Turismo e da Justiça e Segurança Pública, por meio da SENACON.

A nota técnica estabelece o entendimento de que a remarcação ou o cancelamento dos serviços turísticos contratados não dependem de ação das agências de turismo,  mas sim da  efetiva prestadora do serviço turístico.

Ao agenciamento, portanto, cabe a obrigação de intermediação do pedido de remarcação e/ou cancelamento perante os efetivos prestadores dos serviços turísticos, não podendo ser responsabilizadas pelo não cumprimento ou não entrega dos serviços contratados.

Esclarece, ainda, que em caso de reembolso ao consumidor, a remuneração da agência de turismo é algo que se justifica de ser preservada em acordo com o consumidor.

Leia mais
Turismo

Guias de turismo irão mostrar atrativos do Maranhão em plataforma nacional de passeio virtual

Os principais destinos turísticos do Maranhão poderão ser vistos ao vivo em todo Brasil, só que, é claro, de casa, pela internet.  A tarefa de mostrar as belezas do estado ficará a cargo dos guias de turismo José Raimundo Silva e André Gutemberg, que também fizeram parte do programa City Tour de Encantos da Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur-MA).

Os guias maranhenses foram convidados para integrar uma equipe nacional de profissionais de turismo que vai oferecer passeios guiados na internet, por meio do site Turismo Virtual no Brasil. O primeiro a apresentar o passeio virtual no estado será José Raimundo que, nesta terça-feira, 19, realizará um tour pelas belezas da cidade balneária de São José de Ribamar.

No roteiro preparado pelo guia, o visitante conhecerá as praias, a cultura e a história da cidade que tem, como grande potencial, o turismo religioso no Maranhão.

Com o tour Caminhada Histórica, a apresentação da parte histórica de São Luís ficará sob a responsabilidade de André Gutemberg, que irá realizar um tour pelos principais pontos turísticos do Centro Histórico, iniciando do Palácio dos Leões indo até a Praia Grande.

“Além desse roteiro Caminhada Histórica, estou preparando outro chamado City Tour Ilha do Amor, onde irei abordar a parte moderna de São Luís”, revelou o guia André Gutemberg que, também, é presidente do Sindicato Estadual dos Guias de Turismo do Maranhão (Sindegtur).

Outros roteiros estão sendo pensados e definidos para serem lançados na plataforma futuramente. Entre eles, os voltados para parte cultural, como o tour “Capital Brasileira da Cultura: Bumba meu Reggae e Tambor”, onde serão mostradas as belezas culturais do bairro da Madre de Deus, Ceprama e Capela de São Pedro.

“Iremos criar um tour para falar dos museus como: Casa do Maranhão, Museu do Reggae e Casa do Tambor de Crioula, pois estas casas guardam muitos acervos da nossa cultura popular maranhense”, destacou André Gutemberg.   

Os passeios virtuais deverão seguir a proposta da plataforma, com o guiamento sendo realizado ao vivo por meio de uma videoconferência, onde o guia vai explicando ao público, de acordo com as imagens que surgem na tela, como vídeos, fotos e áudios, gravados pelos próprios guias.

Visibilidade nacional

O projeto tem o objetivo de estimular esta importante cadeia do setor turístico no país, um dos mais afetados pelo novo coronavírus, dar visibilidade nacional aos destinos visitados por meio do tour virtual, além de ser uma oportunidade de obtenção de renda para os guias e atrair visitantes aos estados logo após a pandemia de Covid-19.

O projeto é coordenado pelos guias de turismo carioca, Carlos Eduardo Bueno, o Kadu, e Marcos Antônio Duarte, o Marcão. A iniciativa tem ganhando adesão de guias de diferentes estados. Neste primeiro momento, a ideia é que apenas as capitais e suas áreas metropolitanas com atrativos turísticos participem do projeto e, logo após sua consolidação, estenda-se para as demais cidades turísticas no país.  

Para participar do tour virtual, o visitante deverá acessar o site do Turismo Virtual no Brasil (www.turismovirtualnobrasil.com.br), escolher o tour de sua preferência, com data e horário do passeio. Em seguida, será direcionado para o site de ingressos on-line Sympla, onde irá preencher um pequeno cadastro, com nome, e-mail e celular.
Um pouco antes do início do tour, o guia irá enviar o link para a sala virtual, onde acontecerá o passeio. 

Durante as apresentações, os visitantes poderão interagir por meio do chat enviando perguntas. De início, o serviço será gratuito, mas a ideia é que custe de R$ 10 a R$ 20 quando já estiver consolidado. (fotos Guia Viagens Brasil)

Leia mais
Turismo

Setur-MA promove live pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Conscientizar e alertar a população sobre formas de identificar e denunciar os casos suspeitos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes durante o período de isolamento social causado pelo novo coronavirus. Com esse objetivo, a Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur-MA) está promovendo ações em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, campanha que, nesta segunda-feira, 18, completa 20 anos de mobilização nacional.

Além de vídeo e postagens de cards informativos que serão divulgados por meio do instagram @seturmaranhao e do site institucional da secretaria, será realizada nesta terça-feira, 19, às 10h, uma live com a titular da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), Adriana Meirelles, que irá debater com o secretário estadual de turismo, Catulé Júnior, sobre as ações que estão sendo desenvolvidas, assim como, orientar a população sobre as diversas formas e diferenças de violência sexual infantil cometidas, entre elas: o abuso e a exploração sexual.

Para entender a diferença, o abuso se configura quando a criança ou o adolescente é submetido por um adulto à prática sexual e satisfação pessoal da pessoa mais velha. Por sua vez, a exploração sexual é quando a criança ou adolescente é utilizada em troca de alguma vantagem financeira ou não, caracterizando uma relação mercantil, como por exemplo, a exploração sexual no turismo, sendo este, foco central de atuação do Programa “Mais Infância, Mais Turismo” no Maranhão.

O secretário, Catulé Júnior, destacou a importância as ações do governo do estado no combate e na conscientização da população para perder o medo de denunciar e se engajarem na luta contra a violência sexual infantil.

“Apesar da grande maioria dos abusos serem praticados por conhecidos, o governo do estado tem como responsabilidade o combate a todas as formas e lugares dessas práticas abusivas com foco nos polos turísticos. Por isso, estamos com ações fortes para coibir esse crime e sabemos que uma das melhores medidas preventivas é levar informação tanto para os setores e instituições que trabalham com a temática como para nossas crianças”, frisou o secretário.

Recomendações

Diante do atual cenário de pandemia da Covid-19, a recomendação é redobrar à atenção em relação aos riscos e vulnerabilidade de casos de violência sexual familiar que as crianças e adolescentes estão sujeitos.

Alguns sinais que são considerados importantes e que podem ajudar a identificar possíveis casos de abuso e exploração sexual estão, muitas vezes, associados à sua mudança de comportamento repentino, distanciamento excessivo, isolamento e manchas decorrentes de agressões pelo corpo.

A coordenadora do programa “Mais Infância, Mais Turismo”, Wanda Bitencourt, enfatizou a importância de a sociedade civil continuar realizando as denúncias por meio do disque 100. “Diante da situação de isolamento social que estamos vivendo, resolvemos fazer alguns cards informativos que serão divulgados nas redes sociais para estimularmos a população continuar a fazer as denúncias de abusos sexuais”, destacou a técnica da Setur.

Como denunciar

Em caso de suspeita, o disque 100 é uma das ferramentas de denúncia anônima disponível, ou ainda, pelos telefones da DPCA-MA, nos números (98) 3214-8667 / 3214-8688. As denúncias podem ser também feitas aos Conselhos Tutelares de cada município.

Dados das ações do Mais Infância, Mais Turismo

Em 2019, por meio de palestras e seminários em escolas para estudantes do nível fundamental e médio, e blitz em bares, restaurantes, rodovia e meios de hospedagens, o Programa “Mais Infância, Mais Turismo”, sensibilizou mais de 5 mil crianças e adolescentes.

As ações ocorreram nos municípios de Caxias, Timon, Codó, Pedreiras, Imperatriz, Santo Amaro, Atins, Estreito, Tasso Fragoso e, na grande ilha de São Luís, com realização de blitz na Avenida Litorânea e no início da BR-135 até a região da Estiva.

Em 2020, somente nos três primeiros meses do ano, mais de 2 mil pessoas foram sensibilizadas, com ações de conscientização em Vargem Grande, Riachão e Carolina.

A última ação desenvolvida pelo “Mais Infância, Mais Turismo”, antes da pandemia de Covid-19, foi a realização de blitz durante o último dia de pré-carnaval na Avenida Beira–Mar. Na ocasião, servidores da Setur-MA realizaram abordagens informativas em toda extensão do circuito carnavalesco e nos estabelecimentos próximos, dialogando com funcionários, clientes dos estabelecimentos, vendedores ambulantes e foliões. Durante a abordagem foram entregues e colados materiais informativos como cartazes, adesivos e bottons em áreas de fácil visibilidade nos estabelecimentos visitados.

O Programa ‘Mais infância Mais turismo’ é um projeto do governo do estado do Maranhão que, através da Secretaria de Estado do Turismo (Setur-MA), tem o objetivo de desenvolver ações de enfrentamento e de sensibilização da população contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, com foco nos polos turísticos maranhenses.

Campanha 18 de maio

Instituído pela Lei Federal 9.970/00, o dia 18 de maio é uma data marcada pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Essa data foi escolhida porque, neste mesmo dia, no ano de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

A proposta anual da campanha é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

Leia mais