Fecha

Artes Plásticas

Artes Plásticas

Amanda Luthiery apresenta vernissage no Eitza Lounge na próxima quarta-feira

Maranhense tem telas selecionadas para mostra de arte contemporânea no Louvre em Paris. (foto divulgação)

 

A artista plástica maranhense Amanda Luthiery, 22 anos, está a mil. No próximo dia 24, às 18h, ela apresenta no Eitza Lounge Bar, na Lagoa da Jansen, uma exposição com quatro obras de arte e tem um motivo pra lá de especial para festejar: a artista foi selecionada para participar do Salão Internacional de Arte Contemporânea em Paris, no Carrousel du Louvre, nos dia 18 a 20 de outubro deste ano.

Amanda começou a pintar por instinto, inspirada pelo universo feminino e pela realidade social de São Luís (MA), muitas vezes marcada por desigualdades. Autodidata, foi aos poucos definindo seu próprio estilo ao mesmo tempo em que testava pinturas à óleo e acrílica.

A exposição no Eitza Lounge dará a oportunidade ao público de conhecer de perto e adquirir posters das suas obras, a exemplo da tela que será exposta no Carrousel du Louvre. Amanda está tendo apoio de amigos que estão incentivando-a para que possa estar presente em Paris.

“Gosto de pintar mulheres em seu cotidiano, imersas em tradições, nos afazeres do dia a dia e as que representam a cultura maranhense”, explica Amanda.

 

No Carrousel du Louvre em Paris

 

O ano de 2018 foi transitório para a artista, que tomou a decisão de produzir um portfólio virtual e enviar para diversas galerias de arte do país. Durante uma viagem a Florianópolis, recebeu a ligação que tanto mudaria sua vida, quanto confirmaria sua decisão de viver da própria arte. Era o convite para a exibição das suas obras no Carrousel du Louvre em Paris. A partir de então ela passou a ser representada oficialmente pela empresa Vivemos Arte. “Amanda é uma artista talentosíssima e seu trabalho traz a delicadeza nos traços e a força dos seus pensamentos, nos fazendo imergir para o universo feminino através do seu olhar único”, diz a assessora artística da Vivemos Arte, Lisandra Miguel.

 

Leia mais
Artes Plásticas

Fábio Vidotti Filho inaugura exposição no Palacete Gentil Braga na quinta-feira

Aos 65 anos, Fábio Vidotti Filho celebrará em 2020 os seus 50 anos de artes visuais. (fotos arquivo)

 

A Universidade Federal do Maranhão (Ufma), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (Dac) da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo (Proexce), convida para a inauguração da exposição “Multiplas Linguagens: a Arte de Fábio Vidotti Filho”, que será aberta nessa quinta-feira, 4, às 19h, na Galeria Antonio Almeida e Sala Maia Ramos do Palacete Gentil Braga, Rua Grande.

Contemplada pelo Edital de Ocupação da Galeria Antônio Almeida do Palacete Gentil Braga, a exposição é uma realização da Ufma via Dac/Proexce  (www.cultura.ufma.br), com apoio cultural da Fundação Sousândrade, Universidade FM, TV Ufma, Ascom/Ufma e imprensa. A mostra ficará aberta ao público até 2 de agosto/19, com visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, exceto feriados. Vale a pena conferir!

“Grito” em defesa das vítimas de Brumadinho!
Uma das peças da exposição “Múltiplas Linguagens”

Uma das novidades da exposição são as novas placas em assemblers com temas de telhados e embarcações, em tons marrons, que integram a série “O Grito”. As referidas placas fazem alusão ao grito de socorro, indignação e justiça dos moradores, familiares e trabalhadores, vítimas das tragédias ambientais de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais. “Sou mineiro. Minha mãe mora em Igarapé, cidade cortada pelo rio Paraopebas. Tive a percepção de fazer essa série e agora apresentaremos ao público”, disse Vidotti.

A diretora do DAC, Fernanda Santos Pinheiro, afirmou que o artista vai expor ainda pinturas com giz de cêra, produzidas com transgressão aos formatos tradicionais, cores e linguagens, e esculturas dos famosos ‘guerreiros em aço e ferro’ reciclados. “Todas as pinturas são emolduradas com vidros e estarão á venda. Em suas pinturas recentes, Vidotti apresentará cenas urbanas, abstrações e novas assemblers, que são colagens que reúnem diversos materiais reciclados a partir de eletro eletrônicos”, explicou Fernanda Pinheiro

Leia mais
Artes Plásticas

Maranhenses vão conhecer obras de Rubem Robierb em projeção mapeada no The Best 2018

O artista Rubem Robierb estará em São Luís dia 20 para ser premiado e (pela primeira vez) apresentar suas obras aos maranhenses.

 

As obras do artista plástico maranhense Rubem Robierb (um dos homenageados especiais no evento) serão exibidas durante toda a programação The Best 2018, dia 20, próxima quinta-feira, no Villa Reale Holandeses.

O artista atualmente apresenta “Metamorphosis”, em cartaz nas galerias Taglialatella em Paris, Toronto, New York e Miami.

“Metamorphosis” explora a carreira de Robierb como um artista visual para destacar o poder estético adquirido desde o seu trabalho fotográfico inicial, então elaborado através de uma rica paleta de mídia agora usada como gravura, pintura, escultura ou a instalação de obras tridimensionais.

Como será a projeção das obras

As obras serão apresentadas por meio da tecnologia “video mapping” ou “projeção mapeada”, em uma tradução livre para língua portuguesa. Trata-se de uma técnica de projeção de vídeos com profundidade em 3D em objetos ou superfícies irregulares, como fachadas de edifícios, salões de festas e estátuas.

O método surgiu no início do século XXI e se tornou muito popular por causa da sua utilização em campanhas publicitárias e entre os adeptos da música eletrônica.

 

A empresa Lumens e a inovação

Atualmente, o video mapping é uma tendência muito utilizada em ações promocionais, eventos e outras ocasiões das empresas.

Empresário Ronaldo Pinho

A tecnologia será apresentada pela empresa Lumens, comandada por Ronaldo Pinho empresário já conhecido em oferecer serviços inovadores em todos os ramos que ele passa.

A empresa foi fundada em janeiro de 2018 trazendo para o Maranhão os melhores equipamentos que o mercado pode oferecer.

Ronaldo usa as melhores estratégias em marketing digital e presencial, buscando sempre a fidelidade dos seus clientes.

Leia mais
Artes Plásticas

Obra de arte do maranhense Rubem Robierb vira monumento no luxuoso navio “Celebrity Edge”

A escultura “Dream Machine” do artista plástico maranhense Rubem Robierb é umas das obras de arte de maior destaque no navio. (Fotos divulgação)

 

Com um seletíssimo grupo de apenas 300 passageiros, em sua maioria jornalistas e gente da mídia, e saindo do Porto de Miami (EUA), o “Celebrity Edge” fez sua viagem inaugural em alto estilo, no início deste mês.

E a grande atração, foi a escultura “Dream Machine”, do artista plástico maranhense Rubem Robierb, que desembarca em São Luís na próxima quinta-feira, 20, para ser contemplado com a premiação The Best – By Nedilson Machado, como “Destaque Maranhense no Exterior”.

No cruzeiro, que custou 1 bilhão de dólares, e teve como madrinha da cerimônia de estreia a ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafzai, a obra de Robierb foi selecionada para ocupar lugar privilegiado entre tantas da galeria do navio.

A obra de Rubem Robierb (em primeiro plano) está instalada em frente à piscina principal, onde o “Celebrity Edge” disponibilizou um fotógrafo profissional para atender a passageiros que pedem para serem registrados em frente  a obra do artista. Na sequência alguns luxuosos ambientes do navio.

 

Pois é. Com capacidade para cerca de 3000 passageiros, sem incluir as 1200 pessoas da tripulação, o novo “Celebrity Edge” encanta a todos com o altíssimo luxo dos grandes designers do mundo, como a britânica Kelly Happen (fez as casas de David Beckham), entre outros que assinam a decoração do navio.

Os 21 restaurantes, à bordo, impressionam por sua magnitude. O navio possui 1,500 quartos e os preços por suíte chegam a quase 50 mil dólares por semana para duas pessoas.

 

Mais detalhes sobre o Celebrity Edge

 

Celebrity Edge é o novo navio da rede Celebrity Cruises. Grande aposta da armadora para o segmento de modern luxury, trata-se do primeiro da marca Edge a ser inaugurado – outros dois são previstos para 2021 e 2022, embora não tenham sido reveladas maiores informações até o momento.

O navio, que realizou seu trajeto inaugural no dia 9 de dezembro em roteiro de sete noites pelo Oeste do Caribe, está sendo apresentado para centenas de convidados em uma viagem curta, de dois dias, partindo de Fort Lauderdale para um trajeto de apenas dois dias, com uma parada em Nassau (Bahamas).

Com pouco mais de 129 mil toneladas e 306 metros de comprimento, o navio conta com 1,467 mil cabines, com capacidade total para 2,918 pessoas. Em sua popa fica o The Retreat, espaço exclusivo para os ocupantes das suítes do navio, com jaccuzzi, piscinas e área de relaxamento próprios.

Leia mais
Artes Plásticas

Maranhense Rubem Robierb expõe nas galerias de Taglialatella de Paris, Toronto, Nova York e Miami

O artista maranhense pretende encerrar a programação da sua exposição “Metamorphosis” em dezembro no Maranhão. (fotos reprodução)

 

O artista plástico e fotógrafo Rubem Robierb, nascido em Bacabal, no Maranhão, em 1976, hoje radicado nos Estados Unidos, começa nesta quinta-feira, 13, em Paris, a apresentar sua mais nova exposição “Metamorphosis”.

Além de Paris, a mostra estará em exibição nas galerias Taglialatella em Toronto, dia 27, New York, 4 de outubro, e Miami, 11 de outubro. Em dezembro, Robierb estará visitando o Brasil e aqui, mais precisamente no Maranhão, vai encerrar o ciclo da mostra, com o apoio deste colunista e curadoria de Bianca Cutait – que recentemente foi, de São Paulo, trabalhar com o artista no exterior.

A abertura inicial da exposição na Galeria Taglialatella, em Paris, nesta quinta-feira, 13, renova a relação do artista com o país em que ele expôs pela primeira vez a convite da Associação “Art and Sharing”, em Aix en Provence em 2005.

Uma das telas da mostra de Robierb

“Metamorphosis” explora a carreira de Robierb como um artista visual para destacar o poder estético adquirido desde o seu trabalho fotográfico inicial, então elaborado através de uma rica paleta de mídia agora usada como gravura, pintura, escultura ou a instalação de obras tridimensionais.

Robierb iniciou sua carreira como fotógrafo em publicidade, atuando principalmente na indústria da moda. Em seguida, o artista foi rapidamente atraído pela liberdade despertada por outras formas de arte, como a poesia, permitindo que ele se misturasse com muitas culturas e lugares ao redor do mundo.

Ele então se mudou para os Estados Unidos, e seu trabalho tornou-se mais provocativo, usado como uma maneira de explorar e refletir sobre as complexidades da sociedade americana.

Por meio das justaposições presentes em suas obras entre a representação visual de um mundo tangível e as questões socioculturais subjacentes, Robierb encoraja seu público a questionar nossa sociedade materialista contemporânea.

Robierb emprega um sentido de figuratividade, para transmitir imagens transbordantes, cheias de significados ocultos, para o espectador.

 

Hoje, as imagens de Robierb nunca são desprovidas dessa dicotomia, porque o artista é continuamente inspirado pelas oposições inerentes às questões e preocupações relacionadas aos eventos atuais.

Robierb diz que está envolvido no que ele chama de “Amor Exército” e sua missão é explorar a Arte e a Ação como uma só voz de esperança, amor e positivismo. Metamorphosis é uma exposição sobre o poder dessas imagens e ideias que ele gostaria de compartilhar com o mundo.

Leia mais
Artes Plásticas

Betto Pereira volta a São Luís para apresentar a exposição “Telas e Tons”

“Eu canto o que está nas minhas telas, e pinto o que está nas minhas músicas”, explica Betto Pereira. (foto divulgação)

 

Há cinco anos residindo no Rio de Janeiro, o artista plástico e cantor Betto Pereira vem aí para expor seus trabalhos na mostra “Telas e Tons”. A exposição vai acontecer no período de 10 a 14 de setembro, no Espaço de Artes Márcia Sandes, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, na Av. Carlos Cunha, Calhau.

A exposição, com curadoria assinada por Carlos Dimuro, faz parte do Projeto MP Cultural, que tem o objetivo de promover ações e produtos culturais, divulgar o trabalho do Ministério Público do Maranhão e aproximar a instituição da sociedade por meio da arte.

As 10 obras que farão parte de exposição refletem a história do artista maranhense que já vendeu obras para figuras ilustres, como Fernanda Montenegro e Fátima Bernardes, Ana Maria Braga, Débora Nascimento, José Loreto, Marília Pera, Nathalia Timberg, Zezé Mota, Mariana Ximenes, Carol Castro, Alcione, Zeca Baleiro, Papete, Irene Ravache, Bibi Ferreira.. . entre outras.

Pocket show

Para abrir o evento, no dia 10 de setembro, às 15h, Betto Pereira prepara um pocket show que reúne parte de suas composições lançadas em 15 CD´s, e contará ainda com a participação de Convidados.

Betto Pereira, artista plástico, cantor e compositor maranhense, nos últimos anos enveredou pelo caminho das artes plásticas. Hoje sua pintura é reconhecida internacionalmente e há 5 anos vive em Petrópolis, no Rio de Janeiro, onde suas obras podem ser apreciadas e adquiridas no Espaço Betto Pereira, galeria e ateliê no shopping Estação Itaipava. 

“Telas & Tons”, um projeto inovador, cujo objetivo é misturar 35 anos de música e 30 anos de artes plásticas. “Eu canto o que está nas minhas telas, e pinto o que está nas minhas músicas”, explica o artista.

Leia mais
Artes Plásticas

Galeria dá consultoria gratuita para estimular o interesse das pessoas por obras de arte

Tendência na área de decoração de ambientes, a consultoria especializada da Urban Artes oferece formas diversas e inusitadas na composição de quadros com móveis e ambientes. (fotos divulgação)

 

As arquitetas Bianca Tereza, Renata Sereno e Nadya Delgado estarão neste sábado, 28, prestando consultoria gratuita para composição de quadros na Urban Artes, dos sócios Fred Guerra e Fernando Cabrera. O atendimento será das 10h até 17h, na galeria da loja, localizada na Avenida dos Sambaquis, no Calhau.

Segundo Fred Guerra a ideia da consultoria é estimular o interesse das pessoas por obras de arte, “já que a galeria expõe trabalhos de artistas renomados tanto do Maranhão, como do Brasil e internacionais”, enfatiza. Além disso, a iniciativa promove valorização do trabalho dos profissionais que atuam na área da arquitetura em São Luís.

Já para quem não tem tempo de ir até a Urban Arts, a galeria ainda oferece o serviço de consultoria online. Basta mandar uma foto frontal da parede que se transformar para o (98) 98418-113 e equipe vai sugerir artes para aquele espaço.

Sobre a Urban Arts São Luís
As arquitetas Eloína Reis, Fernanda Moraes Rego e Fernanda Castro durante ação na Galeria Urban Arts.

Em São Luís, a galeria oferece uma infinidade de opções de quadros, com imagens representando desde paisagens, passando por personalidades do cinema e da música, até frases motivacionais. A galeria oferece ainda, uma série de pôsteres e objetos de design, criados por artistas talentosos e independentes de todo o mundo.

Já participaram como consultores da Urban Arts os arquitetos Rayssa Martins, Milena Bandeira, Grace Dantas, Cláudio Santos, Ulysses Costa, Marília Santos, Alexandra Barbosa, Andrea Matos, Caroline Pedraça, Eloína Reis, Fernanda Moraes Rego, Fernanda Castro, Érica Rocha, Larissa Catossi, Karla Baldez, Roby Macedo, Allana Eugênio e Ana Karina Maia, além do sócio Fred Guerra.

 

 

 

Leia mais
Artes Plásticas

Fátima Borges leva coletânea de arte e peças decorativas para exposição no Museu Histórico e Artístico do Maranhão

Para a artista, é uma alegria muito grande poder reunir boa parte do que produziu nos últimos 20 anos nesta exposição. (foto divulgação)

 

A coletânea “Fátima Borges Since 1974” vai entrar em cartaz de 12 a 21 deste mês no Museu Histórico e Artístico do Maranhão – MHAM, na Rua do Sol, Centro Histórico. A vernissage, denominada  “Singe 1974”, acontece na próxima quinta-feira, 12, às 19h, também no MHAM.

Na exposição, a artista Fátima Borges reúne mais de cem trabalhos de porcelana, cerâmica, vidro, óleo sobre tela, desenhos e peças decorativas, produzidos em diferentes técnicas a partir de 1997, quando inaugurou o seu ateliê no bairro do Turu.

Os trabalhos serão expostos em dois espaços no Museu Histórico. O primeiro, logo na entrada, reunindo quadros e peça decorativas e utilitárias em porcelana, cerâmica e faiança; e o segundo na Galeria Floriano Teixeira, que fica no terraço do museu, com peças em porcelana, vidro e cerâmica.

Nesse espaço, a artista também vai reunir trabalhos de mestres e artistas plásticos, entre eles o escultor Luiz Carlos e o pintor Rogério Martins, além de intervenções de suas alunas.

Sobre Fátima Borges

Fátima Borges esboçou seus primeiros desenhos no começo dos anos 70. Começou pintando porcelana, passando depois pra cerâmica e, mais recentemente, pinturas em tela. Formada em administração de empresa na antiga Federação das Escolas Superiores do Maranhão (FESMA), dá aulas de pintura em porcelana e cerâmica utilizando diferentes técnicas desde a década de 90.

Participou de várias exposições coletivas de pinturas em porcelana em São Luís, Recife e Rio de Janeiro. Sua única individual – São Luís, cidade dos azulejos – com pinturas em cerâmica, aconteceu em 2004 na galeria Márcia Sandes.

Leia mais
Artes Plásticas

Artista plástico Miguel Veiga abre exposição nesta sexta-feira na Galeria Trapiche

A produção artística de Veiga inclui pintura e desenho, performances, instalações e intervenções, ambientações, decorações, inclusive do carnaval de rua maranhense. (foto divulgação)

 

O artista plástico maranhense Miguel Veiga dá os últimos retoques para abrir nesta sexta-feira, 27, às 19h, na Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, a exposição “Corpo Quântico De Unicidade”. A mostra, que reúne esculturas feitas a partir de formas copiadas no corpo do artista e desconstruídas, fica em cartaz até o dia 27 de novembro e pode ser visitada das 14h às 19h.

Na abertura também será exibido o vídeo “Miguel Veiga”, com direção de Beto Matuck e realizado pela Guarnicê Produções, por meio de um projeto desenvolvido pelo Museu da Memória Audiovisual do Maranhão (Mavam), com patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Maranhão. O vídeo tem a duração de 26 minutos e fala sobre a vida e obra do artista.

Miguel Veiga é licenciado em Desenho e Artes Plásticas e especialista em Educação Artística pela Universidade Federal do Maranhão. O artista também é especialista em Artes Visuais pelo Senac, mestre em Pedagogia Profissional pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) em parceria com o ISPETP, instituição educacional sediada em Cuba, e doutorando em Ciências da Educação pelo Instituto Ideia e Universidade Americana, parceria entre Brasil e Paraguai. (fonte Secom-Prefeitura de São Luís)

Leia mais
Artes Plásticas

A convite do Grupo Fribal, Eduardo Kobra chega a cidade para pintar painel em homenagem a São Luís

Eduardo Kobra, artista muralista de São Paulo, tem 40 anos e há 28 pinta nas ruas .do Brasil e do mundo todo, está em São Luís para homenagear a cidade. (foto divulgação)

 

Começa nesta sexta-feira, 8, na área externa do Empório Fribal  na Península da Ponta Dareia, a pintura do mural que Eduardo Kobra, com um tema ainda em suspense, vai homenagear a cidade de São Luís.

Considerado um dos maiores nomes no movimento de arte urbana,  o artista Eduardo Kobra, que já pintou vários painéis pelo mundo todo, vem a convite do Grupo Fribal que vai prestar uma homenagem grandiosa e especial à capital maranhense, de forma inovadora e artística, valorizando e eternizando símbolos da cultura local.

Um dos trabalhos recentes do artista, é o mural “A Lenda do Brasil” que homenageia o piloto Ayrton Senna, inaugurado dia 10 de novembro do ano passado, em São Paulo.

Em São Luís, sua obra será finalizada em menos de dez dias; e com certeza vai colocar São Luís no mapa da arte contemporânea mundial. A exemplo de outros locais onde existem murais de Kobra, a Ponta Dareia deve virar o mais novo ponto turístico do país.

A Fribal é uma empresa genuinamente maranhense, que opera duas indústrias frigoríficas em Santa Inês e Imperatriz, possui 4 lojas do tipo Empório em São Luís; além de ser responsável pela distribuição de carnes processadas para redes próprias de varejo e supermercados no país. E mais, é responsável por 80% da carne exportada pelo Maranhão.

Leia mais
Artes PlásticasDecoração

Fernando Mendonça homenageia São Luís

A maioria dos trabalhos foram concebidos com a técnica do pontilhismo, que causa um efeito visual muito particular, remetendo ao pixel das imagens digitais.

 

Em cartaz, a partir desta quinta-feira, 25, na Galeria Hum, na Rua Um, no São Francisco, a exposição FM Upaon-Açu + 400, do artista plástico maranhense Fernando Mendonça.

Composta por desenhos e pinturas, a mostra desta vez homenageia São Luís, retratando paisagens e ícones culturais da cidade dos azulejos.

Ao todo, são 18 desenhos em nanquim, 10 aquarelas e mais de 30 telas pintadas com tinta acrílica.

“É uma mostra para marcar a data. É a minha parcela de contribuição com o movimento cultural de São Luís. Além disso completo 50 anos de vida, sendo mais de 30 dedicados à pintura”, explica o artista plástico radicado no Rio de Janeiro, ressaltando o propósito comemorativo da exposição. Abaixo mais um quadro da exposição.

Leia mais
Artes PlásticasCultura

Profusão de cores e art déco de Beatriz Milhazes

Beatriz Milhazes trabalha com colagem, pintura e gravura. As cores são onipresentes em suas obras além da utilização de elementos ornamentais fazendo referência ao barroco e art déco.

Reconhecida como uma das principais artistas visuais no exterior, a carioca Beatriz Milhazes traz nesta quarta-feira, 3, para São Luís, mais precisamente para a Galeria de Arte do Sesc, a exposição “Um Itinerário Gráfico”.

A mostra, que faz parte do projeto ArteSesc, será aberta às 18h30 e as visitações prosseguirão até dia 31 deste mês no mesmo local, apresentando nove serigrafias, inéditas em São Luís, realizadas entre 1996 e 2003.

Impressas artesanalmente, as obras integram a primeira série de gravuras em grandes dimensões realizada na Durham Press (EUA). A obra gráfica de Beatriz é estruturada pela intensa convivência de contrários.

Uma velada geometria vibra com a surpreendente experiência da cor. Seu repertório inclui questões relativas à abstração geométrica, ao carnaval e ao modernismo, assim como ao concreto e ao neoconcreto brasileiros, à op e pop art.

Detalhe: O agendamento prévio de visitas mediadas pode ser realizado por meio do telefone: (98) 32163830. E, para quem não sabe, a Galeria de Arte do Sesc fica na Praça Deodoro, no antigo prédio do Colégio Rosa Castro. (Fotos Divulgação).

Beatriz pinta flores, arabescos, alvos, listras e quadrados sobre uma superfície de plástico, para depois transferí-los para a tela. Nas colagens, sobrepõe camadas de cor utilizando-se de papéis de bala e sacolas de compras, criando uma harmonia de excessos, cujo impacto pictórico espelha a sua pintura.

Leia mais
Artes PlásticasCidadaniaSOCIEDADE

Arte e filantropia nos “400 anos de São Luís”

 

Os franqueados da Florense Fátima, Ramon e Ernando Cavalcante serão os anfitriões nesta quinta-feira, 4, às 20h, no showroom da Florense no Calhau.

Sempre inovando em estilo e no fomento à cultura e às artes em geral, a Florense São Luís presta sua homenagem aos 400 anos da capital maranhense com o projeto “AWArt Florense – 400 Anos de São Luís”, cujo objetivo é perpetuar a data e os elementos da “maranhensidade” através da arte, em peças do sofisticado mobiliários Florense.

Os franqueados Fátima, Ramon e Ernando Cavalcante convidaram cinco renomados artistas plásticos para fazer intervenções artísticas em cadeiras de alinha AWA Florense: Jesus Santos, Péricles Rocha, Fernando Mendonça, Marlene Barros e Paulo César.

As obras serão apresentadas neste coquetel e leiloadas entre os convidados, e toda a renda será doada pela Florense à Casa Sonho de Criança, entidade que abriga e cuida de crianças portadoras de HIV.

Os artistas envolvidos também doaram seus respectivos cachês para esta ação inédita de arte e filantropia, que acontece nesta quinta-feira, 4, às 20h, no showroom da Florense no Calhau, com coquetel para convidados e a imprensa.

Um dos mais tarimbados artistas plásticos maranhenses, Péricles Rocha está entre os participantes do projeto AWArt Florense.

Leia mais
Artes PlásticasCultura

Babula mostra a arte e as cores da azulejaria

A artista plástica Babula, desde 2007, desenvolve uma extensa produção de azulejos de papel inspirados nas fachadas azulejadas dos casarões do Centro Histórico de São Luís.  Todos eles confeccionados em alto relevo na técnica de reciclagem de papel, homenageando o quarto centenário histórico-arquitetônico da capital maranhense, Patrimônio da Humanidade reconhecido pela UNESCO.

 

Já em cartaz no Espaço de Arte do Centro de Memória e Cultura-CEMOC, no Tribunal Regional do Trabalho – 16ª Região, na Areinha, a exposição “Papel, Fibras e Cores do Brasil”, da artista plástica Rosana Carvalhal Martins, ou seja Babula.

A mostra, que fica em cartaz até dia 27 deste mês, é composta de 16 obras, sendo 10 telas e 6 azulejos de papel, mostrando a arte de Babula com experiências e pesquisas em reciclagem e produção de papel de fibras vegetais, azulejos feitos com papel reciclado e pinturas na técnica acrílica sobre tela.

Tudo resultado da experiência adquirida pela artista no “Projeto Papel, Fibras e Cores do Brasil”, premiado em 2009, na cidade de Alto Paraíso de Goiás, na Chapada dos Veadeiros, pela Fundação Nacional de Artes-FUNARTE, com o Prêmio Interações Estéticas – Residências Artísticas em Ponto de Cultura.

O projeto consistia em pesquisar fibras e pigmentos naturais para o uso na reciclagem e produção de papel. Vale a pena conferir.

Babula, na foto numa oficina de restauração de azulejos, ao longo de sua carreira, participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, principalmente, em São Luís e Brasília, tendo sido algumas vezes premiada.

Leia mais