Fecha

INOVAÇÃO

INOVAÇÃO

Coleta seletiva de lixo e uso de energia solar são atrativos do condomínio que será lançado nesta quinta-feira

Condomínio Torre dos Holandeses da MRV no Olho Dágua apresenta diferenciais de sustentabilidade. (Divulgação)

 

Será lançado nessa quinta-feira, 14, no Rio Anil Shopping o primeiro imóvel de alto padrão da MRV em São Luís. O empreendimento também será o único no segmento “Minha Casa Vida” a ter uma localização nobre e privilegiada na capital maranhense, a 100m da Avenida dos Holandeses.

O condomínio Torre dos Holandeses faz parte da Linha Bio da MRV, que oferece um padrão mais alto de conforto e bem-estar.

É a linha intermediária ideal para quem quer realizar o sonho da casa própria em grande estilo e pagando pouco. Esse empreendimento conta com diferenciais importantes de sustentabilidade como coleta seletiva de lixo, bikes MRV à disposição para uso compartilhado dos moradores e uso de energia solar fotovoltaica para as áreas comuns. A construtora é a primeira do país a investir neste sistema de geração de energia para empreendimentos de sua categoria.

O condomínio Torres dos Holandeses terá opções de apartamentos de 1 e 2 quartos e está localizado na Rua Santo Inácio de Loiola no Olho D´Água, em uma área nobre e altamente valorizada; próxima a shopping centers; restaurantes; supermercados; academias; escolas e faculdades.

Os apartamentos contam com excelente padrão de acabamento; com janelas especiais de alumínio branco; piso laminado na sala e nos quartos; cozinhas com bancadas em pedra e cubas em aço inox; revestimento total de áreas molhadas; medição individualizada de água e duas tomadas USB por imóvel.

 

Leia mais
INOVAÇÃO

Oi lança novos serviços de telepresença para o mercado corporativo

Companhia passa a oferecer tecnologia que possibilita a realização de transmissão de evento com até mil participantes. (foto divulgação)

 

 

A Oi acaba de lançar dois novos serviços como solução de telepresença para o mercado corporativo: a Sala Virtual Avançada (Webex Event) e a Aplicação de Espaços Virtuais e Colaboração (Webex Teams).

Com o lançamento, médias e grandes empresas passam a dispor de uma tecnologia desenvolvida para realizar reuniões via terminais de vídeo com alta resolução e software hospedado em nuvem que permitem, como novidades, a realização de transmissão de evento com até mil participantes conectados por sala virtual; o uso de ferramenta de monitoramento de atenção e controle de áudio dos usuários; a troca de mensagens com colaboradores e pessoas externas à organização; o armazenamento de arquivos em espaços virtuais para consulta e colaboração de projetos, entre outras funcionalidades.

Com os avanços do Telepresença Oi, em parceria com a Cisco e a Dimension Data, a companhia amplia o seu portfólio e passa a oferecer um conjunto completo de soluções de videoconferência e colaboração. As equipes de trabalho agora podem tirar maior proveito das reuniões, seja para realizar chamadas de voz, de vídeo, trocar mensagens, rascunhar em quadro branco ou até mesmo criar integrações e bots que os auxiliem com alertas e ações a serem tomadas em conjunto, independentemente de estarem juntos ou separadas.

O serviço de telepresença da Oi é referência no mercado nacional e oferece integração entre videoconferência, telepresença e webconferência através de multidispositivos, na nuvem, garantindo redução de tempo na tomada de decisão dos executivos. A solução opera em mais de 100 clientes da Oi espalhados por todo o país com segurança criptografada em ambiente protegido, ideal para empresas que atuam com equipes afastadas geograficamente. Os ambientes virtuais podem ser acessados por salas de vídeo de alta resolução, notebooks, tablets ou smartphones ligados em rede privada ou internet.

 

Principais ganhos com o Telepresença da Oi:

 

– Proporciona economia de custos para as empresas, reduzindo despesas com viagens, hospedagem e transporte;

– Mobilidade para os funcionários participarem de reuniões de onde estiverem, aumentando a participação e a colaboração;

– Flexibilidade para ingressar em reuniões remotamente, a partir de qualquer dispositivo como: desktop, tablet ou smartphone;

– Funciona como plataforma de videoconferência, colaboração e ferramentas de trabalho como treinamentos.

Leia mais
INOVAÇÃO

Oi Futuro busca projetos inovadores para o Museu das Telecomunicações no Rio

O Museu das Telecomunicações, da Oi Futuro, seleciona projetos de games, aplicativos, instalações de realidade virtual ou outros dispositivos que transformem a visitação em uma experiência mais divertida e desafiadora. (fotos arquivo)

 

O Oi Futuro lança edital público para estimular a conexão entre museus e tecnologia, aproximando cultura, educação e entretenimento por meio da inovação e da criatividade.

O instituto quer atrair ideias originais de games, aplicativos e instalações de realidade virtual – ou de outros dispositivos – para tornar o Museu das Telecomunicações ainda mais interativo, inovador e – por que não – divertido.

Criadores e desenvolvedores de todo o país podem inscrever seus projetos no site do Oi Futuro (www.oifuturo.org.br) até 27 de novembro. As ideias selecionadas receberão apoio financeiro e técnico do Oi Futuro para serem desenvolvidas e implantadas.

A  seleção, pioneira no Brasil, ganhou o nome seleção de projetos de Ludificação, por ter como objetivo transformar a visitação ao museu em uma experiência mais lúdica e envolvente, apresentando o acervo de forma criativa e gerando links entre o conteúdo educativo e o dia a dia das pessoas.

Novas formas de interação com o público

A ideia é que o visitante possa redescobrir a coleção do Museu das Telecomunicações e sua riqueza histórica por meio da brincadeira, do jogo, da emoção e da conexão com elementos comuns da vida do próprio visitante.

“Com esse edital, o Oi Futuro quer impulsionar novas formas de interação entre as pessoas e a memória do nosso país, através da brincadeira e de referências pops. Acreditamos no poder do lúdico para potencializar a aprendizagem, a troca de conhecimentos e o engajamento entre o Museu e seu público. E isso vale não só para crianças, mas também para adultos, jovens, idosos, todas as faixas etárias”, explica Roberto Guimarães, gestor de Cultura do Oi Futuro.

“Queremos que toda visita ao Museu das Telecomunicações seja uma experiência prazerosa, surpreendente, divertida, gamificada, colocando o visitante no centro do processo e convidando novos públicos, todos os públicos”, completa.

Ideias selecionadas receberão apoio financeiro e técnico do Oi Futuro para serem desenvolvidas e implantada no Museu.
Sobre o Museu das Telecomunicações

Com 10 anos de história, o Museu das Telecomunicações já nasceu inovador, sendo pioneiro no uso de interatividade e tecnologia integradas à museologia no país. O museu fica dentro do Oi Futuro no Flamengo, no Rio, e recebe cerca de 180 mil visitantes por ano.

Com entrada gratuita, o espaço reúne passado, presente e futuro de forma arrojada em um mesmo ambiente e leva o visitante a uma viagem pela história da comunicação humana no Brasil e no mundo.

São 210m² que traduzem o conceito moderno de museu: o máximo de informação no mínimo de espaço. A ideia é integrar os variados objetos do acervo – como telefones, aparelhos de telex, cabines telefônicas – com vídeos, fotografias de época, textos e programas interativos, permitindo aos visitantes navegar por uma infinidade de janelas de conteúdos diversos.

Leia mais