Fecha

Educação

Educação

ISAN FGV promove webinar sobre “Compliance Trabalhista e o gerenciamento de risco na Covid-19”, nesta sexta, 19

A professora de MBA e pós graduação da FGV Rio e autora das obras Compliance Trabalhista e Lei Geral de Proteção de Dados com enfoque nas relações de trabalho-editora LTR, Selma Carloto (foto) é quem dá a continuidade a série de eventos on line do ISAN FGV nesta sexta-feira, 19.

Usando a plataforma síncrona, interativa, ao vivo em tempo real, a professora Selma Carloto, vai falar a partir das 19h, sobre o tema “Compliance Trabalhista e o gerenciamento de risco na Covid-19”.

Lembrando que  Compliance Trabalhista é uma cultura de adequação à norma por meio de ferramentas, é sinônimo de investimento, evitando passivos trabalhistas e dando sustentabilidade para a empresa e ao mesmo tempo tutelando o meio ambiente laboral.

A maioria dos trabalhadores se encontram no “home office”, mas a empresa deverá gerenciar riscos o tempo todo para garantir sua sustentabilidade após o momento emergencial. No webinar serão abordados: Gerenciamento de risco no home office, Covid-19 como doença ocupacional, Redução de jornada e salário, Suspensão contratual, Antecipação de férias individuais e coletivas, Banco de Horas e Antecipação de feriado. As inscrições podem ser feitas pelo link: https://lnkd.in/deE9jEQ.

Leia mais
Educação

Webinar do ISAN FGV traz hoje o Phd André Barcaui falando sobre “Agilidade nos Projetos e Negócios”

O ISAN FGV oferece hoje a noite, a partir das 19h,  mais um webinar dentro da sua programação que vem acontecendo na pandemia com diversos temas inéditos. Desta vez e  com transmissão ao vivo na Plataforma Síncrona Zoom, será debatido tema de “Agilidade nos Projetos e Negócios”, com o Phd André Barcaui (foto).

Segundo Cleide Reis do ISAN São Luís, esse webinar “objetiva fazer uma reflexão sobre o fenômeno denominado “agilidade” no âmbito da gestão de projetos e dos negócios. Uma perspectiva relativamente recente, mas que vem promovendo uma verdadeira revolução na gestão das organizações independentemente da sua origem, porte ou segmento”.

O palestrante Andre Barcaui é  pós-doutor em Administração, doutor em Administração, mestre em Sistemas de Gestão. Foi project office manager da Hewlett-Packard Consulting, responsável pela região LatinoAmericana, e gerente de programa e serviços na IBM. É membro-fundador do PMI Chapter Rio. Coordenador do MBA em Gerenciamento de Projetos da FGV. É também certificado Master Coach (BCI), CP3P (APMG), PMP, PMI-ACP e CDAP (PMI), Safe Agilist e Advanced Scrum Master (Scrum Alliance). Faça sua inscrição em: https://forms.gle/nvvJyXQUhLj6hALe8.

Leia mais
Educação

De volta as aulas, Dom Bosco adota plataformas tecnológicas associada a mentoria e suporte aos alunos

Alunos de todas as séries do Dom Bosco já retomara a rotina de estudos on line. (foto divulgação)

 

O futuro ainda parece incerto em meio ao cenário local de agravamento da pandemia do Covid19 no Maranhão, mas uma coisa todos os educadores são unânimes em afirmar: a educação não pode parar e é através dela que as pessoas poderão fazer a diferença no mundo.

Com a tecnologia como aliada o Colégio Dom Bosco acaba de retomar as aulas online após um mês de férias antecipadas. Agora os alunos de todas as séries recomeçaram os estudos, e já bem melhor adaptados a essa nova rotina de isolamento social e aulas remotas imposta pela pandemia.

A diretora pedagógica do Dom Bosco Raíssa Murad enfatiza que o desenvolvimento de crianças e jovens é contínuo, e todos podem aprender grandes lições, mesmo em uma situação tão adversa como essa:

“Cientificamente, sabemos que o cérebro das crianças é mais “plástico”, ou seja, todos os estímulos que dermos a elas nessa fase serão aprendidos de forma mais profunda e perene. Não temos a opção de “dar pausa” ao processo educacional. Por isso, nós, educadores, não podemos parar. Nesse momento as práticas pedagógicas não acontecem da mesma forma de antes. O que não quer dizer que seja melhor ou pior, apenas que têm que acontecer de forma diferente. É nas grandes dificuldades que surgem as grandes ideias e soluções. E no Dom Bosco nós já estávamos caminhando no sentido de re-significar o papel da escola bem antes dessa pandemia. Prestes a fazer 60 anos, fizemos uma reflexão sobre qual o nosso papel como instituição de ensino hoje”, disse ela.

Raíssa completa: “Nós havíamos percebido a necessidade de desenvolver em nossos alunos não apenas competências cognitivas, como também competências socioemocionais – que nesse momento estão sendo fundamentais: Visão Holística e Sistêmica; Cooperação e Trabalho em Times; Criatividade e Inovação; Foco no Resultado; Adaptabilidade e Resiliência; Bem-estar físico e mental; Sustentabilidade, Responsabilidade e Empatia. As metodologias ativas que adotamos (como sala de aula invertida e aprendizagem em pares) são importantes para a atual realidade educacional, pois colocam o aluno como agente ativo no processo de ensino-aprendizagem, potencializando sua autonomia. Essa “nova escola” na verdade já havia sido adotada no Dom Bosco bem antes da crise, e agora tudo isso faz ainda mais sentidorevela.

O gestor educacional Igor Melo e a diretora pedagógica do Colégio Dom Bosco Raíssa Murad.

 

Antes de retomar as aulas todo o corpo docente, mentoras, assistentes e equipe de gestão da escola participaram da tradicional “Semana Pedagógica DB”, evento que acontece anualmente, e que agora foi virtual mas igualmente relevante. Além de dar as boas-vindas aos professores e à equipe pedagógica, o encontro teve como objetivo central a formação e desenvolvimento de todos nas novas ferramentas e plataformas para ensino remoto, além de dar um suporte no que tange à saúde mental da equipe:

“A programação contou com a participação de Lourdes Atié, renomada socióloga e educadora, que falou sobre a importância da escola e do professor nesse momento de pandemia e no pós pandemia, além de temas como saúde mental da equipe e integração da escola, família e aluno no processo de ensino remoto. Após a conversa com os professores, os mesmos foram divididos por segmento e tiveram treinamentos sobre a plataforma Zoom e suas funcionalidades. No dia seguinte a equipe, também dividida em grupos, focou no planejamento e adequação dos planos de aula para o novo modelo educacional” revela Igor Melo, gestor educacional do Dom Bosco.

Os docentes do Dom Bosco estão sendo reciclados constantemente nas mais modernas metodologias e tecnologias de ensino on line.
Leia mais
Educação

ISAN FGV promove webinar sobre “Desafios de gestão e gerenciamento de custos no ambiente econômico atual”

André Luis Fernandes Limeira é coordenador acadêmico e professor de MBA na Fundação Getulio Vargas. (foto divulgação)

 

O ISAN FGV promove um evento no próximo dia 21, às 19h, com tema “Desafios de gestão e gerenciamento de custos no ambiente econômico atual”, por meio de transmissão ao vivo pela plataforma síncrona do Zoom.

O webinar será com a participação do coordenador executivo da FGV Rio, André Limeira Doutor em Administração.

Na ocasião será abordada os principais indicadores e ferramentas gerenciais aplicáveis ao processo decisório, como também a importância do gerenciamento de custos como base fundamental para maximização de resultados, mensuração do capital de giro e precificação.

Saiba mais sobre o palestrante

André Limeira é doutor em Administração, mestre em Contabilidade e Bacharel em Ciências Contábeis. Coordenador Acadêmico Executivo e professor do IDE/FGV do MBA em Gestão Empresarial e do MBA em Gestão Financeira: Controladoria e Auditoria. Autor e co-autor de seis livros pela Editora FGV e Editora Laços. Autor de artigos publicados em revistas científicas.

Leia mais
Educação

Seduc, ONG Laboratório de Educação e Eneva disponibilizam conteúdo educacional para famílias de crianças das escolas públicas do Maranhão

Secretário de Educação, Felipe Camarão: vídeos, áudios e peças gráficas serão distribuídos pela Rádio Timbira, TV Assembleia e redes sociais da Seduc a partir desta segunda-feira (Divulgação)

 

A suspensão das aulas escolares, por conta da quarentena imposta pela pandemia do Covid-19, tem levado Secretarias de Educação, escolas e professores a buscar soluções para manter algum vínculo das crianças com a rotina escolar e, consequentemente, o aprendizado. Diante dessa realidade, a Secretaria Estadual de Educação do Maranhão (Seduc) fechou parceria com a ONG Laboratório de Educação, que desenvolve com a Eneva o Projeto Aprender dentro e fora da escola, para produzir conteúdo educacional voltado às famílias de crianças das escolas de Educação Infantil do Estado durante a quarentena.  A ideia é aproveitar o tempo em que as crianças estão em casa para potencializar dimensões do desenvolvimento infantil que poderão trazer ganhos cognitivos, afetivos e de sociabilidade.

A partir da próxima segunda-feira, 11, até o dia 17 de julho (10 semanas) serão disponibilizados pela Rádio Timbira, TV Assembleia e redes sociais da Seduc (Facebook, Instagram e Youtube) uma série de vídeos, áudios e peças gráficas que têm como objetivo transformar os momentos cotidianos em casa em espaços de interação e aprendizagem.

“Os conteúdos dirigidos às famílias buscam a promoção de atividades interacionais e lúdicas. Acreditamos que ações do dia a dia são extremamente ricas e podem ser fontes de inúmeros aprendizados para as crianças. Além de fortalecer o vínculo familiar, situações corriqueiras como a hora do banho ou das refeições podem ser oportunidades para favorecer o desenvolvimento dos pequenos”, explica a presidente do Laboratório de Educação, Beatriz Cardoso. 

Parceria importante neste momento excepcional

O secretário de Educação, Felipe Camarão, considera a iniciativa como “mais uma parceria importante que chega para nos ajudar a atravessar esse momento excepcional que estamos vivendo. Nossa equipe segue empenhada trabalhando e buscando formas para mitigar os impactos na vida de milhares de estudantes que estão fora das salas de aulas, nesse momento. Contar o apoio e expertise desses parceiros só fortalece nossa atuação”. 

A ONG Laboratório de Educação e a Eneva já desenvolvem o Projeto Aprender com as Secretarias de Educação dos municípios produtores de gás natural do Maranhão (Santo Antônio dos Lopes, Trizidela do Vale, Lima Campos, Pedreiras e Capinzal do Norte).

O programa capacita os profissionais de educação infantil das escolas municipais, com ênfase no desenvolvimento da linguagem, e busca fortalecer o aprendizado das crianças dentro e fora da escola, tornando a aprendizagem significativa para cada uma.

“Com a quarentena, as atividades presenciais do Projeto Aprender estão suspensas, mas surgiu a oportunidade de continuar o trabalho de forma adaptada e contribuir com a Seduc neste momento tão excepcional. Estamos felizes em ajudar por meio do trabalho desenvolvido pelo nosso parceiro, o Laboratório de Educação”, ressalta o diretor de Serviços Corporativos da Eneva, Luís Vasconcelos. 

O Laboratório de Educação tem um know-how acumulado que pôde ser colocado a serviço das aprendizagens “fora da escola”. “Conseguimos uma solução extremamente produtiva para equacionar os impedimentos próprios deste momento e dar sequência ao Projeto Aprender em outras bases temporárias. Assim que for possível, retomaremos o trabalho presencial nos municípios que começamos no início deste ano”, finaliza Beatriz Cardoso.

Leia mais
Educação

UFMA antecipa colação de grau de mais 17 médicos por meio de videoconfência

Devido a pandemia do novo coronavírus as tradicionais formalidades da formatura estão sendo dispensadas na área médica.(foto arquivo)

 

Na tarde desta segunda-feira, 20, 17 alunos do curso de Medicina do Câmpus São Luís receberam grau por meio de videoconferência presidida pela coordenadora do curso, Adriana Lima Reis Costa. A solenidade totalizou 103 alunos formados nos cursos de Medicina dos câmpus de Imperatriz, Pinheiro e São Luís da Universidade Federal do Maranhão.

A cerimônia está de acordo com a Medida Provisória Nº 934, de 1º de abril de 2020, publicada no Diário Oficial da União e a Resolução nº 1980 – Consepe do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFMA, que autorizam, excepcionalmente, a antecipação da colação de grau de discentes que estejam no último período dos cursos de Medicina, Farmácia e Enfermagem, no âmbito da Universidade. Além de estabelecer critérios para a cerimônia em caráter especial, durante o período estabelecido no art. 9º da Portaria nº 190/2020 – MR.

Durante o discurso da outorga de grau, a coordenadora enfatizou que a trajetória acadêmica marca muito a vida dos acadêmicos, pela rotina de estudos e atividades letivas desempenhadas. “No decorrer desses seis anos de graduação, vocês puderam observar diversas fragilidades humanas, assim como vários percalços no sistema de saúde brasileiro. Contudo vocês, agora médicos, podem respeitar as diferenças e ouvir o que o próximo tem a dizer, e isso se dá pelo processo de amadurecimento vivenciado na Universidade”, discursou.

A docente ainda destacou que os recém-graduados devem ser cautelosos e prudentes no exercício da profissão. “Não tenham medo de encarar essa etapa que inicia em suas vidas e que reafirmem o compromisso assumido no juramento do ofício. O papel de vocês é essencial em meio à fragilidade que a sociedade está passando atualmente, em meio a essa pandemia. E não se esqueçam de cultivar o respeito com todos os que os cercam, pacientes, familiares e profissionais de saúde”, finalizou.

Leia mais
Educação

Projeto “Aula Destaque” promove palestras de executivos renomados para universitários

As aulas do economista Ricardo Amorim e do médico Jairo Bouer já estão disponíveis (fotos divulgação)

 

A partir deste mês, estudantes dos cursos de Ensino Superior da Kroton terão acesso ao Aula Destaque, projeto que reúne vídeo aulas exclusivas comandadas por executivos de grandes empresas, nacionais e multinacionais, como Amazon, Carrefour, Ericsson, entre outros. Os conteúdos podem ser acessados pelos estudantes das modalidades presencial e à distância da Faculdade Pitágoras, em São Luís, por meio do Ambiente Virtual dos Alunos (AVA).

“A iniciativa permitirá que os estudantes tenham acesso a conteúdos exclusivos produzidos por um seleto time de 27 líderes de diversas áreas em todo o país. São materiais ricos, aulas completas com cerca de 1h20, nos quais os líderes expõem suas experiências e temas relevantes totalmente em consonância com o apresentado em sala de aula”, comenta Camilla Veiga, diretora de produção de conteúdo e impacto social da Cogna.

Todo o conteúdo será gravado e disponibilizado no AVA e poderá ser acessado a qualquer momento. Os primeiros vídeos são focados em temas relevantes para alunos dos cursos de Direito, Saúde e Gestão.

Para a diretora de produção de conteúdo e impacto social da Cogna, a iniciativa auxiliará os alunos a potencializarem as suas escolhas de carreira, proporcionando contato com referências de diversas áreas. “Buscamos sempre por inciativas que somem e que tragam qualificação profissional ao nosso público, além de proporcionar mais conhecimento com grandes nomes do mercado”, conclui.

Algumas aulas que já estão disponíveis:

Aula Destaque com Ricardo Amorim

O influenciador e economista mais influente do Brasil comenta em sua aula sobre os desafios e os benefícios de preparar um Planejamento Estratégicohttps://bit.ly/2QRhXSz

Aula Destaque com Jairo Bouer

O médico Jairo Bouer trata dos efeitos que a tecnologia causa no cérebro, bloqueando o sono https://bit.ly/2wyWmHX

Outros professores que participarão da iniciativa:

 

  • Caio Rosenthal, médico infectologista;
  • Fernando Gomes, neurocirurgião, neurocientista e comunicador brasileiro;
  • Marcelo Schulman, CEO da VitaDerm e ISIC (Instituto Schulman de Investigação Científica);
  • João Paulo Batistella, COO de Inovação da Ericsson;
  • Daniel Milagres, gerente de Marca do Grupo Carrefour Brasil;
  • Alexandre Caldini, escritor;
  • Paulo Cunha, Diretor de Setor Público da Amazon Web Services;
  • José Roberto Mussnich, diretor presidente/ CEO do Atacadão (Carrefour);
  • Mirella Marchi, gerente de comunicação e relacionamento da Nissin Foods do Brasil;
  • Alexandre Cantanella, diretor de negócios digitais do Carrefour Brasil.
Faculdade Pitágoras

Fundada em 2000, a Faculdade Pitágoras já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e ensino técnico, presenciais ou a distância. Presente em diversos Estados, a Faculdade Pitágoras presta serviços gratuitos à população, por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Faculdade Pitágoras oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. A Faculdade Pitágoras nasceu herdando a tradição e o ensino de qualidade oferecido pelo Colégio Pitágoras, fundado em 1966, que também deu origem ao grupo Kroton. Para mais informações, acesse: www.faculdadepitagoras.com.br.

Sobre a Kroton

A Kroton, que faz parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira e uma das principais organizações educacionais do mundo, atende ao mercado B2C do Ensino Superior, levando educação de qualidade em larga escala. Presente em mais de 900 municípios em todo Brasil, a companhia conta com 176 unidades próprias, 1.410 polos de ensino a distância e 846 mil estudantes, sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar. Transformar a vida das pessoas por meio da educação, formando cidadãos e preparando profissionais para o mercado, é a missão da instituição, que trabalha para continuar concretizando sonhos em todos os cantos do país.

Leia mais
Educação

UFMA concede grau a formandos de medicina por meio de videconferência

Pela primeira vez na história da Universidade Federal do Maranhão, foi realizada, nesta sexta-feira, 3, a outorga de grau por meio de videoconferência. A solenidade virtual reuniu 65 estudantes de Medicina dos câmpus de Imperatriz (22), Pinheiro (33) e São Luís (10), que receberam o grau referente ao primeiro semestre de 2020.

A cerimônia atende ao que determina a Medida Provisória Nº 934, de 1º de abril de 2020, publicada no Diário Oficial da União, que estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020.

Com base na MP, a Universidade Federal do Maranhão publicou a Resolução nº 1979 – Consepe, que autoriza, excepcionalmente, a antecipação da Colação de Grau de discentes que estejam no último período dos cursos de Medicina, Farmácia e Enfermagem, no âmbito da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em virtude da situação decorrente do Coronavírus (SARS-COV-2).

Segundo a resolução, caberá a cada coordenação de curso providenciar a lista de discentes aptos para antecipação de que trata essa Resolução a ser encaminhada, por meio de processo, ao Gabinete da Reitoria para homologação com a respectiva documentação comprobatória da situação acadêmica.

O reitor Natalino Salgado conduziu a solenidade, por meio da videoconferência, agradeceu a presença dos estudantes, dos familiares, dos coordenadores do curso nos câmpus e da pró-reitora de ensino, Isabel Ibarra.

“Diante das normas da Universidade, o momento é totalmente atípico. Este momento, que hoje culmina com a colação de grau, se dá em função da necessidade de nós termos profissionais que se colocarão à disposição da assistência médica do país coordenada pelos gestores da saúde pública, para que enfrentemos uma diversidade mundial do coronavírus. A maioria dos estados tem decretado calamidade de saúde pública, e há uma ampla mobilização, visto que estamos no início do pico dessa doença no Maranhão e sabemos que o desfecho deve ser muito desfavorável para a nossa população”, afirmou o reitor, sentindo-se orgulhoso pelo momento e com a sensação de dever cumprido ao entregar profissionais que fortalecerão o sistema de assistência hospitalar do estado.

Leia mais
Educação

Advogado maranhense pede a anulação do Edital do ENEM 2020

O advogado maranhense, Sérgio Melo (foto), ajuizou no começo da tarde de ontem ação popular no Ministério da Educação e do INEP, pleiteando a anulação do Edital n. 27 de 30 de março de 2020, que institui as regras de realização do ENEM deste ano. 

Segundo o advogado, o Edital, “além de impertinente, encontra-se eivado de inconstitucionalidade, porquanto determina aplicação do ENEM “digital” (computador e mouse) para uns, e ENEM “tradicional” (papel e caneta) para outros, sem estabelecer critérios claros e plausíveis. Isto é, uns vão realizar a prova em meio físico e outros por meio digital”. 

Acrescenta ainda, que “a regra edilícia reverbera a inaceitável e repugnante discriminação das pessoas portadoras de deficiente, pois veda a estes o acesso a modalidade virtual de realização da prova. Dado que, nos termos do edital, a versão digital do ENEM 2020 não contará com ferramentas de acessibilidade. De modo a violar profundamente o direito à igualdade, como também o direito à educação, no que tange o acesso à universidade pública”. 

O maranhense também destaca na petição inicial que “a simples promulgação do Edital e a consequente realização do ENEM, nesse momento, sob essas condições em que estamos todos vivendo, implica privilegiar os pouquíssimos estudantes que estão tendo acesso a conteúdo por meio digital, em detrimento da esmagadora maioria que está totalmente impossibilitado de ter acesso à preparação efetiva e adequada para o certame; e também poderá agravar a crise sanitária, visto que, sob o justo pretexto de buscar a melhor preparação possível, os estudantes vão voltar as ruas e cursinhos, mesmo que de forma clandestina, movidos pelo sonho da aprovação”. 

O processo foi distribuído à 5º Vara Cível da Justiça Federal, sob n. 1017216-46.2020.4.01.3700, e está a espera de resposta da Justiça.

Leia mais
Educação

UNDB e Colégio Dom Bosco serão pioneiros em “Aprendizagem adaptativa”

Para Dale Johnson, “é preciso mudar a escola e tornar o ensino bem mais significativo do que é hoje, tanto para os alunos, como para os professores, assim como para a sociedade civil organizada”. (fotos divulgação)

 

Para a maioria das escolas que usam metodologias tradicionais, uma aula de ciência sobre vírus e vacinação, seria feita de forma expositiva, com alunos ouvindo uma palestra de um professor que usaria slides ou vídeos para apresentar teses e fórmulas.

Eles anotariam algumas questões, e ao final da exposição, poderiam fazer alguma pergunta se tivessem dúvidas. Depois, iriam estudar de forma passiva esse conteúdo em casa, com livros ou apostilas, e algum tempo depois, fariam uma prova escrita sobre a matéria; quando então o professor através das notas, poderia avaliar quem de fato assimilou mais esse conteúdo. Mas até quando lembrariam disso, meses ou anos depois?

Para esclarecer essa questão e muitas outras esteve em São Luís o professor norte -americano Dale Johnson, gestor do programa de aprendizagem adaptativa da Universidade Estadual do Arizona (ASU). Ele veio apresentar para uma turma de docentes do Grupo Do Bosco os avanços e vantagens da metodologia de “Aprendizagem Adaptativa”; que já é adotada com sucesso pela ASU desde o ano de 2011, e que agora está sendo disseminada por ele através de parcerias institucionais como essa com o Grupo Dom Bosco.

Docentes do Grupo Do Bosco em São Luís com o professor norte -americano Dale Johnson (no centro), gestor do programa de aprendizagem adaptativa da Universidade Estadual do Arizona (ASU)

 

Ele apresentou um outro modelo de ensinar o mesmo conteúdo de forma muito mais efetiva, na qual os alunos são protagonistas da aprendizagem e a constroem juntamente com o professor, em tempo real, e de forma interativa. São as chamadas aulas com metodologias ativas, que levam os alunos a pensar, criar e desenvolver soluções para os problemas apresentados. É essa a linha já adotada pelo Colégio Dom Bosco há cerca de dois anos, quando a escola se reposicionou, passando a adotar o modelo de Escola Exponencial; fruto de muita pesquisa das melhores práticas mundiais de educação.

E esse modelo está sendo implementado cada vez mais pelas instituições UNDB Centro Universitário e Colégio Dom Bosco, que não param de investir em pesquisas, intercâmbios e parcerias internacionais para ampliar suas ações em prol da adoção de novas técnicas de ensino-aprendizagem.

Leia mais
Educação

Câmara de Vereadores aprova benefício para alunos e professores de São Luís

Boa notícia para os professores e alunos da rede municipal de São Luís: a Câmara Municipal, por meio de iniciativa do presidente Osmar Filho (foto) aprovou o uso das sobras de 2019 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para rateio entre os profissionais da educação do Município e investimentos que serão feitos na infraestrutura de escolas da capital maranhense.

Segundo Osmar Filho, a iniciativa visa valorizar a educação de São Luís. “A  gente tem plena convicção que, no momento em que se utiliza parte do recurso para potencializar benefícios para os servidores e a outra parte serve para investirmos na infraestrutura da educação, estamos contribuído para se ter na cidade uma educação de qualidade”, ressaltou o presidente da Câmara Municipal.

Leia mais
Educação

Feira de Intercâmbio da Via Mundo chega a 8ª edição neste sábado

Que tal tirar todas as dúvidas diretamente com os representantes das universidades, colleges, escolas de idioma e high schools sobre a vivência de uma experiência internacional? Pois é, fácil, fácil.

É só passar na 8ª Feira de Intercâmbio da Via Mundo, que acontece neste sábado, 7, das 14h às 20h no Golden Shopping, Calhau. Serão 15 palestras oriundas do Canadá, Irlanda, Inglaterra, África do Sul e Suíça sobre programas de intercâmbio e profissionalizantes, sorteio de bolsas de estudo, presença dos monitores do famoso acampamento do NR e muito entretenimento com a presença da equipe do “Te Orienta” e da seleção de basquete do Sampaio Correa.

A atividade, que já reuniu cerca de vinte mil pessoas ao longo de sete anos, colocou São Luís como referência Norte/Nordeste em receber alunos estrangeiros e enviar brasileiros para o exterior.

A abertura da 8ª Feira de Intercâmbio da Via Mundo começa com a mesa-redonda sobre “Internacionalização do Ensino Público”, às 13h no Golden Shopping. A Via Mundo juntamente com o Governo do Estado e parceiras estrangeiras tem mandando profissionais e estudantes tanto da graduação quanto do 2º grau, oriundos do ensino público para o exterior.

São programas com a coordenação da Via Mundo: Cidadão do Mundo com quase 300 acadêmicos vivenciando a experiência internacional, o IEMA pelo Mundo com quase 100 alunos contemplados.

“Buscar informações sobre como acessar esses programas e como se planejar para a vivência do intercâmbio é o primeiro passo e a feira é uma grande oportunidade que conecta essas pessoas”, ressaltou Antonio Bacelar Júnior, coordenador Norte/Nordeste Belta (Associação Brasileira das Agências de Intercâmbio) e diretor da Via Mundo.

Leia mais
Educação

Dom Bosco e UNDB recebem treinamento sobre “Aprendizagem Adaptativa”

Isabella Rodrigues Caracas, o prof. Dale Johnson (ASU/EUA), a reitora da UNDB profa. dra. Ceres Murad, a consultora e criadora do ENEM profa. dra. Maria Inês Finni e Rebeca Murad. (FOTO/DANIELLE VIEIRA)

 

O professor norte -americano Dale Johnson, gestor do programa de aprendizagem adaptativa da Universidade Estadual do Arizona (ASU), esteve em São Luís ministrando um treinamento exclusivo para docentes da UNDB Centro Universitário e do Colégio Dom Bosco.

Os docentes maranhenses do Grupo Dom Bosco conhecerem em primeira mão a revolucionária metodologia adotada desde o ano de 2011 pela Universidade do Arizona, que tem elevado o nível de sucesso dos alunos no processo de aprendizagem em geral; além de permitir ao professor o completo domínio de avaliação do desenvolvimento dos alunos durante todo o processo de aprendizagem e não apenas na hora da prova formal.

 Nesse programa, a grande vantagem é proporcionar aos alunos o real desenvolvimento das chamadas habilidades do Século XXI: Comunicação, Colaboração, Criatividade e Pensamento Crítico associadas aos conteúdos das disciplinas formais, e tendo um resultado final com sucesso potencializado em todos os níveis.

Essa linha da aprendizagem adaptativa vem completar a moderna proposta pedagógica que já é adotada, tanto pela UNDB quanto pelo Colégio Dom Bosco, com o uso de metodologias ativas e estudo de casos / papers adaptado da Universidade Harvard.

Leia mais
Educação

Colégio Dom Bosco vai receber o prêmio internacional “IF Design Awards 2020”

As diretoras do Colégio Dom Bosco, Raíssa Murad, Isabella Caracas, Elizabeth Rodrigues,  Ceres e Rebeca Murad que estão vibrando com a conquista do prêmio internacional “IF Design Awards 2020”. (foto divulgação)

 

Pela primeira vez uma marca maranhense atinge tamanho destaque mundial, vencendo o renomado prêmio IF Design Awards 2020, na categoria Comunicação. Esse feito acaba de ser conquistado pelo Colégio Dom Bosco através do escritório FutureBrand, responsável pela concepção da nova marca do Dom Bosco, grande premiada desse certame que vem a ser um dos mais importantes do design mundial e acontece anualmente desde 1953.

A premiação acontecerá na sede da Cidade do Design na Unesco em Berlim, no próximo dia quatro de maio, seguida de celebração no legendário  Palácio de Friedrichstadt.

De parabéns os atuais diretores do Colégio Dom Bosco Raíssa Murad, Isabella Caracas, Evandro Rodrigues Costa e Rebeca Murad, os grandes responsáveis pelas inovações vivenciadas pela escola desde o ano de 2018, quando completou 60 anos e celebrou a nova marca.

Da campanha de comemoração à adoção de metodologias ativas, culminando com a inauguração da nova sede da escola, com arquitetura inteligente e sustentável, onde cada espaço é um ambiente ativo que convida à experimentação e promove a aprendizagem.

Vale destacar que a nova logomarca premiada possui várias versões para o nome da escola com diferentes símbolos da letra O, cada qual representando uma área de estudo (Exatas, Humanas, Tecnológicas, Biológicas, Artes e Inovação) que compõem a proposta de educação por múltiplas competências e com foco em resultados, compromisso com a comunidade e com o mundo, além de habilidades de vida.

Leia mais
Educação

Eneva e Seduc levam “Projeto Aprender” a cinco municípios maranhenses

Representantes da Eneva e da ONG Laboratório de Educação (foto acima) se reuniram nesta segunda-feira, 13, com profissionais da Secretaria de Estado de Educação e demais gestores da pasta nos municípios de Santo Antônio dos Lopes, Trizidela do Vale, Lima Campos, Pedreiras e Capinzal do Norte, produtores de gás natural, para apresentar uma série de ações que serão desenvolvidas na rede pública de ensino desses municípios.

A iniciativa faz parte do Projeto Aprender, que foi apresentado pela Eneva à Seduc e aos municípios no ano passado e que busca capacitar os profissionais de educação infantil das escolas municipais, com ênfase na alfabetização na idade certa. O objetivo é fortalecer o aprendizado das crianças dentro e fora da escola, tornando a aprendizagem significativa para elas.

O Projeto Aprender será desenvolvido ao longo deste ano e contará com o apoio dos profissionais de educação dos municípios.

Leia mais
Educação

Projeto de impacto social da Faculdade ISL Wyden capacita 70 mulheres em São Luís

A empresária Lou Marques e as três vencedoras desta edição do Wonder Woman, Val, Cristina e Thadia, exibindo orgulhosas os seus certificados de conclusão de curso de iniciação em empreendedorismo. (fotos divulgação)

 

A educadora Lou Marques comandou a terceira etapa do projeto Wonder Woman no espaço Black Swan na Cohama, premiando empreendedoras da comunidade, que participaram de cursos de especialização gratuitos ofertados na Faculdade ISL Wyden.

O projeto de impacto social organizada pela Faculdade ISL Wyden, é fruto de uma parceria com a AME (Associação de Mulheres Empreendedoras do Maranhão) e com o Instituto de Cidadania Empresarial,  que oferece às mulheres da comunidade, cursos de especialização com o objetivo de capacitá-las a otimizar seu negócio, e com isso valorizar o empoderamento feminino, deixando-as inclusive, menos vulneráveis à violência doméstica.

Na terceira etapa do projeto social Wonder Woman 70 mulheres da comunidade foram capacitadas

Este ano, o projeto vencedor do primeiro lugar foi o “ Bonecos inclusivos”, de Thadia Diniz,  Thadia é técnica em enfermagem e trabalha no setor de pediatria.

Ela percebeu no seu dia a dia de trabalho, que as crianças da pediatria precisavam se sentir representadas em suas diferenças. Observou que os hospitais recebem muitas doações de brinquedos, mas sempre são brinquedos dentro dos padrões, sem inclusão alguma. Então Thadia resolveu confeccionar brinquedos em feltro, que trouxessem as características que as crianças da pediatria apresentavam.  Em segundo lugar ficou o projeto Veg &Tal Culinária Vegana, de Fernanda Cristina. E a terceira colocada foi Valdelena Alves, com o projeto Val Artes Produtos Artesanais.

 

Leia mais
Educação

É nessa quarta-feira a inauguração do Dom Bosco Exponencial

Os alunos agora estarão mais sintonizados com as melhores práticas mundiais de metodologias ativas.  (fotos divulgação)

 

Acontece nessa quarta-feira, 27, às 19h, o coquetel de inauguração da nova sede do Colégio Dom Bosco Exponencial; com uma big festa para convidados.

De parabéns os diretores Raíssa Murad, Isabella Rodrigues Caracas, Rebeca Murad e Evandro Rodrigues, que comandaram a transformação do Colégio Dom Bosco em Escola Exponencial, sintonizada com as melhores práticas mundiais de metodologias ativas.

Os diretores do Colégio Dom Bosco Exponencial, Evandro Rodrigues, Raíssa e Rebeca Murad com Isabella Rodrigues Caracas

E em breve, a emoção será também de todos os alunos que irão vivenciar a proposta do Dom Bosco de Escola Exponencial no novo prédio, que oferece arquitetura ajustável e inteligente, sustentabilidade e espaços que convidam à exploração, à construção e à criação.

O projeto moderno é de autoria do conceituado escritório americano Gensler, com sede no Vale do Silício (EUA).

O evento promete surpresas aos convidados, a começar pela moderníssima arquitetura da escola que chega aos seus 61 anos cada vez mais jovem.

Leia mais
Educação

Ópera “Sansão & Dalila” do Colégio Dom Bosco é encenada com sucesso

A decoradora carioca Bebel Klabin com Ceres e Roosevelt Murad. (fotos Meireles Jr)

 

O Blog do Ned parabeniza os alunos formandos da alfabetização do Colégio Dom Bosco, que encenaram de forma cativante a adaptação da ópera francesa Sansão e Dalila, sob o comando e direção da educadora Ceres Murad no Ginásio Prof. Luiz Pinho Rodrigues.

O evento marcou o encerramento do projeto especial de alfabetização da escola, que utiliza o exclusivo método de alfabetização criado por Ceres, e premiado nacionalmente com a comenda Darcy Ribeiro da Câmara Federal.

No palco, aos alunos interpretaram o drama de amor do guerreiro Sansão, traído pela linda Dalila. Uma arrebatadora história de amor, luta e traição; compostas pelo francês Saint-Saëns. Destaque também para o magnífico cenário projetado pelo arquiteto Roosevelt Murad e sua equipe para o evento. Veja aqui quem prestigiou o evento.

O casal Karol e Flávio Medeiros com o filho Guilherme/ Bráulio e Jéssica Gaudino/ Camila, Miguel e Fábio Ferreira/ Ana e Paulo Frota.

As irmãs e diretoras do Colégio Dom Bosco Rebeca e Raissa Murad/ Rodrigo Lauande e Raissa Murad com a filha Anick/ Júlio Rodrigues e esposa/ Sheila Moreira Lima e Ana Terra Modesto.
Leia mais
Educação

Missa marca início da programação de inauguração do “Dom Bosco Exponencial”

D. Maria Izabel Pereira Rodrigues com o Padre Cláudio Fernandes. (foto Danielle Vieira)

 

Uma missa de ação de graças celebrada pelo padre Cláudio Fernandes marcou a pré-inauguração da nova sede do Colégio Dom Bosco em São Luís.

A inauguração do “Dom Bosco Exponencial”, como será denominado a instituição, a propósito, terá como ponto alto um coquetel para convidados no próximo dia 27, às 19h, na Av. Colares Moreira, nº 443, Renascença. Um evento que promete surpresas, a começar pela moderníssima arquitetura da escola que chega aos seus 61 anos cada vez mais jovem.

A celebração religiosa desta semana reuniu a fundadora do Grupo Dom Bosco, D. Maria Izabel Pereira Rodrigues, suas filhas Ceres Murad e Elizabeth Rodrigues e os netos Evandro Costa, Raíssa e Rebeca Murad e Isabella Rodrigues Caracas, todos responsáveis pelo crescimento e gestão da empresa que é hoje um modelo inconteste de inovação e excelência em educação.

Além de familiares e amigos, também participaram do ato religioso alusivo à nova sede da escola, os engenheiros e colaboradores da equipe de Carlos Eduardo Cardoso, responsáveis pela obra. E o sentimento unânime entre todos foi o da profunda emoção e gratidão a Deus! Veja a seguir mais alguns registros da missa.

Oscar Yamakawa e Elizabeth Rodrigues, Roosevelt e Ceres Murad com o neto Pedro. D. Maria Izabel Pereira Rodrigues e Rebeca Murad/ Família unida em prol da educação: Rebeca Murad, Elizabeth Rodrigues, a fundadora do grupo Dom Bosco / UNDB Maria Izabel Pereira Rodrigues, Ceres Murad, Isabella Rodrigues Caracas e Raíssa Murad/ Rakel e Eric Murad com o filho Eduardo/ Raíssa Murad e Rodrigo Lauande com as filhas gêmeas Catarina e Isadora.

David Caracas e Isabella Rodrigues Caracas com as filhas Manoela e Maria Izabel/ Evandro Rodrigues Costa com a esposa Érica/ Rebeca Murad com os filhos Sofia e Pedro/ Silvia Moraes e Nélson Fontinhas.

Valéria e Carlos Eduardo Cardoso, ele responsável pela obra da escola.
Leia mais
Educação

Projeto de São Luís sai vencedor do “Desafio Inova Escola”, da Fundação Telefônica Vivo

A Fundação Telefônica Vivo acaba de anunciar os cinco projetos vencedores do Desafio Inova Escola, iniciativa que visa estimular processos inovadores no âmbito escolar, em prol da construção de uma cultura de inovação na escola. Os projetos vencedores foram: Inova IEMA, da IEMA – Instituto Estadual de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão Unidade Plena Itaqui Bacanga, de São Luís (MA); Guerreiros do campo, da EMEF Joana Darc, em Nova Esperança do Piriá (PA); Bastião Atômico, da Escola Municipal de Tempo Integral São Sebastião, em Jaboatão dos Guararapes (PE); Itavivo, da Escola Municipal Constâncio Maranhão, em Vitória de Santo Antão (PE); e IFF9!, do IFF – Instituto Federal Fluminense Campus Itaperuna, em Itaperuna (RJ).

Cada um deles receberá assessoria técnica especializada por seis meses, a fim de apoiar a implementação e avaliação do plano de inovação, apoio financeiro de até R$ 10 mil, além de intercâmbio entre representantes dos planos selecionados e outras escolas inovadoras brasileiras.

A seleção foi feita entre 1.250 equipes de educadores, de 1.180 escolas, por um júri de especialistas. Houve representação de todos os estados brasileiros mais o Distrito Federal, totalizando, 763 municípios. A escola pública representou 90% do total de inscrições. Deste total, foram selecionados 25 finalistas das 5 regiões do Brasil que, além de concorrerem ao prêmio nacional, receberam voto popular.

Entre os 25 finalistas, os vencedores regionais pelo voto popular foram: Arteduca, da EE Professora Zeni Vieira, em Sinop (MT), pela região Centro-oeste; Equipe Santa Terezinha, da Escola Municipal Santa Terezinha, em Coruripe (AL), pelo Nordeste; Nenhum a menos!, da Escola Estadual Ministro Waldemar Pedrosa, em Parintins (AM), pela região Norte; Juntos somos mais fortes, da EMEF Cândida Soares Machado, em Guarapari (ES), pela região Sudeste; e Urbano, da EMEFE Pe. Urbano Teixeira da Fonseca, em Guaramirim (SC), na região Sul. Cada um deles recebeu um certificado pelo potencial de mobilização da comunidade escolar.

O Desafio Inova Escola é promovido pelo Programa ProFuturo, da Fundação Telefônica Vivo e Fundação Bancária “la Caixa”. Seu objetivo é fomentar processos inovadores no âmbito escolar que favoreçam a construção de uma cultura de inovação na escola e o desenvolvimento dos estudantes nas competências para o século XXI. O diferencial do Desafio é o caráter colaborativo no qual educadores construíram, em equipes, projetos que possam melhorar o ambiente escolar por meio de uma trilha formativa.

Sobre o projeto Inova IEMA

A falta de interdisciplinaridade entre a Base Técnica e a Base Nacional Comum Curricular alinhada à preocupação com o processo de ensino-aprendizagem dos estudantes em sala de aula é o desafio escolhido pela equipe. Para solucioná-lo é preciso reunir os professores de ambas as modalidades para planejamentos interdisciplinares durante o ano.

Educador responsável: Francilma Ronetia Barbosa Marinho Everton

Equipe: Anna Célia Corrêa Mendes, Flavia Regina da Silva Correa

Escola: IEMA – Instituto Estadual de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão Unidade Plena Itaqui Bacanga – São Luís (MA)

Leia mais
Educação

Ópera “Sansão e Dalila” será apresentada neste sábado no Colégio Dom Bosco

Raíssa Murad, Evandro Jr e Rebeca Murad, da diretoria do Dom Bosco, que comandam a montagem da ópera francesa “Sansão e Dalila”. (foto divulgação)

 

A expectativa já é grande para a encenação pelos alunos de alfabetização do Colégio Dom Bosco, da ópera “Sansão e Dalila”, nesse sábado, 16, às 19h, no ginásio da escola no Renascença II.

O evento marca o encerramento do projeto especial de alfabetização da escola, que utiliza o estudo completo de uma ópera – incluindo música, interpretação e dança – como base para todo o rico processo de aprendizagem da leitura e da escrita, tendo a encenação da ópera estudada ao longo do ano como a culminância do processo.

Como já é tradição na escola; pais e familiares dos alunos irão prestigiar a encenação. Com cenário do arquiteto Roosevelt Murad; adaptação, produção e direção de Ceres Murad e assistência de Direção de Raíssa Murad; a apresentação de “Sansão e Dalila” é acima de tudo uma história de amor. O drama criado pelo compositor francês Camille Saint-Saëns; que mostra a história do forte guerreiro Sansão na Palestina. Um bravo líder hebreu, que derrotou os filisteus, mas que sucumbiu aos encantos e à sedução da bela Dalila. Ingressos à venda na secretaria da escola; com renda beneficente em prol de projetos sociais.

Leia mais