Fecha
DESENVOLVIMENTO

Avançam os debates entre a Marinha e Governo do Estado sobre implantação da Segunda Esquadra no Maranhão

A posição geográfica estratégica e a importância marítima nacional do Maranhão motivou mais um debate hoje pela manhã no Conselho Consultivo do Complexo Industrial e Portuário do Itaqui sobre a implantação da Segunda Esquadra Naval Brasileira em São Luís.

O debate leva em conta os estudos que estão sendo feitos há alguns anos pelo Governo do Estado e Marinha do Brasil sobre este megaempreendimento que terá forte impacto econômico e social para os maranhenses.

Na reunião, presentes o governador Flávio Dino, o capitão dos Portos no Maranhão, Márcio Dutra, o secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, entre outros secretários de estado e técnicos da Emap.

O projeto prevê investimentos de 6 a 8 bilhões de reais, sem levar em conta os investimentos em navios, submarinos, aeronaves e outros equipamentos. O governador Flávio Dino  autorizou todas as secretarias de estado a dar total atenção e apoio ao projeto que será acompanhado pela Secretaria de Indústria, Comércio e Energia e Emap

Para a Marinha, a escolha pelo Maranhão é técnica e levou em conta a estrutura portuária, as condições de navegabilidade na Baía de São Marcos, a grande variação de marés e as características do litoral – reentrâncias e profundidade do canal marítimo.

Todos esses parâmetros foram considerados favoráveis para operar embarcações 24 horas por dia, como exige o projeto da Força Naval.

Tags : Governo do Maranhão