Fecha

SAÚDE

SAÚDE

Fiocruz deverá produzir 30 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 até fevereiro de 2021

Vacina desenvolvida na Inglaterra e que será produzida na Fiocruz está na fase 3 dos testes (Foto: Dado Ruvic/Reuters/10.04.2020)

 

O primeiro lote de vacinas contra o novo coronavírus produzido no Brasil estará pronto a partir de janeiro de 2021. A previsão é que os insumos, que serão enviados pela farmacêutica britânica AstraZeneca, cheguem ao país em dezembro e que, no mês seguinte, a Fiocruz já tenha 15 milhões de doses liberadas.

Mas isso não garante que o imunizante, desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford (Reino Unido), começará a ser aplicado imediatamente na população, já que este processo ainda depende da comprovação da eficácia da fórmula e da sua liberação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Levando em consideração que a gente vai começar a produção de 15 milhões (de doses) em dezembro, e considerando o tempo de controle de qualidade, a gente acredita que comece a liberar estas doses a partir de janeiro. E os outros 15 milhões que serão produzidos em janeiro, a partir de fevereiro. Obviamente que vai depender de a vacina estar registrada para que ela possa ser usadaafirmou o diretor do Instituto Bio-Manguinhos, da Fiocruz, Maurício Zuma, durante audiência realizada nesta quarta-feira (5) pela comissão da Câmara dos Deputados que acompanha as ações de combate à pandemia de Covid-19.

A vacina de Oxford está na fase 3 de testes, a última, e vem obtendo resultados promissores, já destacados, inclusive, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Voluntários brasileiros participam dos testes. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo de Medeiros, disse ser cedo para prever datas para a vacinação em massa, mas garantiu que, após haver a confirmação da eficácia, o governo federal consegue levar doses aos municípios mais afastados em 15 a 20 dias.

Leia matéria completa: https://extra.globo.com/noticias/coronavirus/fiocruz-devera-produzir-30-milhoes-de-doses-de-vacina-contra-covid-19-ate-fevereiro-de-2021-24570239.html

Leia mais
SAÚDE

Segundo a Veja São Luís tem a menor taxa de ocupação de UTI para novo coronavírus

Leitos de UTI em São Luís (Foto: Divulgação)

 

Reportagem publicada pelo site da revista Veja mostra que São Luís é a capital brasileira com menor taxa de ocupação de leitos de UTI reservados para pacientes com coronavírus.  A maioria das capitais tem taxa de ocupação acima de 70%. São Luís aparece com 22,51%.   

Os dados foram fornecidos pelas Secretarias de Estado da Saúde e compreendem tanto a rede pública quanto a privada.  “Apesar de alguns especialistas defenderam como ideal o percentual de 60% de ocupação, a faixa de 70% é aceita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como indicativo de que um lugar está apto a deixar gradualmente o isolamento social”, diz a reportagem.  Levando em conta apenas a rede estadual, a Ilha de São Luís tem taxa de ocupação de 46,05% nos leitos de UTI para casos de Covid-19.

Mais de 112 mil recuperados no Estado

Em todo o Maranhão, existem 112.059 pessoas recuperadas do coronavírus e 8.743 casos ativos – ou seja, pessoas que ainda estão com a doença. Esse último número vem caindo semana a semana. Levantamento nacional feito pela Folha de S.Paulo mostra que o Maranhão está na categoria de estados com queda no número de casos levando em conta a média dos últimos sete dias. Além do Maranhão, outros três Estados têm essa classificação. (Fonte Governo do Estado)

Leia mais
SAÚDE

Cruz Vermelha (MA) e SINCS lançam Cartão Assistencial em prol de ações sociais

O diretor geral do SINCS Plínio Tuzzolo, o presidente da Cruz Vermelha Maranhão Carlos Rangel e Paulo Braid, presidente Grupo Mercúrio firmam parceria humanitária com o novo Cartão Cruz Vermelha SINCS. (foto divulgação)

 

Em tempos de pandemia e com a saúde precisando ser priorizada mais que nunca, o novo cartão assistencial Cruz Vermelha SINCS / Sistema Integrado de Cuidados à Saúde é a melhor alternativa de qualidade para garantir o acesso à consultas e exames para aqueles que não podem pagar um plano de saúde e sonham em ter mais dignidade a rapidez nesses procedimentos quando mais precisam. Trata-se de um serviço feito sob medida para oferecer conforto, rapidez e segurança na hora de fazer consultas médicas e exames; a preços módicos mas com tecnologia de ponta e qualidade garantida.

Não se trata de um plano de saúde; mas sim de um produto inédito em seu formato e que chegou para revolucionar a vida de pessoas de baixa renda e também de empresas e entidades que desejam oferecer a seus colaboradores ou associados uma alternativa de benefício.

Pelo valor mensal de apenas R$30,00 é possível ter acesso a Consultas e Exames de Imagem e Laboratoriais; e descontos em Farmácias; Cursos; Academias e Procedimentos Estéticos e Odontológicos; além de outras vantagens como o benefício de seguro de acidente pessoal; auxílio-funeral e  sorteio de R$ 10.000,00 por mês.

Consulta imediata

Sem carência, o SINCS garante utilização imediata. Logo após a adesão, o usuário já pode se consultar imediatamente, bastando entrar em contato com as clínicas credenciadas da rede própria para agendar o procedimento sem precisar de autorização prévia.  E mais, o valor de adesão é único para todas as idades, sem diferença de preços.

Segundo o Diretor Comercial do SINCS Eudes Barros trata-se de uma oportunidade de prestar ajuda humanitária a quem mais precisa e ainda cuidar da sua própria saúde:  “Essa  é uma ação de solidariedade diferenciada; pois cada pessoa que comprar o cartão para ajudar nas ações da Cruz Vermelha irá também beneficiar-se com as diversas vantagens do cartão para si ou para os seus, pois cada cartão permite a inclusão de até 5 dependentes. As empresas podem comprar para seus colaboradores e mais, quem preferir trocar a mensalidade pelo pagamento anual ainda ganha uma consulta médica de bonificação extra”, disse ele.

E o melhor é que ao fazer a adesão do Cartão Cruz Vermelha SINCS cada usuário estará não apenas garantindo a sua saúde, mas também ajudando a salvar vidas. Parte da renda da venda dos cartões será doada aos projetos sociais da Cruz Vermelha Maranhão, para fomentar projetos humanitários que são ainda mais urgentes e necessários nessa pandemia da Covid-19 para amparar milhares de maranhenses em estado de vulnerabilidade social.

Adesão é fundamental

Para Plínio Valério Tuzzolo, Diretor Geral do SINCS essa parceria é acima de tudo uma ação de solidariedade e que deve ser abraçada por toda a sociedade:

“A parceria do Grupo Mercúrio com a Cruz Vermelha, através do SINCS, está também levando serviços de saúde a pessoas de diversos bairros da periferia e da zona rural de forma gratuita. Entre esses serviços estão a testagem de HIV-Sífilis-HCV-HBV; aferição de pressão arterial; consultas com psicólogos e nutricionistas e testes de glicemia realizados nas comunidades mais carentes. São ações de medicina preventiva que ajudam a detectar doenças silenciosas e a salvar vidas, e uma ação social que fazemos em um momento ainda mais delicado devido à pandemia”, explicou Plínio Tuzzolo.

Para a Cruz Vermelha essa parceria e a adesão de todos ao novo cartão são fundamentais para ampliar os serviços humanitários prestados pela instituição no Maranhão, conforme explica o Presidente da entidade no Maranhão, Carlos Rangel:

“Ficamos muito honrados pela parceria com o SINCS e convidamos a todos para aderir ao novo cartão Cruz Vermelha SINCS. É fundamental nesse momento de pandemia somarmos esforços para conseguirmos ajudar ainda mais pessoas necessitadas. Estamos confiando na solidariedade dos maranhenses para ampliarmos a nossa atuação assistencial entre os mais desamparados e vulneráveis”, declarou Carlos Rangel.

Leia mais
SAÚDE

Pfizer inicia novos testes e espera ter vacina contra Covid-19 em outubro

Cerca de 30 mil voluntários participarão do estudo global, sendo que mil deles serão recrutados no Brasil (Foto/Divulgação/iStock)

 

A farmacêutica Pfizer e a empresa de biotecnologia BioNTech anunciaram o início da segunda fase de testes clínicos da vacina BNT162b2 – mais uma candidata à método de imunização contra a Covid-19, na noite de segunda-feira, 27. As empresas informaram que pretendem registrar a vacina na agência de regulamentação norte-americana ainda em outubro deste ano, caso os resultados sejam positivos.

As empresas afirmaram que têm capacidade para produzir 100 milhões de doses do método de imunização até dezembro de 2020 e 1,3 bilhão até o final de 2021. A nova fase de testes faz parte de um estudo global que incluirá até 30 mil voluntários nos Estados Unidos e em outros países, como o Brasil, a Alemanha e a Argentina.

Há uma semana a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o início dos testes das vacinas desenvolvidas pela Pfizer e pela BioNTech no Brasil. Eles vão ocorrer em São Paulo e na Bahia, com mil voluntários ao todo.

As empresas têm duas candidatas à vacina, chamadas de BNT162b1 e BNT162b2. A segunda é considerada mais promissora. Elas são baseadas em ácido ribonucleico (RNA), que codifica um antígeno específico do vírus Sars-CoV-2. O RNA é traduzido pelo organismo humano em proteínas que irão induzir uma resposta imunológica no corpo. (FONTE BETHÂNIA NUNES/METRÓPOLES)

Leia mais
SAÚDE

Prefeitura de São Luís anuncia o nome da nova titular da Secretaria de Saúde (SEMUS)

Natália Ribeiro Mandarino com o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior. (foto arquivo)

 

A Prefeitura de São Luís informou nesta manhã que Natália Ribeiro Mandarino é a nova titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Natália Ribeiro Mandarino foi diretora do Hospital da Mulher de 2013 a 2017, quando saiu para assumir a secretaria-adjunta da Semus, cargo que ocupava até o momento.

Graduada em enfermagem, Natália Mandarino é Doutora em Ciências da Saúde (UFMA), Mestre em Saúde Materno Infantil (UFMA), entre outras pós-graduações e especializações.

Ela substitui Lula Fylho que foi afastado oficialmente do cargo na semana passada. (Fonte Prefeitura de São Luis)

Leia mais
SAÚDE

Cruz Vermelha (MA) e SINCS lançam Cartão Assistencial com parte da renda para ações sociais

Ação social da Cruz Vermelha / SINCS com oferta de exames e serviços médicos gratuitos no bairro do Cohatrac na sede da Clínica Dignus Saúde (fotos divulgação)

 

Em tempos de pandemia e com a saúde precisando ser priorizada mais que nunca, o novo cartão assistencial Cruz Vermelha SINCS / Sistema Integrado de Cuidados à Saúde é a melhor alternativa de qualidade para garantir o acesso à consultas e exames para aqueles que não podem pagar um plano de saúde e sonham em ter mais dignidade a rapidez nesses procedimentos quando mais precisam. Trata-se de um serviço feito sob medida para oferecer conforto, rapidez e segurança na hora de fazer consultas médicas e exames; a preços módicos mas com tecnologia de ponta e qualidade garantida.

E o melhor é que ao fazer a adesão do Cartão Cruz Vermelha SINCS cada usuário estará não apenas garantindo a sua saúde, mas também ajudando a salvar vidas. Parte da renda da venda dos cartões será doada aos projetos sociais da Cruz Vermelha Maranhão, para fomentar projetos humanitários que são ainda mais urgentes e necessários nessa pandemia da Covid-19 para amparar milhares de maranhenses em estado de vulnerabilidade social. Essas ações já estão sendo realizadas em diversas comunidades carentes, ajudando a salvar vidas com a detecção precoce de doenças silenciosas.

Para Plínio Valério Tuzzolo, diretor geral do SINCS essa parceria é acima de tudo uma ação de solidariedade e que deve ser abraçada por toda a sociedade:

“A parceria do Grupo Mercúrio com a Cruz Vermelha, através do SINCS, está também levando serviços de saúde a pessoas de diversos bairros da periferia e da zona rural de forma gratuita. Entre esses serviços estão a testagem de HIV-Sífilis-HCV-HBV; aferição de pressão arterial; consultas com psicólogos e nutricionistas e testes de glicemia realizados nas comunidades mais carentes. São ações de medicina preventiva que ajudam a detectar doenças silenciosas e a salvar vidas, e uma ação social que fazemos em um momento ainda mais delicado devido à pandemia”, explicou Plínio Tuzzolo

Produto inédito

Vale ressaltar que qualquer pessoa pode adquirir o novo cartão Cruz Vermelha SINCS. Não se trata de um plano de saúde; mas sim de um produto inédito em seu formato e que chegou para revolucionar a vida de pessoas de baixa renda e também de empresas e entidades que desejam oferecer a seus colaboradores ou associados uma alternativa com diversos benefícios em saúde e serviços.

Pelo valor mensal de apenas R$30,00 é possível ter acesso a Consultas e Exames de Imagem e Laboratoriais; além de descontos em Farmácias, Cursos, Academias e Procedimentos Estéticos e Odontológicos; além de outras vantagens como o benefício de seguro de acidente pessoal; auxílio-funeral e concorrer ao sorteio de R$ 10.000,00 por mês.

Sem carência, o SINCS garante utilização imediata. Logo após a adesão, o usuário já pode se consultar imediatamente, bastando entrar em contato com as clínicas credenciadas da rede própria (Rede Dignus Saúde) para agendar o procedimento sem precisar de autorização prévia.  E mais, o valor de adesão é único para todas as idades, sem diferença de preços.

O presidente da Cruz Vermelha Maranhão Carlos Rangel e o Dir. Comercial do SINCS Eudes Barro

Segundo o diretor comercial do SINCS Eudes Barros trata-se de uma oportunidade de prestar ajuda humanitária a quem mais precisa e ainda cuidar da sua própria saúde:  “Essa  é uma ação de solidariedade diferenciada; pois cada pessoa que comprar o cartão para ajudar nas ações da Cruz Vermelha irá também beneficiar-se com as diversas vantagens do cartão para si ou para os seus, pois cada cartão permite a inclusão de até 5 dependentes. As empresas podem comprar para seus colaboradores e mais, quem preferir trocar a mensalidade pelo pagamento anual ainda ganha uma consulta médica de bonificação extra”, disse ele.

Para a Cruz Vermelha essa parceria e a adesão de todos ao novo cartão são fundamentais para ampliar os serviços humanitários prestados pela instituição no Maranhão, conforme explica o presidente da entidade no Maranhão, Carlos Rangel:

“Ficamos muito honrados pela parceria com o SINCS e convidamos a todos para aderir ao novo cartão Cruz Vermelha SINCS. É fundamental nesse momento de pandemia somarmos esforços para conseguirmos ajudar ainda mais pessoas necessitadas. Estamos confiando na solidariedade dos maranhenses para ampliarmos a nossa atuação assistencial entre os mais desamparados e vulneráveis”, declarou Carlos Rangel.

Leia mais
SAÚDE

SuperClínica oferece Vídeo Consulta com mais de 20 especialidades médicas

A SuperClínica está oferecendo um novo serviço de Vídeo Consulta com mais de 180 médicos em mais de 20 especialidades médicas diferentes. Tudo pensando na sua tranquilidade e segurança, nestes tempos que deveremos evitar o máximo a exposição das formas de contágio do novo coronavírus.

Sem sair de casa, se você precisar de exames ou remédios, todos os pedidos e guias médicas são enviadas para o seu celular, e quando você for ter o seu retorno com o médico, a equipe da SuperClínica entra em contato e te ensina o passo a passo de como enviar os exames realizados para o médico avaliar durante a consulta de retorno. Simples e fácil como tudo deve ser nestes tempos!

Para agendar a Vídeo Consulta é bem tranquilo, você só precisa acessar o site, escolher a especialidade médica que precisa de consulta, escolher o melhor dia e horário para você, confirmar os seus dados e realizar o pagamento e o médico irá entrar em contato com você por uma vídeo chamada direto no seu celular na hora marcada!

A Vídeo Consulta permite que você cuida da sua saúde, pois assim você realiza  atendimento médico com profissionais especialistas de qualidade sem nem precisar sair de casa! Dá uma olhada no site deles: www.superclinica.com.br. (Foto divulgação)

Leia mais
SAÚDE

Exame de sorologia pós Covid 19 já pode ser realizado no Laboratório Lacmar  

A biomédica e gerente de Qualidade do Lacmar Vivianne Lopes (foto divulgação)

 

O Laboratório Lacmar que realiza diversos exames em São Luís e diversas cidades maranhenses, está realizando também aquele que é o principal exame recomendado para quem já teve a Covid-19, que é o exame de sorologia para SARS-CoV-2.

O principal objetivo do exame de sorologia é identificar a presença antígenos pertencentes a vários microrganismos e de anticorpos que são desenvolvidos como resposta à presença destes agentes infecciosos no sangue do paciente. Através desse procedimento é possível identificar doenças como a Sífilis, Dengue, Herpes, HIV, Toxoplasmose e várias outras. Para pacientes da Covid-19 o exame é recomendado para detectar se o organismo desenvolveu ou não anticorpos da doença.

A biomédica e gerente de Qualidade do Lacmar, Vivianne Lopes, lembra que é recomendado  fazer esse exame somente à partir do 10º dia de início dos sintomas e diante, podendo ser feito até mais de um mês depois. Esse exame é feito pela coleta de sangue e não precisa estar em jejum.

Leia mais
SAÚDE

Hoje é Dia do Chocolate: nutricionista do Grupo Mateus aponta 5 boas razões para você aproveitar sem culpa

Difícil encontrar alguém que não goste de chocolate. De tão popular no mundo todo, o doce conta com uma data mundialmente conhecida só pra ele: 7 de Julho é Dia Mundial do Chocolate. A data registra a introdução dessa delícia na Europa, ainda no século 15. Apesar do chocolate ser praticamente uma unanimidade, por muito tempo o alimento foi visto como um vilão para dietas de quem busca uma vida saudável. No entanto, assim como outros alimentos, se consumido com moderação, pode trazer benefícios à saúde, já que o cacau e seus derivados são importantes fontes de nutrientes.

Feito à base de cacau, esse alimento tão amado é servido em diferentes formas, cores e sabores. A árvore de cacau foi descoberta em florestas das Américas e estudos apontam que os primeiros a consumirem o alimento foram os povos Maias, no formato de bebidas.

Veja agora 5 motivos imperdíveis que vão fazer você se apaixonar ainda mais por chocolate. Confira!

1.Melhora a memória

De acordo com uma pesquisa, publicada no periódico Frontiers in Nutrition, verificou que os benefícios variaram de acordo com o perfil dos consumidores. Para os mais velhos, o consumo a longo prazo melhorou a atenção, raciocínio, memória de curto prazo e dicção. Os resultados foram mais significativos para idosos que já tinham prejuízos cognitivos ou que já começavam a apresentar perda de memória.

2.Paz & Amor

O chocolate libera endorfina e dopamina, substâncias químicas que ajudam na sensação de relaxamento e bem estar. Diversos estudos já mostraram que a ingestão de chocolate melhora o humor das pessoas e ajuda a combater até mesmo a depressão. Além disso, fornece energia para o corpo humano, melhorando a disposição para atividades diárias.  Não é à toa que 75% da população do país consome o produto, de acordo com levantamento da ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados).

3.Fluxo arterial e coração

Para surpresa dos pesquisadores, o chocolate é rico em flavonóides, um grupo fitoquímico, de vital importância para a saúde das pessoas. Essas substâncias auxiliam na diminuição do colesterol total e do colesterol LDL (conhecido como “ruim”). Além disso, são responsáveis por melhorar a pressão arterial e o fluxo do sangue, diminuindo riscos de doenças cardiovasculares.

4.Diminui sintomas da TPM nas mulheres 

Entre as pessoas que mais consomem chocolate no país, as mulheres lideram. Elas são responsáveis por 55,96%, enquanto os homens 44%, segundo o Target Group Index, estudo regular realizado pelo IBOPE Mídia. Mas, o alto consumo entre as mulheres tem sua justificativa. O chocolate estimula a liberação de serotonina e dopamina, neurotransmissores que costumam apresentar alterações durante o período pré-menstrual, provocando cansaço, ansiedade e tristeza. Ao consumir chocolate as mulheres sentem alívio, por isso os benefícios acabam estimulando o consumo do doce neste período de forma instintiva.

5.Quantidade recomendada

Não é porque o chocolate conta com diversos benefícios que deve ser consumido de qualquer forma. A nutricionista Katia Souza, do Grupo Mateus recomenda o chocolate, com moderação, para uma boa dieta. “O indicado é consumir o chocolate com a maior porcentagem de cacau possível, acima de 55% no mínimo. O amargo ou meio amargo, por exemplo. Os chocolates abaixo dessa porcentagem de cacau podem também ser consumidos, mas é preciso ter atenção com o açúcar em excesso”, alerta a nutricionista. Para garantir que todos os benefícios do chocolate sejam absorvidos pelo organismo, sem prejudicar a saúde, o ideal é consumir de 25g a 50g de chocolate por dia, dando preferência às opções com maior concentração de cacau. “Ou seja, uma barra de chocolate com 200g deve ser consumida, em média, em uma semana”, orienta a nutricionista do Grupo Mateus.

Onde encontrar?

Agora que você já conhece alguns motivos para consumir, com moderação essa delícia, aproveite para conhecer o setor de chocolateria das lojas do Grupo Mateus. Nas prateleiras você pode encontrar do chocolate em pó a deliciosos bombons de diferentes marcas. Já no Empório dos Spazios Mateus (Cohama, Calhau e Renascença), você tem a oportunidade fazer uma verdadeira viagem pelos mais diversos chocolates e marcas do mundo inteiro, com destaque para o chocolate de origem Suíça que conquistou o paladar dos brasileiros. Aproveite sem culpa!

Leia mais
SAÚDE

Caixa de Assistência dos Advogados (CAAMA) inicia campanha de vacinação no interior do estado

O presidente da CAAMA, Diego Sá: vacinação contra a gripe H1N1 realizada gratuitamente pela CAAMA (Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão) chega a segunda etapa. (foto divulgação)

 

Durante todo o mês de julho acontece a 2 ª Etapa da Campanha de Vacinação contra a H1N1 nas 17 subseções da OAB espalhadas pelo estado. Promovida pela Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão a campanha faz parte do calendário de ações preventivas que inclui ainda a doação de máscaras e totens de higienização.

Para atender os advogados e advogadas que atuam no interior do estado foi montada uma agenda com datas para cada município onde há uma representação da CAAMA. “Nosso objetivo é cuidar da saúde dos nossos colegas advogados e da sua família também. E entendemos que toda a população ganha com este trabalho. Quanto mais pessoas imunizadas, melhor para todos”, complementou Diego Sá, presidente da CAAMA.

A 2ª Etapa da Campanha de Vacinação começou pela capital, onde quase mil advogados foram vacinados entre os dias 3,4 e 5 de junho. O calendário de vacinação nas subseções começa pelas cidades de Santa Inês, Bacabal, Presidente Dutra, Barra do Corda e Grajaú. Basta apresentar a carteira da OAB e a documentação de até 3 dependentes (cônjuges e filhos) para a ter direito à vacinação gratuita.

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO NAS SUBSEÇÕES:

07/07 (TERÇA-FEIRA)

SANTA INÊS – 9h às 17h

BACABAL – 9h às 18h

COMARCA LAGO DA PEDRA – 9h às 12h

COMARCA VITORINO FREIRE – 14 às 17h

08/07 (QUARTA-FEIRA)

PRESIDENTE DUTRA – 9h às 17h

09/07 (QUINTA-FEIRA)

BARRA DO CORDA – 9h às 14h

GRAJAÚ – 14h às 19h

Leia mais
SAÚDE

Lanchonetes do Empório Fribal reabrem com segurança e novidades no cardápio

Lanchonetes da rede Fribal voltaram a funcionar com protocolo de medidas sanitárias e deliciosas novidades no cardápio (fotos/Divulgação Meireles Jr)

 

Uma boa notícia para quem curte um lanche saudável ou uma refeição de qualidade. As lanchonetes dos Empórios Fribal voltaram a funcionar, com muitas novidades no cardápio; com produtos frescos e a maioria feitos na hora.

Todo o menu e as novidades agora podem também ser conferidos de forma rápida e tecnológica, com o novo cardápio digital, que pode ser visualizado através do QR Code disponibilizado nas mesas; que é acessado com a câmera dos celulares.

O novo cardápio digital, que pode ser visualizado com o celular através do QR Code

Basta focar no código que aparecerá, dentro do celular as opções do menu. Para quem preferir o menu tradicional, o mesmo também estará disponível e será higienizado com álcool a 70% a cada utilização; e esse possui versões também em inglês e em braile.

Além dessas novidades, as lanchonetes nesse momento seguem os seguintes horários de funcionamento: De segunda a sábado, estão abertas das 07h às 20h. E aos domingos e feriados funcionam das 07h às 19h30.

E mais, foi adotado um rigoroso protocolo sanitário que oferece segurança e tranquilidade a todos. Entre as medidas estão um novo layout  do espaço, com mesas colocadas a uma distância de 2 metros; além de novos limites com mesas apenas para quatro ou duas pessoas apenas, visando evitar aglomerações. O uso obrigatório de máscaras por todos entre outras medidas já estão vigorando em todas as lanchonetes da rede Fribal.

Leia mais
SAÚDE

Planos odontológicos reduzem projeção de crescimento no segmento pós Covid-19

A previsão é de apenas 0,6% de crescimento entre o primeiro e segundo trimestre de 2020 (foto divulgação)

 

O SINOG, Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo, acaba de finalizar o estudo do mercado intitulado “Cenário Saúde”. De acordo com o levantamento, o segmento odontológico tem apresentado resultados positivos e um crescimento consistente desde 2013, apesar do cenário macroeconômico adverso que o país já enfrentava naquele período. Em março deste ano, quando a pandemia foi decretada no mundo, o número de beneficiários chegou a atingir a marca de 26 milhões – um aumento de 6,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A entidade – que representa 77,3% das operadoras de planos odontológicos nas modalidades de Odontologia e Medicina de Grupo do Brasil -, avalia que as perspectivas de crescimento do segmento serão afetadas pela chegada do episódio da Covid-19, ainda que em menor grau que os planos médico-hospitalares.

Para o segmento odontológico, a previsão é de apenas 0,6% de crescimento entre o primeiro e segundo trimestre de 2020, enquanto o segmento médico-hospitalar terá redução de 0,42%. Entre 2013 e 2019, o mercado de planos exclusivamente odontológicos cresceu anualmente, em média, 6%. Para o primeiro trimestre de 2021, a expectativa é de 1,5% de crescimento, a menor dos últimos seis anos.

Segundo Marcos Novais, superintendente-executivo do SINOG, desde 2014 o crescimento do mercado de planos odontológicos está amparado no desempenho dos planos coletivos empresarias. Ou seja, planos que são contratados pelas empresas como benefício aos seus colaboradores. Eles representam 76% de crescimento apenas neste tipo de contratação. O restante do crescimento de beneficiários é atribuído aos planos do tipo coletivo por adesão e individual familiar, 13% e 11% respectivamente.

Universo do estudo

O crescimento dos planos odontológicos está sustentado nos planos do tipo coletivo empresarial e coletivo por adesão. Os planos coletivos por adesão, ou seja, os contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos e sindicatos, foram os que apresentaram maior crescimento percentual quando comparado o primeiro trimestre de 2019 com o mesmo período de 2020, com aumento de 10,6% (acréscimo de 244 mil beneficiários). Os planos do tipo coletivo empresarial apresentaram crescimento de 7,5% neste mesmo período, o que corresponde a 1,3 milhão de indivíduos. Os planos do tipo individual/familiar apresentaram ligeira contração, com queda de 0,8%, o que reflete a saída de 53 mil beneficiários. 

Leia mais
SAÚDE

Dr. Maxweyd Freire volta as suas consultas na clínica TAU Medicina Integrativa

Com foco no tratamento da dor, cirurgia da coluna vertebral e neurocirurgia adulta e pediátrica, Dr. Maxweyd retoma suas atividades na clínica TAU Medicina Integrativa (foto divulgação)

 

O médico neurocirurgião Dr. Maxweyd Freire já está com a sua agenda aberta para consultas e procedimentos cirúrgicos na Ilha de São Luís, dando foco no tratamento da dor, cirurgia da coluna vertebral e neurocirurgia adulta e pediátrica, claro que tomando todas as medidas de segurança e proteção contra a Covid-19.

A sua mais nova casa para atendimentos é a clínica TAU Medicina Integrativa, na Rua das Araras, nº 14 Q13A , Ponta do Farol, sob o comando do renomado psiquiatra Gilberto Alves.

Dr. Maxweyd Freire é especialista em neurocirurgia adulta e pediátrica. Tem residência médica na Pontifícia Universidade Católica do Paraná e durante sua formação permaneceu em treinamento um ano (2017) no Hospital Pequeno Príncipe, referência em neurocirurgia pediátrica no Brasil.

É pós-graduando em cirurgia da coluna pela Universidade de Caxias do Sul (2019-2020). É membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e Membro da AOSpine (maior sociedade de cirurgiões de coluna do mundo).

Leia mais
SAÚDE

OAB Maranhão realiza testagem para Covid-19 neste fim de semana em São Luís

No sistema Drive-Thru, profissionais da área de saúde vão até o paciente realizar a testagem, respeitando todas as normas de segurança. (foto arquivo)

 

Como forma de proporcionar à advocacia maranhense um retorno às suas atividades jurídicas de forma segura já no próximo dia 1º de julho, a OAB Maranhão dará início neste sábado, 27, a partir das 8h, ao seu programa de testagem para Covid-19 das advogadas e advogados do estado. O programa segue ao longo de todo o domingo, 28/06 com dois pontos de testagem, um na sede da OAB Maranhão e outro no Espaço Reserva da Ilha, no Shopping da Ilha.

O Programa de Testagem Covid-19 da OAB/MA tem por objetivo atingir ao menos 30% da classe.  Para isso, a Seccional da Ordem adquiriu três mil testes rápidos da Covid-19 que serão disponibilizados pelo valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) para a advocacia maranhense, sendo gratuito para aqueles advogados e advogadas que não tiverem condições.

Para fazer a testagem gratuitamente basta que o profissional demonstre até às 12h desta sexta-feira, 26, que não pode pagar pelo teste. Para isso, a OAB Maranhão disponibilizou um cadastro prévio em seu site na sessão Covid-19.

“As instituições jurídicas estão se programando para voltar ao atendimento presencial da Advocacia, então, considerando que Organização Mundial de Saúde, demais entidade sanitárias e todos os países do mundo que bem enfrentaram o coronavírus já afirmaram que a melhor forma de combate à mortalidade causada por esse vírus é a ampla testagem da população, entendemos importante que, antes de avalizarmos que os advogados voltem às atividades presenciais, que façam suas testagem”, explicou o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz.

Diaz enfatiza ainda que essa foi mais uma forma que a OAB Maranhão encontrou para ajudar a advocacia a superar esse momento ímpar que todos estamos enfrentando. “Esse é o empenho total que a diretoria da OAB, seu Conselho Seccional, Conselheiros Federais, Presidentes de Subseções e de todas as nossas Comissões estão fazendo para ofertar mais essa arma de combate a esta grave pandemia, que a todos angustia”, afirmou.

O presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz

Do total de testes adquiridos, metade será disponibilizada para as advogadas e advogados de São Luís e a outra metade para a advocacia do interior, já com início dos trabalhos de testagem na capital, nos dias 27 e 28 de junho.

A OAB Maranhão disponibilizará também testes para 2 dependentes de cada profissional. Nesse caso, será cobrado o valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) por cada teste. Esse é o preço de custo do teste adquiro pela OAB. O valor arrecadado será revertido para a aquisição de novos testes para a advocacia.

O sistema adotado para o Programa de Testagem da Advocacia será por meio de Drive-Thru, modelo bastante utilizado para evitar aglomeração. As tendas serão montadas nos estacionamentos da sede da OAB e do Espaço Reserva, no Shopping da Ilha. As advogadas e advogados não precisarão descer dos veículos para fazer o teste da Covid-19. (Fonte OAB-MA)

O que são testes rápidos (IgM/IgG)?

Esse termo vem sendo usado popularmente para os testes imunocromatográficos. No caso dos testes rápidos para o novo coronavírus, são dispositivos de uso profissional, manuais, de fácil execução, que não necessitam de outros equipamentos de apoio, como os que são usados em laboratórios, e que conseguem dar resultados entre 10 e 30 minutos. Testes rápidos (IgM/IgG) podem auxiliar o mapeamento da população “imunizada” (que já teve o vírus ou foi exposta a ele), mas NÃO têm função de diagnóstico. Os testes rápidos registrados para a Covid-19 são de uso profissional e os seus resultados devem ser interpretados por um profissional de saúde legalmente habilitado e devidamente capacitado, conforme definido pelos conselhos profissionais da área da saúde e por políticas do Ministério da Saúde. Esses testes NÃO devem ser feitos por leigos (Fonte: Anvisa)

Leia mais
SAÚDE

Pharmapele oferece testes rápidos para diagnóstico de Covid-19 em até 20 minutos

Os exames estão sendo realizados exclusivamente na unidade Renascença e devem ser agendados previamente pelo site (foto divulgação)

 

Sempre em busca de oferecer o melhor aos seus clientes e consumidores, a Pharmapele São Luís incluiu um serviço extra no catálogo da unidade Renascença da rede: testes rápidos para Covid-19. Priorizando a segurança e comodidade de todos, os testes – exames de sorologia – são agendados on-line e realizados em sistema drive-thru, sem precisar sair do carro, de forma rápida, por farmacêuticos especializados, mantendo todos os cuidados exigidos. Os resultados são enviados em até 20 minutos e, para apontar confirmação ou não da suspeita de infecção, avalia a presença de anticorpos IgG e IgM.

Em um momento em que a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) continua em alerta no Maranhão, em especial na capital, a testagem da população é uma forma eficiente de detectar a doença de forma clara e, assim, propor quaisquer medidas relacionadas à prevenção e ao prognóstico da infecção, além de tomar as medidas necessárias para conter o contágio, como enfatizou a empresária Simone Menezes, que representa a Pharmapele no estado.

“Esse é mais um serviço essencial que a Pharmapele disponibiliza à população. Optamos por oferecer os testes na modalidade drive-thru e com agendamento on-line para que as pessoas se sintam ainda mais seguras e protegidas. Os profissionais que realizam os testes são altamente habilitados e preparados, seguindo minuciosamente os protocolos indicados. Em um momento tão sensível, acreditamos que esse cuidado seja fundamental para nos mantermos confiantes e seguros de que superaremos essa situação”, frisou a empresária.

Para realizar o teste de sorologia da Pharmapele, é preciso agendar horário pelo site testerapido.pharmapele.com.br e os resultados são enviados por e-mail e SMS em até 20 minutos após a conclusão do exame.

Como funciona o teste rápido da Pharmapele

Os testes sorológicos detectam a presença de imunoglobulinas das classes M (IgM) e G (IgG), produzidas pelo organismo em resposta à infecção pelo vírus. A IgM é a principal imunoglobulina a ser formada após a infecção, e começa a ser detectada entre os dias 3 e 5 pós-contágio, com pico de detecção após o sétimo dia. Com o decorrer da infecção, os níveis de IgM diminuem e, em contrapartida, os níveis de IgG aumentam rapidamente, com pico de detecção após o 14º dia de contágio.

Leia mais
SAÚDE

RaiaDrogasil realiza doação de R$ 500 mil ao Hospital Universitário da UFMA

Valter Dekaminavicius da Raia Drogasil e Joyce Santos Lages, superintendente do HU-UFMA (Foto/Divulgação)

 

A RD – RaiaDrogasil realizou nesta terça-feira, 23, o pagamento da doação R$ 500 mil para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O valor é referente ao fundo Todo Cuidado Conta, criado pela empresa para o combate à covid-19 no interior do País.

O valor de R$ 500 mil doado pela RD, que opera na cidade de São Luís com a marca Drogasil, será direcionado, entre outros itens, à compra de respiradores pulmonares mecânicos, máquinas de hemodiálise, filtros de osmose reversa portátil e oxímetros portáteis. O recurso será gerido pela Fundação Sousândrade, instituição de apoio à Universidade Federal do Maranhão, que teve uma importante participação para o êxito da parceria.

Na entrega da doação, Joyce Santos Lages, superintendente do HU-UFMA, apresentou a instituição ao regional da RaiaDrogasil Valter Dekaminavicius, juntamente com toda a equipe de gerentes das lojas de São Luís e destacou as ações do hospital para o enfrentamento da Covid 19. “Somos um complexo hospitalar composto por duas unidades hospitalares, nove unidades ambulatoriais e desenvolvemos um trabalho de referência na assistência de alta complexidade no nosso estado. Esse recurso colaborará de forma significativa para atender ainda mais a população do Maranhão que é tão carente de serviços na área da saúde.”

O reitor da UFMA, Natalino Salgado, agradeceu a parceria do grupo RaiaDrogasil. “Somos muito gratos a doação do grupo RD que chega em um momento de extrema necessidade, em que estamos lidando com um inimigo invisível e que tem abalado o mundo. Mas seguimos firmes no propósito de salvar vidas, prestando uma assistência de qualidade.”, ressaltou o reitor.

Todo cuidado conta

“O papel das farmácias na cadeia de saúde é essencial e se torna ainda mais fundamental nesse momento que estamos passando principalmente por ser a porta de entrada dos primeiros cuidados básicos. Além de auxiliar a cidade e região de São Luís no combate ao coronavírus, o fundo Todo Cuidado Conta também deixará um legado de saúde pós-pandemia, reforçando nossa missão de provedor de saúde local, tornando o cuidado primário mais acessível e disponível.”, destaca Marcílio Pousada, presidente da RaiaDrogasil.

O fundo Todo Cuidado Conta tem a consultoria técnica do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social – IDIS. A escolha dos hospitais e projetos beneficiados é feita por um comitê gestor do programa, que inclui conselheiros e executivos da RaiaDrogasil, profissionais do IDIS e especialistas independentes.

Sobre a Companhia

A RD – Gente, Saúde e Bem-estar foi formada em 2011 a partir da fusão entre a Droga Raia e a Drogasil, que combinam 196 anos de história no varejo farmacêutico brasileiro. Com o propósito de “Cuidar de perto da saúde e do bem-estar das pessoas em todos os momentos da vida”, a empresa possui 2.100 lojas em 23 Estados, sendo a maior.

Leia mais
SAÚDE

Lançado em SP teste sorológico mais rápido e eficaz para diagnóstico da Covid-19

Exame sorológico por Eletroquimioluminescência oferece alto grau de precisão, com 99,5% de especificidade (Foto divulgação)

 

Chega a São Paulo um novo teste mais eficaz e rápido para detectar as pessoas que tiveram contato com o novo coronavírus. O exame sorológico realizado por Eletroquimioluminescência é essencial para empresas que buscam identificar quem já está imune à Covid-19 no processo de retomada das atividades e ainda não estava disponível no estado. Trazido pelo Grupo Cura, um dos principais grupos de laboratórios de imagem e diagnóstico do país, o novo teste é o mais utilizado na Europa e nos EUA, por seu alto grau de confiabilidade (99,5% de especificidade) e ser 15% mais barato que os demais já oferecidos pelo mercado, como o RT-PCR e o Sorológico normal.

De acordo com o Grupo Cura, o exame de Sorologia Rápida – Anticorpos Totais IgM/IgG para COVID-19 – detecta anticorpos específicos para o SARS-CoV-2 por meio de método automatizado de alta performance e conta com resultado rápido, semelhante ao teste rápido. Segundo o CEO do CURA, Michel Sarkis, o laboratório está preparado para entregar os resultados em 6 horas e a expectativa é realizar 20 mil exames já nesse primeiro mês”, afirma.

O Grupo Cura ressalta que em virtude da alta especificidade com baixo risco de resultados falso-positivos, o teste tem sido amplamente utilizado no mundo e chega a cidade para auxiliar a testagem da população. “O exame deve ser feito em pacientes com sintomas da Covid-19, preferencialmente depois dos primeiros 7 a 14 dias do início dos sintomas e não é necessário um pedido médico para a realização”, destaca o médico Charlles Heldan Castro, responsável técnico pelo Cura.

Assim como os demais testes disponíveis, a coleta é realizada em estrutura de Drive Thru (coleta no carro) ou Walk Thru (coleta a pé), que seguem todos os cuidados de segurança para o atendimento aos pacientes. Há ainda a possibilidade de realização de exames no ambiente de empresas, para testagem dos colaboradores. O agendamento pode ser feito via canais de atendimento do CURA: telefone 3067-4707, e-mail agendamento@cura.com.br ou via WhatsApp 11 97135-2766 .

Sobre o CURA Imagem e Diagnóstico

Com expertise de atendimento humanizado, o CURA conta com mais de 1.350 profissionais qualificados que realizam, em média, 245 mil exames por mês em seus laboratórios e diversas unidades ambulatoriais e hospitalares. Ressonância magnética, tomografia computadorizada, medicina nuclear, ultrassonografia, análises clínicas, cardiologia, mastologia, saúde da mulher, biologia molecular e neurologia são as especialidades do CURA, que também conta com um centro de vacinação.

Leia mais
SAÚDE

Com apoio da Eneva, Governo do Maranhão entrega hospital de campanha em Pedreiras

A cerimônia contou com a presença de autoridades da SES, dos municípios do Médio Mearim, representantes da Eneva e entidades locais. (Crédito das fotos: Márcio Sampaio / Secretaria Estadual de Saúde)

 

A Secretaria Estadual de Sáude do Maranhão entregou nesta segunda-feira, 15, um hospital de campanha em Pedreiras para atender à população dos municípios do Médio Mearim no tratamento da Covid-19. A iniciativa contou com o apoio da Eneva, que está investindo R$ 1 milhão na compra de equipamentos hospitalares e de proteção individual (EPIs) para os profissionais de saúde. Estão sendo entregues 1.130 itens, como os 40 leitos que vão compor a unidade, monitores, autoclaves horizontal, cilindros de oxigênio, aspiradores cirurgicos portáteis, micronebulizador, desfibrilador, mobiliários em geral, entre outros.

Do total de itens doados pela Eneva, 700 estão sendo adquiridos com fornecedores do Maranhão e correspondem a metade do valor investido pela empresa (R$ 500 mil). “Além de apoiar o governo estadual no combate à pandemia da Covid-19, buscamos também priorizar os fornecedores locais, comprando o máximo possível de itens hospitalares no Maranhão. Somente buscamos em outras regiões o que não estava disponível no Estado, considerando a alta demanda do momento e a urgência de entrega”, explica o diretor de Operações do Complexo Parnaíba, Vilmar Carneiro.

Empresa destina R$ 1 milhão para a compra de leitos, equipamentos e EPIs

 

O diretor ressalta ainda que o momento é de unir forças e ajudar no que for possível para superar a situação “Precisamos nos unir aos governos e sociedade civil para combater esse vírus que nos assola. A Eneva não poderia deixar de ser solidária e responsável neste momento de urgência, principalmente com os nossos colaboradores e com as comunidades que estão próximas as nossas operações. Estamos redobrando os cuidados e a atenção para manter as operações essenciais de fornecimento de energia, sem descuidarmos do bem-estar das pessoas”, acrescenta.

Todos os itens hospitalares adquiridos pela Eneva serão usados pelo Estado em outras unidades de saúde quando o hospital de campanha for desmobilizado. O apoio ao governo estadual se soma as outras ações já realizadas pela empresa para ajudar as entidades públicas e comunidades no combate ao coronavírus.

Além das doações ao hospital de campanha em Pedreiras, a Eneva já entregou cinco respiradores ao Estado e também tem buscado ajudar os municípios do Médio Mearim e as comunidades locais. Até o momento, foram doadas 4.200 cestas de alimentos, que beneficiaram mais de mil famílias em vulnerabilidade social, e dois mil kits de higiene. E está sendo implementado o projeto Costurando para o Bem, que vai apoiar costureiras e artesãs dos municípios para produzir máscaras e jalecos.

 

Sobre a Eneva

Empresa integrada de energia, que une a atividade de exploração e produção de gás natural em terra à geração de energia. As operações da Eneva estão concentradas no Norte e Nordeste do país e contribuem para o aumento da segurança energética das regiões e para a modicidade tarifária. A companhia é responsável por 46% da capacidade instalada de geração térmica do subsistema Norte e 11% da capacidade instalada de geração a gás do país.   

Leia mais
SAÚDE

Classe empresarial divulga nota de apoio às medidas sanitárias adotadas pelo Estado

Secretário Simplício Araújo e representantes de entidades empresariais alertam sobre importância dos protocolos sanitários (Foto: Divulgação)

 

Após a publicação da Casa Civil que traz os protocolos sanitários elaborados pela Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), entidades de classe do estado lançaram uma nota pública em apoio às medidas sanitárias do Governo do Maranhão, fazendo um alerta à população, buscando o cumprimento das medidas de distanciamento social e protocolos de segurança sanitária.

Os protocolos sanitários visam prevenir o surgimento de novos casos do coronavírus (Covid-19) e foram elaborados após diálogos da Seinc com diversos segmentos e entidades representativas de classe, além das medidas terem sido submetidas a aprovação pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Um dos trechos da nota diz: “Se não houver o engajamento da sociedade na direção do cumprimento dessas medidas sanitárias, tão logo será observada a volta do crescimento de casos de Covid-19 na Ilha de São Luís e, consequentemente, a paralisação novamente dos setores comerciais, comprometendo, inclusive, o cronograma das próximas etapas”.

Outro trecho da nota, diz que “é preciso que todos estejam unidos pela proteção da vida, evitando novos casos de contaminação, inibindo a proliferação do vírus, impedindo as mortes de mais maranhenses, assim como prevenindo um caos econômico com o fechamento de empresas e demissão dos trabalhadores”.

A nota é assinada por quatro entidades que representam empresas do setor de comércio, são elas: Associação Comercial do Maranhão (ACM), Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA).

O secretário da Seinc, Simplício Araújo, que esteve à frente dos diálogos para a construção dos protocolos sanitários, explica que o apoio das entidades e o cumprimento das medidas por parte de empresários e da população serão um grande passo para que, com união, se possa vencer a guerra contra o vírus e manter a saúde das empresas e principalmente das pessoas.

“Estamos em um período transitório que ainda requer uma série de cuidados. O distanciamento social, uso de máscara e o cumprimento de forma efetiva dos protocolos sanitários são grandes armas na luta contra o coronavírus. Devemos lembrar que se voltarmos a fechar o comércio devido a alta no número de casos, teremos consequências ainda maiores economicamente”, explica Simplício Araújo.

Veja a nota na íntegra:

NOTA PÚBLICA SOBRE O CUMPRIMENTO DOS PROTOCOLOS SANITÁRIOS

Entidades empresariais – Associação Comercial do Maranhão (ACM), Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) – vêm a público convocar a população de São Luís para o cumprimento das medidas de distanciamento social e protocolos de segurança sanitária editados pela Portaria da Casa Civil do Maranhão.

De forma dialogada e colaborativa, o Governo do Estado e as entidades empresariais construíram uma série de medidas que possibilitam a retomada gradual e segura das atividades econômicas, garantindo a manutenção dos empregos e da renda dos ludovicenses a partir do retorno ao trabalho.

No entanto, se não houver o engajamento da sociedade na direção do cumprimento dessas medidas sanitárias, tão logo será observada a volta do crescimento de casos de COVID-19 na Ilha de São Luís e, consequentemente, a paralisação novamente dos setores comerciais, comprometendo, inclusive, o cronograma das próximas etapas.

Assim, torna-se fundamental que as pessoas cumpram o isolamento social, fiquem em casa, saiam somente para trabalhar ou quando for essencial, mantenham o distanciamento das outras pessoas, usem máscara durante todo o tempo, higienizem as mãos sempre que possível e observem as demais regras sanitárias.

É preciso que TODOS estejam unidos pela proteção da vida, evitando novos casos de contaminação, inibindo a proliferação do vírus, impedindo as mortes de mais maranhenses, assim como, prevenindo um caos econômico com o fechamento de empresas e demissão dos trabalhadores.

De sua parte, as entidades e empresas têm buscado cumprir as decisões acordadas, assegurando aos clientes e colaboradores as condições de trabalho e de acesso aos empreendimentos de forma segura e responsável, entendendo que neste processo há ações que cabem às instituições e empresas, como ao poder público.

Nesse sentido, ao mesmo tempo, as entidades empresariais reivindicam da Prefeitura de São Luís a implementação de políticas públicas que desfavoreçam as aglomerações no transporte coletivo da cidade, além da correta fiscalização preventiva dos espaços públicos que são utilizados por vendedores ambulantes sem a observância das regras e protocolos de saúde.

Vale destacar, ainda, que o Governo do Estado disponibiliza os Canais de WhatsApp (99162-8274 | 98356-0374 | 99970-0608) para que a sociedade também apoie a fiscalização e denuncie desrespeitos aos protocolos de segurança, seja no comércio, nas vias públicas, no transporte coletivo ou em áreas de lazer, como as praias.

Juntos, venceremos a COVID-19. Faça a sua parte! (Fonte Governo do Estado)

Leia mais
SAÚDE

Como será a seleção de voluntários para a vacina de Oxford no Brasil

Recrutamento de voluntários para testes com vacina de Oxford deve começar nos próximos dias (Crédito: Doble-d/istock)

 

O anúncio dos testes no Brasil com a vacina contra a Covid-19 desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, gerou muita expectativa. De fato é um avanço, pois o imunizante chegou em sua fase 3, a mais decisiva. Porém, a entrada nessa fase clínica não é garantia de nada porque é exatamente aqui que saberemos se vacina tem eficácia ou não.

No Brasil, a previsão é que dois mil voluntários sejam recrutados ainda neste mês. Metade dos candidatos será selecionada em São Paulo pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que deve abrir o processo de recontentamento nos próximos dias, e a outra metade, no Rio de Janeiro. Ainda não foi anunciada qual instituição ficará com essa função.

Perfil dos voluntários

Os participantes selecionados serão profissionais de saúde que atuam diariamente na linha de frente do combate à Covid-19, e também trabalhadores que atuam na limpeza ou recepção de hospitais, uma vez que essas pessoas estão mais expostas à contaminação. Além disso, os voluntários devem ter idades entre 18 e 55 anos e ser soronegativos, ou seja, que ainda não contraíram a doença.

Como serão os testes

Os selecionados serão divididos em grupos. Um deles receberá a vacina em questão e o outro, uma vacina controle. Ninguém saberá qual o tipo de vacina tomou. De acordo com a Dra. Lily Yin Weckx, investigadora principal do estudo e coordenadora do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), da Unifesp, essas pessoas serão acompanhadas durante um período de um ano para saber quem irá desenvolver a doença.

“Com isso, a gente pode ter uma avaliação muito precisa e isenta se a vacina vai funcionar ou não”, disse a pesquisadora em entrevista ao Jornal da Record. O estudo com essa vacina de Oxford está programado para durar um ano. Porém, como os dados estão sendo recolhidos o tempo, pode ser que no decorrer dos testes, os resultados se mostrem muito favoráveis e a vacina possa ser licenciada para uso emergencial antes disso, o que é possível em situações de pandemia.

O avanço de uma possível vacina, no entanto, não deve ser motivo para o relaxamento das medidas de prevenção e cuidado. Enquanto não existe garantia de nada, é necessário continuar respeitando do isolamento social, o uso de máscaras e lavar frequentemente as mãos com água e sabão. (Fonte Catracalivre.com.br)

Leia mais
SAÚDE

Taxa de letalidade maranhense pela Covid-19 está abaixo da média brasileira

Número de leitos deve chegar a 2 mil nas próximas semanas (foto divulgação)

 

Dados oficiais na última quinta-feira, 4, apontam a taxa de letalidade do Maranhão em 2,5%, um pouco mais da metade da taxa brasileira, que gira em torno de 5,5%. “Temos isso como meta permanente e atribuo ao fato de termos feito muitos investimentos em pouco tempo”, disse o governador Flávio Dino ao citar que inicialmente havia 232 leitos da rede estadual exclusivos para o coronavírus.

Atualmente, são 1.680 leitos estaduais exclusivos, número que deverá chegar a 2 mil leitos nas próximas semanas. O Governo do Estado completará 12 hospitais, inaugurados em 80 dias, com centenas de novos leitos.

Para o governador, o incremento largo, o significativo acesso à assistência à saúde e o esforço dos profissionais de saúde asseguram que a média maranhense permaneça abaixo da média nacional. “Desejo que consigamos manter esse controle e reduzir o máximo quanto possível a taxa de letalidade no nosso estado, no nosso país”, disse o governador do Maranhão.

Na última quinta-feira, 4, a taxa de ocupação de leitos clínicos, exclusivos para o coronavírus, da rede estadual, ficou em torno de 26% em São Luís. (Fonte Secom/Governo do Estado)

Leia mais