Fecha

A artista plástica Babula, desde 2007, desenvolve uma extensa produção de azulejos de papel inspirados nas fachadas azulejadas dos casarões do Centro Histórico de São Luís.  Todos eles confeccionados em alto relevo na técnica de reciclagem de papel, homenageando o quarto centenário histórico-arquitetônico da capital maranhense, Patrimônio da Humanidade reconhecido pela UNESCO.

 

Já em cartaz no Espaço de Arte do Centro de Memória e Cultura-CEMOC, no Tribunal Regional do Trabalho – 16ª Região, na Areinha, a exposição “Papel, Fibras e Cores do Brasil”, da artista plástica Rosana Carvalhal Martins, ou seja Babula.

A mostra, que fica em cartaz até dia 27 deste mês, é composta de 16 obras, sendo 10 telas e 6 azulejos de papel, mostrando a arte de Babula com experiências e pesquisas em reciclagem e produção de papel de fibras vegetais, azulejos feitos com papel reciclado e pinturas na técnica acrílica sobre tela.

Tudo resultado da experiência adquirida pela artista no “Projeto Papel, Fibras e Cores do Brasil”, premiado em 2009, na cidade de Alto Paraíso de Goiás, na Chapada dos Veadeiros, pela Fundação Nacional de Artes-FUNARTE, com o Prêmio Interações Estéticas – Residências Artísticas em Ponto de Cultura.

O projeto consistia em pesquisar fibras e pigmentos naturais para o uso na reciclagem e produção de papel. Vale a pena conferir.

Babula, na foto numa oficina de restauração de azulejos, ao longo de sua carreira, participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, principalmente, em São Luís e Brasília, tendo sido algumas vezes premiada.

Tags : Exposição Babula